Londres, quarto dia!

Londres, quarto dia!

Meninas, neste dia percebi que a Vivi precisava dormir, acho que foi cansaço acumulado da viagem! Mesmo fazendo somente coisas legais, visitando lugares lindos, a gente fica cansado! Já estamos há mais de 16 dias longe de nossa casa, da rotina e isso acaba pesando para crianças (até para nós)! Vivi acordou meio-dia, totalmente renovada e descansada… fiquei tão feliz! Fomos direto almoçar no famoso CUT, dentro do hotel 45 Park Lane, da rede Dorchester! O  hotel é super contemporâneo, com atendimento maravilhoso! Já o CUT dispensa comentários, de tão renomado que já é! Existe em outras cidades e posso afirmar que é um dos meus restaurantes de carne preferidas em Londres! Dica: peçam o creme de espinafre, de comer de joelhos!

 

Askmi1

 

Depois fomos em dois museus, que ficam um ao lado do outro. A Vivi amouuuuuuu, quis ver tudo! Achei muito bacana para os pequenos: explica a origem do mundo, os animais, insetos, temperaturas, terremotos e muito mais… Sempre tem alguma exposição diferente! As entradas nos museus de Londres são gratuitas, somente as exposições ocasionais que são pagas e convém comprar antes!

 

Askmi2

 

Logo ali ao lado tem o Victoria and Albert, meu museu preferido na cidade! Vivi não se interessou tanto, claro, tinha acabado de sair de um lugar de pura diversão! Mas eu aproveitei muito e fui a exposição da Frida Kahlo! O maior museu de artes decorativas e design do mundo. Assim se define o Museu Victoria & Albert, onde encontramos em exposição artefatos de até 3.000 anos, procedentes de diversas culturas, entre eles peças de cerâmica, mobiliário, moda, joias, fotografia, escultura e pinturas. O museu foi estabelecido em 1852, inicialmente para incentivar o design britânico e servir de inspiração para as gerações futuras.

 

Localizado na área nobre de South Kensington, o V&A, como é conhecido o museu, é vizinho dos museus da Ciência e de História Natural. É um museu imenso, com 145 galerias cobrindo mais de 50 mil metros quadrados e quase 60 mil itens em exposição. Ficamos apenas uma hora, não consegui ver nem 1/3 mas está valendo! Uma das alas mais interessantes do museu Victoria & Albert é a coleção de moda, disposta na sala 40, logo na entrada do museu. Mesmo para quem não é muito ligado no assunto, é bacana acompanhar a evolução de nossas roupas do século XVII aos dias de hoje, em uma mostra muito bem montada de vestidos, bolsas, sapatos e acessórios. A ênfase da exposição é no design progressivo que tem influenciado a moda nos principais centros europeus. DICA: é impossível querer ver tudo em uma visita. Por isso, selecione uma área de interesse, ou siga uma das trilhas sugeridas pelo museu. Assim, você não ficará exausto e nem frustrado.

 

Askmi3

 

Não tivemos tempo para ir ao museu de ciências, logo ao lado… fiquei com muita pena mas já estava fechado!

 

Por volta das 18hs, fomos a minha loja amada: Fortnum & Mason, ou Fortnum’s! Inaugurada  em 1707,  fica em 181, Picaddilly, bem perto de Piccadilly Circus. O prédio de esquina conta com 4 andares cheios do que há de mais tradicional e requintado em termos de alimentação, bebidas e presentes. Afinal, não é à toa que a loja é fornecedora oficial de vários produtos para a família real há mais de 150 anos! No andar térreo estão as guloseimas saídas das padarias e patisserie, além de chás, cafés, geleias, conservas, condimentos, chocolates e muito mais. Funciona neste piso um ótimo restaurante que serve do café da manhã ao jantar, The Gallery. Uma descidinha no subsolo vale a pena, pois é lá que se encontram os queijos, os embutidos, as carnes especiais e uma excelente adega de vinhos. No The Wine Bar  são servidos os vinhos que podem ser acompanhados dos petiscos e aperitivos vendidos na casa.

 

Uma escada em espiral levará a primeiro andar, que é uma perdição para quem gosta de cozinha. É lá que fica a Cookshop, onde estão os utensílios e acessórios mais lindos do mundo e também as tradicionais “hampers“, cestas de vime recheadas de produtos da loja, em vários modelos, tamanhos e preços. As cestas para picnic são um capítulo a parte, impossível não se apaixonar! Neste andar, há também uma lanchonete, The Parlour, que serve sorvetes, refeições leves e bebidas quentes e frias. Mas não é só comidas e bebidas que encontramos na loja. O segundo andar é inteiramente dedicado às mulheres, com uma seleção de perfumes, jóias, bijouterias, bolsas, produtos de beleza, entre outros.  No terceiro andar está o departamento masculino, e também o departamento de malas, acessórios de couro e papelaria. Neste andar funciona um bar, com o interessante nome de 3 and 6.

 

Para um chá da tarde digno da realeza, dirija-se ao quarto andar: especificamente ao The Diamond Jubilee Tea Salon, o salão de chá que foi reinaugurado em 2012, ano do jubileu de diamante, pela própria Rainha Elizabeth, juntamente com as duquesas de Cornwall (Camilla) e Cambridge (Kate). O menu é extenso e diversificado, mas um chá completo com acompanhamentos doces e salgados custa a partir de £ 44,00 por pessoa (preço de 2017). Pela primeira vez nos mais de 300 anos de história da marca, em 2013 a Fortnum & Mason abriu uma nova loja, localizada na estação St Pancras. Seguindo o sucesso da empreitada, em 2014 foi inaugurada uma filial no terminal 5 do aeroporto de Heathrow. Mas a loja de Piccadilly continua sendo a mais charmosa!

 

Askmi4

 

Depois, fomos a Harrods jantar e acabei ficando sem bateria! Que raiva! Mas minha dica é: não deixem de ir ao andar Kids! Quase surtei com a seleção das marcas e também porque estava com uma promoção imperdível!

 

Askmi5

 

Beijos e até o próximo post!

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#45 Park Lane#Blog Ask Mi#dicas de viagens#Dorchester#Harrods#hotel#Londres#museus#o que fazer em Londres#travel viagem com criança#travel with kids#trip#Viagem

Londres, terceiro dia!

Londres, terceiro dia!

Vivi é mega dorminhoca e por isso nossos dias em Londres começavam sempre por volta das 11:00 ou 11:30! Rs Confesso que fui relaxando no meio da viagem, saindo um pouco do meu roteiro, deixando de fazer algumas coisas (isso para mim é difícil pois sou muito perfeccionista)! Com kids e marido não tem como acelerar ou então, o resultado vai ser só um: stress total! Fizemos alguns programas bem turísticos neste terceiro dia na cidade: começamos no Big Ban (que estava totalmente desconfigurado por conta de uma reforma que vai até 2021)! Na verdade este é o prédio do parlamento, o que muitas pessoas não sabem! Logo ali, se você for até a ponte, consegue ver a London Eye – famosa roda gigante que existe em algumas cidades do mundo!

 

Askmi1

 

Depois, visita a duas igrejas: St Paul’s (onde princesa Diana casou) e Abadia de Westminster (local escolhido por Kate em seu casamento e também onde muitos membros da realeza – tirando a linhagem atual, Windsor – foram sepultados!

 

Askmi2

 

Depois, almoço /chá da tarde no renomado Céleste, restaurante localizado dentro do hotel Lanesborough ! Uma experiência incrível, parece filme! Super chic, recomendo reserva! Logo após, fomos para um bairro que já virou meu queridinho na cidade e olha que eu nunca tinha conseguido ir: Chelsea! Gente, estou muito encantada! Mas por que Mi?! Não tem muvuca de turistas (Londres em julho é muitoooo lotado,  dificilmente voltarei nesta época), repleto das melhores marcas e também de restaurantes divinos! Como eu disse acima, com criança não dá para ficar entrando e saindo de lojas, mas eu fui nas seguintes: Trotters – loja para kids com valor OK! Masssss as estampas e os vestidos são de morrer! E os sapatos então?! Muito inglesinho, coisa mais fofa! Tem para boys and girls! Peter Jones – loja de departamento que super indico, a parte de casa é maravilhosa e preço muito bom! Bom, todas da King’s Roadsão maravilhosas, aliás super indico muito esse pedacinho do bairro!

 

Askmi3

 

Askmi4

 

Bom, já por volta das 18 horas, pedi para o Francisco, nosso super guia/motorista que indiquei para vocês, nos deixarem no Kensington Garden, mais precisamente no parquinho feito em homenagem a princesa Diana! Lá era o local preferido dela para brincar com seus filhos, por isso fizeram esse memorial! Ela ficou louca com o navio pirata, até eu entrei na “dança” kkkk

 

Askmi5

 

Bom, hora de voltar para o hotel e pedir “room service” pois o dia rendeu muito! Beijos e continuem acompanhando os posts de Londres!

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog Ask Mi#dicas de viagens#Londres#o que fazer em Londres#travel viagem com criança#travel with kids#trip#Viagem

Dica de loja de enxoval em Portugal!

Dica de loja de enxoval em Portugal!

No terceiro dia em Portugal, fizemos uma paradinha básica na loja de enxoval que AMO: Artnis, bem no centro e pertinho da Casa Piriquita!

 

Destaque para os lençóis e colchas, simplesmente maravilhosos! Possuem vários itens bordados á mão.

 

Anotem o endereço: Praça da República nº19, Sintra, +351 21 923 4288

 

Askmi17

 

Askmi16

 

Askmi13

 

Askmi9

 

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Artnis#Blog AskMi#Cabo da Roca#Cascais#dicas#dicas de viagem#enxoval#Europa#family trip#férias#hotel#kids#Marina Xandó#Martinhal#ponta ocidental#Portugal#Quinta da Regaleira#Regaleira#resort#Spa#travel#trip#vacation#Viagem#viajar

Segundo e terceiro dia em Portugal!

Segundo e terceiro dia em Portugal!

Meninas, seguindo à risca o meu combinado com vocês de postar tudinhooooo da nossa viagem por Portugal! Como se fosse um diário, vou contar tudo o que estamos fazendo, dia a dia. Hoje vou contar sobre nosso segundo dia (foi bem tranquilo) e terceiro!

 

Quero começar dizendo que nesses 3 dias aqui já cheguei a uma conclusão: que povo hospitaleiro!! E que clima divino! Portugal realmente é o destino da vez e faz “jus” ao prêmio de melhor lugar para viajar de 2017! Por mim, de 2018,2019 também rs.

 

Bom, nosso segundo dia foi bem relax, descansando aqui em nosso hotel, aguardando meus pais chegarem! Pedido das meninas, que continuam enlouquecidas com as mil atividades do Martinhal Family Resort! Depois de aproveitarem a piscina coberta, as brincadeiras com os instrutores e a festinha a fantasia a noite, hora de deixar elas com a Clair (funcionária há mais de 20 anos da minha mãe, praticamente membro da família) e sair para jantar! Por recomendação de dois amigos nossos que moram na cidade, fomos conhecer o tradicionalíssimo Cimas (desde 1942)! Olha, fazia muito tempo que eu não conhecia um restaurante tãooooo bom! Se eu indico?! Praticamente imploro para quem está de malas prontas para Cascais ir visitar! Simplesmente dos deuses! Peçam a alcachofra quente e o queijo derretido de entrada; o bacalhau ou lagosta gratinada de prato principal e o crepe Suzete de sobremesa! Hummm…tudo divino!

 

Depois de uma noite maravilhosa e uma cama divina, acordamos para nosso terceiro dia! O destino?! Sintra e Cabo da Roca! Aiiiiii como adoro Sintra e sua história! Claro que não conseguimos fazer tudo em um dia, então, nossas escolhas foram: Palácio das Penas e Quinta da Regaleira, além do centrinho de Sintra com 2 paradas estratégicas: doceira Piriquita e loja de enxoval Artnis!
Começamos o dia no Palácio da Pena! Para chegar é bem chatinho pois está localizado no topo da Serra de Sintra. Fica  localizado dentro do Parque da Pena, por isso depois de passar pela bilheteira é preciso percorrer um caminho até à entrada. Existem duas opções, a primeira é subir numa espécie de comboio (trem) que custa €2,00 (ida e volta) e a segunda é subir a pé (NÃO recomendo para criança ou idosos). Por fora, o palácio tem cores vivas e uma mistura de estilos arquitetônicos. O interior chama a atenção pelos detalhes, das paredes ao mobiliário. Tudo é muito luxuoso e requintado. Da visita, vale a pena destacar a Peça do Altar-Mor, que remete ao séc. XVI e foi a única que restou da construção antiga que havia ali depois do terremoto de 1755. Do Terraço da Rainha tem-se a melhor vista da arquitetura do palácio e as fotos ficam ótimas!
Askmi8
Askmi18
Askmi5
Askmi14
A primeira construção do palácio foi uma capela, que mais tarde, no séc. XVI foi reconstruída a mando de Manuel I e doada a Ordem de São Jerônimo. O terremoto de 1755 deixou o convento em ruínas e só depois, no séc. XIX, o rei-consorte Fernando II de Portugal construiu o Palácio da Pena. Quando faleceu, o local foi herdado por sua então esposa, Elisa Hendler, Condessa de Edla. Em 1889 o Estado Português, a mando de Luis I, comprou o monumento. Durante o reinado de Carlos I, o palácio foi muitas vezes habitado pela família real, era o preferido de D. Amélia de Orleãns. Com a implantação da República Portuguesa o palácio foi convertido a Museu. A história completa pode ser vista no site dos Parques de Sintra – Monte da Lua.
Pontos negativos: pode ser um pouco cansativo para as crianças mas mesmo assim acho que vale a pena! As meninas gostaram bastante, mesmo ficando cansadas quando o passeio terminou!
De lá, as meninas voltaram para o hotel com os pais e eu, minha mãe e minhas irmãs fomos para o centrinho de Sintra provar um dos melhores dives que conheço nessa vida – os travesseiros da Piriquita!
Askmi6
Askmi1
A Casa da Piriquita é uma das doceiras mais antigas de Portugal, que remonta a 1820 – vai está na sétima geração. O principal destaque são as queijadas, os travesseiros e os pastéis de Sintra. Em 2015 abriu em Cascais, mas a de Sintra precisa conhecer!
Depois de comer um lanchinho por ali, partimos para conhecer a Quinta da Regaleira, um dos lugares mais bonitos que vi neste país até o momento!
Quinta de Regaleira foi habitada, durante mais de dois séculos, por ilustres famílias portuguesas e está, hoje em dia, aberta ao público, servindo de cenário a uma multiplicidade de manifestações culturais, designadamente, teatro, ópera, recitais, exposições temporárias, etc. Situada em pleno centro histórico classificado como Patrimônio Mundial, em 1995, pela UNESCO, mantém a designação atual desde pelo menos 1830, data em que era seu proprietário Manuel Bernardo.
A primeira notícia desta propriedade é de 1797 quando, nos limites da vila de Sintra, são adquiridos os terrenos que a viriam a integrar. Mais tarde, cerca de 1715, as mesmas terras vêem a ser adquiridas em hasta pública por Francisco Alberto Guimarães Castro. No final do séc. XVIII, aquele lugar era conhecido como Quinta da Torre ou Quinta do Castro. Entretanto, em 1840, a Quinta da Torre é vendida a Ermelinda Allen Monteiro de Almeida – Baronesa da Regaleira -, filha de um abastado comerciante do Porto. Em 1892, os barões da Regaleira venderam a Quinta a António Augusto Carvalho Monteiro, que transformou na configuração que mantém atualmente , isto é, avassaladoramente romântica, envolta em mistérios e lendas, e segredos maçônicos.
Achei tudo simplesmente maravilhoso, desde o jardim até a capela e o palácio em si! Não sei se recomendo para crianças menores de 8 anos pois o local é gigante, a não ser que você esteja com carrinho!
Askmi12
Askmi15
Askmi3
Askmi2
Essa quinta revela um lado místico, gótico e romântico ao mesmo tempo! Ela mantém vários segredos, inclusive em sua arquitetura! A história é incrível e indico fortemente a visita ao poço iniciático que, como se fosse uma torre invertida, nos leva ao interior da terra. De quinze em quinze degraus descem-se os nove patamares circulares do poço, recriando o ritual em que se descia ao abismo da terra ou se subia em direção ao céu, consoante a natureza do percurso iniciático escolhido.
Já passavam das 19 horas e era o momento de partir para ver o pôr do sol (sim, aqui no verão ele se põe por volta das 20 hs) no belíssimo Cabo da Roca, considerado o ponto mais ocidental do continente Europeu! Que vista maravilhosa, de suspirar!
Askmi11
Lá você encontra a pedra com dizeres de Camões: “Aqui onde a Terra se acaba e o mar começa”!
Askmi7
Nós 4 curtindo esse momento tão divino! Só a agradecer!
Bom, depois, partiu ver as meninas no hotel e sair para jantar! Nosso escolhido foi o renomado Porto Santa Maria, em Cascais! Super indico!
Askmi1
Askmi10
E aí, gostaram?? Espero que estejam curtindo as dicas de Portugal! Beijos, Mi.
Fotos: Blog Ask Mi
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#Cabo da Roca#Cascais#dicas#dicas de viagem#Europa#family trip#férias#hotel#kids#Marina Xandó#Martinhal#ponta ocidental#Portugal#Quinta da Regaleira#Regaleira#resort#Spa#travel#trip#vacation#Viagem#viajar

Primeiro Dia em Portugal!

Primeiro Dia em Portugal!

Que delícia estar aqui na terrinha!! Vim pela primeira vez para Portugal em 2015 e desde então fiquei apaixonada por esse país! Não, não é o lugar mais lindo da Europa, com os museus mais incríveis e arquitetura mais bacana! Masssss pensa em um povo acolhedor, que adora brasileiros, repleto de cultura e com a comida divina! Isso é Portugal!

 

Dessa vez a ideia é passar 12 dias e conhecer muitas cidades! A viagem foi super programada, recheada de roteiros e muitas dicas locais! Desenvolvi um guia bem fofo, baseado no perfil de toda a nossa família (sim, dessa vez estamos vindo com toda a “gangue” rs)!! A Carol da Puro Fricote (@carolaffonsomeirelles) confeccionou ele e esse foi meu presente de boa viagem para minhas irmãs e meus pais! Vejam:

 

Askmi5

 

Estou tão animada com essa “family trip” que vocês nem imaginam! Dividimos o roteiro da seguinte forma: Cascais (6 noites), Coimbra (4 noites) e Porto (2 noites)! Depois, eu, Vivi e Victor partiremos só nós 3 para um outro país! Conto em breve!

 

Bom, partimos de Campinas no voo da cia área Azul e foi super tranquilo! Compramos o SKY Sofá e adoramos! O tempo de voo foi de 9 hs aproximadamente mas as meninas não dormiram pois o horário não ajudou: saímos às 17 hs (horário Brasília). Chegando em Lisboa fiquei “passada” com a quantidade de gente no setor da imigração, demoramos quase 90 minutos só na fila… Em compensação, as malas já estavam na esteira e daí partimos rápido para o hotel!
Mas Mi, porque escolheram Cascais? A ideia era um hotel que agradasse toda a família, especialmente as crianças! Queríamos algo estilo resort e com parquinho, piscina, SPA! Recebi uma super dica da Cris Tamer e essa acabou sendo nossa opção! Estamos amando o Martinhal Family Resort, uma rede familiar aqui de Portugal (possuem mais 3 hotéis espalhados pelo país) que preza muito pela criança!
Askmi3
Askmi10
Askmi6
Askmi4
Pelas fotos vocês já conseguem imaginar a alegria das meninas, certo?! Mas tem uma certa sofisticação para os adultos também! Optamos pelas Villas, que são essas casinhas acima nas fotos! Elas possuem 2 suítes no andar superior e, 2 bicamas, cozinha e sala no andar inferior! Uma graça! O único ponto “ruim” é que não possui “room Service” ou seja, se você quiser pedir alguma comida ou bebida no quarto, não tem como! Mas, para nós, isso não está sendo um problema! Compramos  água na cidade ontem e está tudo certo!
A parte kids do hotel é incrível, com mil atividades para diferentes idades e programação intensa com os monitores (isso ajuda os papais a poderem fazer suas refeições com calma e também idas ao SPA, que é maravilhoso)!
Askmi1
Askmi7
Askmi9
Vista do café da manhã.
Askmi8
Como chegamos exaustos, desarrumei as malas, tomamos banhos e fomos dormir um pouquinho! A noite, fomos a um restaurante divino na orla, já que Cascais é praia: O Faroleiro! Indico super!
Depois, fomos ao centrinho tomar um sorvete na Santini (melhor sorvete de Portugal), fizemos comprinhas na “Calzedonia” (meia calça super boa e ótimo preço, marca italiana) e voltamos ao hotel!
Dia delicioso! Muito feliz em estar aqui!
Fotos: Blog Ask Mi
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#Cascais#dicas#dicas de viagem#family trip#férias#hotel#kids#Marina Xandó#Martinhal#Portugal#resort#Spa#travel#trip#vacation#Viagem#viajar