Dica de praia em Portugal!

Dica de praia em Portugal!

Pensem numa praia que é um paraíso em Portugal: Martinhal de Sagres!

Fazia bastante tempo que queria conhecer o Algarve nesta época do ano e, depois de pesquisar muito bem como pegar dicas com amigos que moram no país, optamos  por esse hotel maravilhoso, focado em família e criança, porém super sofisticado e lindíssimo!

Você pode escolher entre se hospedar em um quarto no próprio prédio principal ou em casas (de 2 a 6 quartos) que fazem parte do complexo. Lugar incrível para curtir em família.

O complexo conta com mais de 4 restaurantes, várias piscinas aquecidas, diversão para qualquer idade. aulas especiais e passeio de barco.

Vejam algumas fotos!

 

 

 

 

 

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Algarve#dica de hotel#férias#Martinhal#Martinhal de Sagres#Portugal#praia#rede Martinhal#Viagem#viagens

Verão em Lisboa!

Verão em Lisboa!

Que tal fugir das baixas temperaturas do inverno brasileiro e partir rumo ao verão mediterrâneo de Lisboa? Com temperaturas moderadamente altas, que variam de 15ºC a 35ºC, pouquíssima chuva, dias longos com até 15 horas de luz natural e centenas de atrações a céu aberto, não é à toa que a cidade recebe inúmeros turistas especialmente nessa época do ano.

Cercada por uma natureza deslumbrante em meio a florestas, parques, gramados, montanhas, praias, rios, incluindo espécies vegetais e animais raras, Lisboa apresenta locais únicos e privilegiados que merecem ser visitados.

A começar por seus parques e jardins. Seja para caminhar, correr, fazer um piquenique, ler um livro ou, simplesmente, observar, relaxar e respirar ar puro… Espaços verdes não faltam! Dentre eles, destacam-se: o Jardim do Torel, idealizado como o “jardim do amor”; o Jardim Botânico e seus mais de 140 anos de história no cenário tropical urbano; o Jardim da Cerca da Graça,  o maior espaço verde de acesso público da zona histórica, com três mirantes; o Jardim da Estrela, situado no coração lisboeta e que conta com um dos melhores circuitos de corrida, além de quiosques e esplanadas; os icônicos Jardins da Gulbenkian e seus espaços escondidos entre árvores, lagos, percursos de pedra, tartarugas e pássaros; os imensos Parque Florestal de Monsanto, cuja dimensão equivale a 900 campos de futebol, e a Quinta das Conchas, com 26 hectares de área total; a Tapada das Necessidades, que serviu de inspiração a Édouard Manet na famosa obra “O Almoço na Relva; o Jardim Botânico Tropical, um verdadeiro oásis de folhagens e arvoredo com cerca de 600 espécies originárias de vários continentes; o Parque da Bela Vista, sede do “Rock in Rio” e que dispõe de uma excelente pista de corrida; e por fim, entre o Oceanário e o Tejo, o Jardim das Ondas, assim chamado por simular o ritmo do oceano e o movimento das águas.

 

 

 

 

Perto dali, à margem sul do rio, vale esticar até a Reserva Natural do Estuário do Tejo — a maior zona úmida portuguesa, com áreas consideráveis de lama e de sapal. Ali, diversas aves migratórias encontram abrigo num espetáculo único de beleza e poesia visual. Igualmente imperdível, a cerca de 40 km do centro, está a “Tapada Nacional de Mafra”, um espaço de conservação da biodiversidade e lazer.

O verde vibrante das gramas lisboetas também costuma encantar os praticantes de golfe. Na região, há mais de 20 campos destinados ao esporte, situados em cenários estimulantes junto a serras, com vista para o mar, ou até entre pinhais aromáticos.

E por falar em natureza, as praias não poderiam ficar de fora desse roteiro de veraneio para brasileiros. Com vastas zonas à beira-mar, as opções vão das praias urbanas da Linha de Cascais às multiculturais da Costa da Caparica; bem como das ofertas recônditas e cristalinas da Arrábida às areias misteriosas de Sintra.

Incrementando ainda mais a programação turística, sobressaem os cruzeiros marítimos, também muito procurados nessa época do ano. Com a renovação da estação Sul Sudeste, Lisboa ganha novas possibilidades de ligação entre as duas margens do Rio Tejo por meio de passeios fluviais diariamente, das 9 às 20 horas, permitindo aos passageiros, inclusive, admirar o pôr do sol. Um desses passeios sai de Setúbal em direção à Reserva Natural do Estuário do Sado, onde habitam inúmeras espécies de aves e golfinhos, algumas ameaçadas de extinção.

Toda essa natureza exuberante pode ficar ainda mais interessante se contemplada sob a brisa de ar fresco do alto dos charmosos rooftops espalhados pelos diversos cantos da cidade, proporcionando uma vista deslumbrante, valorizando a beleza e a harmonia entre o rio, os monumentos, os espaços verdes e tantos outros detalhes que só Lisboa oferece. Integram essa seleção, diversos terraços de bares, restaurantes e hotéis, o difícil é escolher.

Já, para quem curte a combinação aventura mais adrenalina, é possível realizar diversas road trips, como por exemplo, até o Parque Natural de Sintra-Cascais, bem como praticar esportes radicais, como trekking e ciclismo na serra de Sintra ou nas escadarias de Alfama; escalada e rapel no Cabo da Roca ou na Arrábida, local este que, além de abrigar cavernas, também oferece várias atividades de coasteering (escalada, natação e salto), canoagem, mergulho e tours 4×4, entre outras.

Sobre a Associação Turismo de Lisboa (ATL)

Fundada em 1998, a ATL é uma organização sem fins lucrativos constituída através de uma aliança entre entidades públicas e privadas que operam no setor do turismo. Atualmente conta com cerca de 900 associados, tendo como principal objetivo melhorar e incrementar a promoção de Lisboa como destino turístico e, consequentemente, aprimorar a qualidade e competitividade. Informações:

www.visitlisboa.com

 

Fonte: Lívia Aragão (livia@mestieripr.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas#dicas de viagem#Portugal#travel#trip#vacation#Viagem#viagens#viajar

Dicas de programação com kids em Miami!

Dicas de programação com kids em Miami!

Vocês estão me pedindo dicas de programação com kids em Miami! Hoje vou falar minhas preferidas no quesito CULTURAL e que são novidades por aqui:

1. SuperBlue Miami: você vai se apaixonar por essa exposição de arte interativa! Destaque para o labirinto dos espelhos e as enormes telas repletas de arte e que irão te surpreender;

 

 

2. The Rubell Museum: coleção de arte contemporânea que Don e Mera Rubell reuniram em mais de 50 anos. Destaque para os trabalhos de ninguém menos que Yayoi Kusama. Dica: faça os 2 museus no mesmo dia porque ficam um ao lado do outro e não deixem de conferir o restaurante do The Rubell na hora do almoço;

 

 

3. Norton Museum em Palm Beach: em um novíssimo prédio com um mix de obras de artes incrível, fotografia e objetos com acervo de mais de 7 mil peças vindas da Europa, China e também do próprio EUA. Não deixe de acessar o site antes e conferir a programação de aulas e atividades para as crianças! Super indico!

 

 

Fotos: Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas Miami#Miami#Norton Museum#Palm Beach#SuperBlue Miami#The Rubell Museum#viagens

5 dicas p/ trocar moeda estrangeira c/ economia e segurança!

5 dicas p/ trocar moeda estrangeira c/ economia e segurança!

O desejo de realizar uma viagem internacional tem retornado à agenda dos turistas. Um indicador dessa tendência é o volume de gastos de brasileiros no exterior, registrados em US$ 804 milhões em fevereiro de 2022, o maior patamar desde o início da pandemia, de acordo com dados do Banco Central (BC).

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a redução de mortes no Brasil e no mundo, a sensação de segurança sanitária tem crescido e esquentado o setor de turismo, que ficou reprimido por quase dois anos em função das restrições da quarentena.

Pensando no Dia do Turista, celebrado na próxima segunda-feira (13/06), conversamos com Diego Zia, sócio-fundador e CEO da B2Gether, empresa brasileira que atua no mercado de câmbio. Ele apresenta cinco dicas para quem planeja viajar para o exterior e precisa trocar moeda estrangeira com economia e segurança.

 

 

1. Verifique as moedas mais utilizadas no país de destino

Você pesquisou os destinos e, finalmente, decidiu para onde ir. E agora, o que fazer? Além das questões financeiras e burocráticas envolvendo documentação, passagens aéreas e estadia, é necessário comprar moeda estrangeira.

A primeira recomendação de Zia é verificar quais são as moedas mais utilizadas no país de destino. Isso porque, segundo ele, existem lugares que aceitam mais de um tipo de dinheiro e é importante saber essa informação para escolher a alternativa mais vantajosa.

“Por exemplo, em algumas regiões do México, como Cancún, é comum os estabelecimentos aceitarem dólares, além do peso mexicano. Por isso, é muito importante pesquisar esse fator, porque você consegue fazer o câmbio com a moeda que apresenta mais vantagens em relação ao real”, pontua.

2. Compre moeda aos poucos e não de uma só vez

Uma dúvida muito comum entre pessoas que vão viajar para outro país é saber quando e com qual frequência compensa comprar moeda estrangeira. Segundo o gestor da B2Gether, a opção mais prudente é fazer a aquisição de forma fracionada, em quantias menores, até o momento do embarque.

“Primeiro, o ideal é planejar a viagem com antecedência, estimar um gasto médio e, nesse tempo, ir comprando a moeda aos poucos, nunca só de uma vez, porque o mercado de câmbio oscila bastante e as taxas sobem e descem o tempo todo”, explica.

“Além de se blindar contra as oscilações cambiais, você consegue aproveitar as melhores oportunidades, fazendo as aquisições nos momentos de queda. Assim, você não despende de um valor muito grande uma única vez e ainda economiza no câmbio”, complementa.

3. Leve moeda em espécie e em cartão

A forma de levar moeda estrangeira para a viagem internacional é também uma dúvida muito recorrente entre os turistas. A orientação de Zia é se planejar para ir com as duas opções, na medida em que ambas são importantes e apresentam vantagens e desvantagens.

Enquanto o dinheiro em espécie é mais barato e é a alternativa mais comum na maior parte dos lugares, o cartão pré-pago oferece maior praticidade e segurança.

“É muito importante sempre levar um pouco de moeda em espécie e um pouco no cartão pré-pago. Digo isso porque, apesar de apresentar um IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) mais alto, o cartão acaba ofertando mais segurança. Não é bom andar com muita nota de dinheiro vivo”, observa.

O especialista acrescenta que levar só cartão também não é uma boa opção, porque é mais caro e pode limitar suas formas de pagamento. “A gente nunca sabe o que pode acontecer. Tem a chance de o cartão dar algum problema no chip e não passar”, comenta.

4. Evite comprar moeda no aeroporto

Já ouviu aquela frase de que tudo no aeroporto é mais caro? A mesma informação vale para a moeda estrangeira. Trocar dinheiro no momento do embarque não permite pesquisar as cotações, comparar taxas nem buscar as condições mais vantajosas.

“Não é aconselhável deixar para fazer o câmbio na última hora e comprar moeda estrangeira no aeroporto, porque os valores são bem mais altos e os spreads são maiores. Além disso, você fica sem opção, porque não dá mais tempo para pesquisar outras alternativas”, afirma o especialista.

5. Não compre moeda no mercado de câmbio paralelo

Em busca de mais economia, muitas pessoas se sentem atraídas por meios alternativos para comprar moeda estrangeira, como o mercado de câmbio paralelo, no qual o dinheiro circula sem a supervisão e o controle do Banco Central.

Segundo Diego Zia, nesse mercado as moedas são negociadas de forma clandestina e as transações são consideradas ilegais. Por isso, para evitar transtornos e não fomentar esse universo, o ideal é procurar instituições autorizadas pelo BC a operar câmbio e negociar moedas.

“A última dica, e não menos importante, é comprar moeda estrangeira apenas com agentes autorizados. O mercado paralelo oferece muitos riscos, é ilegal e transaciona muitos recursos decorrentes de práticas criminosas, como lavagem de dinheiro, contrabando, tráfico de armas e outros”, orienta.

Para comprar moeda estrangeira com segurança e economia, de acordo com o especialista, a melhor estratégia é planejar a viagem com antecedência, pesquisar as cotações em diferentes instituições financeiras e comprar moeda aos poucos, aproveitando as quedas das taxas.

 

Fonte: Gustavo Silva (comunicacao@business2gether.com)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas#mercado de câmbio#moeda#moeda em cartão#moeda em espécie#moeda estrangeira#moeda no aeroporto#turismo#viagens

Palácio Tangará recebe Tony Gordon dia 29/07!

Palácio Tangará recebe Tony Gordon dia 29/07!

Na próxima quinta-feira, 29 de julho, das 20h às 23h, o Palácio Tangará terá uma noite especial com apresentação exclusiva de Tony Gordon. Com mais de 32 anos de carreira e aclamado em casas do Brasil e do mundo inteiro, o músico conhecido como “avô do jazz”, reúne em seu repertório músicas consagradas rearranjadas em seu estilo característico, que transita pelo Blues, Soul e Jazz. Em 2019, Tony Gordon consagrou-se vencedor da edição brasileira do programa The Voice Brasil, no qual apresentou sua versatilidade cantando desde clássicos dos Beatles, à composições nacionais de Roberto Carlos e Tim Maia. A performance ao vivo de Tony Gordon no cenário exclusivo do Palácio Tangará promete criar a atmosfera de uma noite inesquecível para o público.

Para aqueles que desejam aproveitar o evento combinando com uma pernoite no hotel, conhecido como um oásis urbano em São Paulo, o Palácio Tangará preparou um pacote especial para duas pessoas, que inclui hospedagem nas acomodações luxuosas do hotel, café da manhã servido no restaurante Tangará Jean-Georges e jantar em três tempos para acompanhar o show. O pacote já está disponível para reserva com valores a partir de R﹩ 2.490,00 (em apartamento de categoria Deluxe) com possibilidade de parcelamento em até três vezes.

Para garantir a segurança de seus hóspedes, o Palácio Tangará contratou a consultoria do melhor hospital da América Latina, o Hospital Israelita Albert Einstein, para definir e validar a implementação dos protocolos operacionais de sanitização de todas as áreas sociais e back office, garantindo a tranquilidade de seus hóspedes, parceiros e clientes. Como resultado desse esforço, o hotel recebeu, em março de 2021, o selo de verificação ShareCare Health Security, concedido pelo respeitado guia de turismo da Forbes sendo, até o momento, o único hotel do Brasil com esta validação de segurança.

Serviço:

Palácio Tangará

Endereço: R. Dep. Laércio Corte, 1501 – Panamby, São Paulo – SP

Reservas: (11) 4904-4001

Instagram: @palaciotangara

Aproveitando, quero super indicar esse hotel, é um dos que mais AMO em SP! É um hotel incrível para quem tem criança, tem sala kids, tem atividades aos finais-de-semana para as crianças; tem piscina externa e interna, ou seja, mesmo quando está frio, é possível usar e super recomendo! O spa é maravilhoso, com várias massagens diferentes! Sempre que vou pra SP, fico nele. Seguem algumas fotinhos da última vez que estive!
Fonte: Maria Clara Mancilha – mariaclara@indexconectada.com.br
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas#dicas hotel#Palácio Tangará#SP#viagens