Alimentação equilibrada e nutritiva no verão!

Alimentação equilibrada e nutritiva no verão!

Com as altas temperaturas nos primeiros meses do ano, junto com o cenário de pandemia provocada pela Covid -19, é o momento de redobrar a atenção aos cuidados com a saúde. Principalmente quando falamos em manter uma alimentação nutritiva e equilibrada para melhorar o sistema imunológico, além da preocupação com a higienização dos alimentos.

Com o objetivo de levar sua expertise em alimentação para incentivar melhorias no bem-estar das pessoas, a Sodexo On-site, líder em serviços de Qualidade de Vida por meio de serviços de alimentação e facilities, reuniu seu time de especialistas, nutricionistas e chefs e prepararam um e-book com diversas dicas de nutrição, saúde e bem-estar, que reforçam a importância de refeições balanceadas e nutritivas para a saúde e proteção do corpo, além de orientações para intensificar a higienização dos alimentos, confira algumas delas:

1 – Alimentação durante o verão

Ao contrário do inverno, estação em que é comum sentir mais fome, as temperaturas elevadas podem inibir o apetite. É comum que a maior parte das pessoas não consiga seguir uma alimentação balanceada e nutritiva, composta de proteínas, carboidratos, gorduras boas, fibras, vitaminas e minerais.

“Para montar uma refeição saudável que ajude na proteção do corpo, é importante lembrar que um prato equilibrado deve ser composto 50% por vegetais crus e cozidos, 25% de proteínas, como carnes, peixes, ovos, entre outros, e 25% de carboidratos, de preferência integrais. Na sobremesa, pode-se optar por frutas”, explica a coordenadora do projeto Francisca Silva, nutricionista da Sodexo On-site Brasil.

 

Salada de Frutas com Creme de Iogurte de Coco 

2 – Saúde e equilíbrio

Para evitar um possível desequilíbrio na alimentação, é recomendado evitar longos períodos em jejum. “Uma dica é fazer um lanche saudável, como um snack de castanhas caramelizadas com açúcar de coco, antes de sair de casa, pois isso ajuda nas escolhas e no consumo moderado dos alimentos”, sugere a nutricionista Claudia Musa.

Para colorir e enriquecer os pratos, as saladas são ótimas opções. Além de serem ricas em nutrientes, elas ajudam a aumentar a saciedade e melhorar o processo digestivo. Durante a escolha das proteínas, as carnes magras devem ser priorizadas, sempre retirando as gorduras. As receitas você pode conferir a partir da página 18 do e-book.

Outro ponto importante é a hidratação. Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso, a necessidade de se hidratar, para que todo líquido perdido seja reposto. “Nesse período, a ingestão de bebidas alcoólicas deve ser controlada e intercalada com água e outras bebidas não alcoólicas, como sucos naturais com as frutas da época”, conclui Claudia.

 

Coquetel tropical sem álcool e sem açúcar

3 – Vitaminas e minerais para uma alimentação nutritiva

Neste ano atípico, a alimentação equilibrada tornou-se ainda mais importante e essencial para reforçar a imunidade. Entre os nutrientes necessários para a manutenção do sistema imunológico, estão:

  • Vitamina A – Pode ser encontrada em cenouras, batata doce, folhas de brócolis, manga, couve fígado, gema de ovo, leite e derivados.
  • Vitamina C – Kiwi, goiaba, brócolis, frutas cítricas, frutas vermelhas, talos de couve e salva.
  • Vitamina D – Peixes, ovos, lácteos, fígado e cogumelos.
  • Vitamina E – Azeite de oliva extravirgem, castanhas, avelã, semente de girassol e abacate.
  • Zinco – Camarão, peixe, fígado, sementes, castanhas, grãos integrais e cereais.
  • Ômega 3 – Peixes, castanhas, amêndoas, nozes, sementes e linhaça.
  • Prebióticos* – Trigo, cebola, banana, mel, alho e raiz de chicória.
  • Potássio – Ameixa, frutos do mar, amêndoas, acelga e amendoim.

*Bactérias do bem (probióticos) localizadas em nosso intestino formam uma barreira contra muitos organismos agressores de nosso organismo. Essas bactérias por sua vez se alimentam de fibras alimentares (prebióticos) presentes em frutas, legumes, verduras, aveia e outros cereais integrais. Por isso é fundamental consumir alimentos in natura ou minimamente processados, que oferecem um teor maior de fibras. São prebióticos os compostos com o FOS – frutooligossacarídeos (presente na agave-azul, batata yacon, alho, cebola, banana e tomate, entre outros) e a inulina (encontrada em alimentos como chicória, alho, cebola, inhame, banana e outros). Sobre os alimentos classificados como probióticos, são aqueles que contêm os microrganismos do bem. Estão presentes em iogurtes, kefir e alimentos fermentados, como os pães feitos com levain (fermentação natural).

4 – Compras e higienização de alimentos

Antes de ir ao mercado, a dica é fazer uma lista dos itens necessários para ajudar a combater o desperdício e não cair em promoções de produtos que não serão utilizados.

“Para a higienização, as embalagens devem ser lavadas com água e sabão ou limpas com álcool 70% antes de serem guardadas no armário ou na despensa. Frutas, legumes e verduras devem ser lavados em água corrente e higienizados com uma solução clorada, que deve ser diluída conforme as instruções do produto”, explica Francisca.

5 – Atenção ao rótulo dos alimentos

Ficar de olho nos rótulos dos alimentos também faz parte da construção do hábito de manter uma alimentação equilibrada. Conhecer o que há por dentro da embalagem facilita a decisão no ato da compra.

Nas novas regras de rotulagem nutricional, a embalagem deve conter um símbolo informativo na parte da frente do produto, esclarecendo de forma clara e simples, sobre o alto teor de nutrientes que têm relevância para a saúde.

O material completo com todas as dicas e receitas nutritivas podem ser baixados no link do e-book. A nutricionista coordenadora do projeto Francisca Silva, juntamente com as nutricionistas idealizadoras, Antonia Francisca Cavassim, Beatriz Mastroeni, Claudia Musa, Giselle Cassitas Duarte e Lais Augusto estão à disposição para informações e entrevistas.

Fonte: Marina Gomieiro (marina.Gomieiro@tamer.com.br) / Sodexo On-site, líder em serviços de Qualidade de Vida

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Alimentação durante o verão#alimentação equilibrada#Alimentação equilibrada e nutritiva#dicas#nutritiva#Saúde e equilíbrio#verão

Queimadura de sol, dermatologista explica o que fazer!

Queimadura de sol, dermatologista explica o que fazer!

A queimadura solar é caracterizada por uma inflamação que pode apresentar-se como mancha avermelhada ou mesmo bolhas no local acometido. Seus sintomas são dor, queimação, ardência, pinicamento, mudança de textura da pele e, às vezes, bolhas. O aparecimento delas está ligado à profundidade e à gravidade da queimadura.

Dra. Maria Paula Del Nero da Sociedade Brasileira de Dermatologia explica que as queimaduras de sol são classificadas em três graus: queimaduras de sol de primeiro grau- atingem a camada mais superficial da pele (a epiderme); quando ocorrem, causam avermelhamento (mancha escura). Queimaduras de sol de segundo grau – atingem a epiderme e parte da derme mais profunda. É comum que a pessoa sinta dor, tenha inchaço e que forme quase bolha ou bolha superficial. E as queimaduras de sol de terceiro grau- atingem a camada mais profunda da pele. Esse caso é o mais grave com formação de bolhas e exigem tratamento/cuidados médicos especiais.

Dra. Maria Paula elenca o que fazer nos casos de queimadura de primeiro e segundo grau:

1-Lave a pele com água mais fresca;

2- Borrife água termal ou faça compressa com chá de camomila gelado;

3- Aplique cremes calmantes indicados por seu dermatologista.” Prefiro cremes que tirem o vermelhão e a ardência mas que não são corticoide.” Completa a médica.

4-Aplique cremes cicatrizantes (também indicados por dermatologista) para evitar que se forme bolhas;

5-Use um filtro solar mais potente e lembre-se de reaplicar se for se expor novamente ao sol;

6- Comecei a descascar?! A dermatologista indica não puxar a pele solta! “A troca da superfície danificada por uma nova é mais sensível e deve ocorrer de forma natural para evitar marcas”, explica. Esfolie a região levemente até duas vezes por semana e capriche na hidratação do corpo.
Fonte: Michelly Update Comunicação (michelly@updatecomunicacao.com.br) / Dra. Maria Paula Del Nero da Sociedade Brasileira de Dermatologia
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cuidados#dermatologia#dermatologista#dicas#pele#Queimadura de sol#sol#verão

Cuidados com os cabelos no verão!

Cuidados com os cabelos no verão!

O verão chegou! Agora é tempo de pegar um sol, ir à praia, tomar um banho de piscina e ganhar uma corzinha. No entanto, neste período é essencial lembrar da importância de se proteger contra os raios solares, mas quando falo desse assunto, não me refiro somente a pele, pois os cabelos também precisam de cuidados durante essa época. Ao longo da estação mais quente do ano, os fios são submetidos a altas temperaturas, vento constante, sal marinho e cloro de piscinas. E quase sempre, o resultado de tudo isso são cabelos ressecados, quebradiços e carentes de uma boa hidratação e nutrição.

“O principal oponente a ser observado é o sol. Digo isso porque no verão temos a tendência a nos expor um pouco mais aos raios solares, o que não é totalmente errado, pois esse ato é importante para que os nossos corpos obtenham maiores níveis de vitamina D. Ela ajuda a aperfeiçoar o funcionamento do organismo e estimula o crescimento saudável dos fios. Entretanto, se essa exposição ocorrer de forma exacerbada e desprotegida, pode ocasionar prejuízos a pele e aos cabelos. Além de causar o câncer de pele, a radiação solar pode destruir e oxidar os fios, pois impulsiona a perda de queratina”, alerta a hairstylist, visagista e proprietária do salão de beleza Maison Rocha, Rosângela Rocha.

Para prevenir estes problemas, a dica é fazer atividades ao ar livre ou ir à praia, preferencialmente, entre os horários da manhã até as 10h e a tarde após as 16h, sempre fazendo o uso de bonés ou chapéus. “É indispensável a utilização do filtro solar na pele e a aplicação de um bom leave-in nos cabelos. O produto para os fios também deve conter fator de proteção contra os raios UVB e UVA. Ele não só evita que o sol provoque danos as madeixas, como hidrata e neutraliza a ação nociva do sal marinho”, recomenda.

Outro comportamento que pode fragilizar os cabelos e que ganha grande espaço em tempos mais quentes é o costume de lavar os fios diariamente. “Não indico este tipo de prática rotineiramente, pois em alguns casos, pode levar a remoção total da oleosidade natural das hastes capilares. No entanto, sei que a higienização é necessária para retirar os resquícios de sal, cloro e suor do couro cabeludo. Então indico o uso de shampoos mais suaves e sem sulfato”, destaca Rosângela.

Para fugir de dores de cabeça futuras e chegar ao final da temporada com os cabelos saudáveis, fortes e com brilho também é recomendável que as pessoas invistam em hidratações e sempre lavem os fios em água corrente ou mineral após a realização de mergulhos. “Ao chegar em casa, já que está calor, aposte em banhos frios, pois a água quente resseca os fios. Depois da higienização, separe uns dez minutos por semana e faça um banho de creme para restaurar as madeixas da exposição a agentes danosos. Outra conduta que deve ser evitada é o uso de secadores e chapinhas. Os cabelos nessa etapa do ano, já sofrem com diversas agressões, seria interessante não os submeter a outros processos lesivos. No mais, aproveite o verão e seja feliz”, conclui.

 

 

Fonte: Rosângela Rocha, hairstylist, visagista e proprietária do salão de beleza Maison Rocha; Luana Moreira  (luana.moreira@navescoelhocomunicacao.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cabelo#cuidados#hair#hairstylist#Leave-in#verão#visagista

Corrida para o verão já está na mira de quem quer ficar em forma!

Corrida para o verão já está na mira de quem quer ficar em forma!

O verão está chegando e as preocupações com o corpo só aumentam. Afinal, com as temperaturas elevadas, nessa época do ano, os brasileiros procuram se refrescar na praia ou na piscina, e a preocupação com a estética cresce. Além do mais, muitos precisam recuperar o tempo perdido durante a pandemia, na qual exercício, alimentação equilibrada e até procedimentos estéticos foram deixados de lado.

Mas, para alcançar um corpo saudável e bonito não tem jeito: é preciso estar bem por dentro, mantendo alimentação equilibrada e atividade física regular. Pensando nisso, o personal trainer da academia Evolve Gymbox, Júnior Nedis, separou algumas dicas de como se preparar para a temporada que começa no dia 21 de dezembro.

De acordo com ele, é fundamental que a pessoa se empenhe nos exercícios físicos. “Procure um professor da sua academia e verifique se está tudo seguindo conforme o planejado, pois além de te dar mais saúde, o exercício poderá fazer uma transformação na sua estética”, comenta. Ele pontua que é importante manter-se bastante hidratado, pois a água está presente nos processos metabólicos do nosso corpo e portanto auxilia, tanto no processo de emagrecimento, como nos ganhos de massa magra. Para Nedis, outro ponto fundamental é a alimentação.

O nutrólogo Allan Ferreira, do Hospital Anchieta de Brasília, complementa que é importante que se evite ficar longos períodos sem comer. Ele explica que normalmente, quando as temperaturas aumentam, nosso apetite costuma reduzir. “Ficar com o estômago vazio durante o dia acaba por levar a queima de massa muscular, e consequentemente à flacidez e a redução do metabolismo”, diz. “Por isso, faça refeições leves durante o dia, priorizando o consumo de alimentos leves”, acrescenta.

Conforme o especialista também é preciso dormir bem, pois a redução das horas de sono aumenta a liberação de hormônios do stress, que também leva a perda de massa muscular e aumento da deposição de gordura no corpo.

Dr Allan destaca ainda que para alcançar o corpo dos sonhos, com saúde, é preciso também que se reduza ou elimine hábitos ruins. “A bebida alcóolica além de ser excessivamente calórica, também aumenta nosso apetite e prejudica nosso equilíbrio hormonal e nosso sono, atrapalhando qualquer o processo de emagrecimento”, reforça.

O especialista conclui: “evite dietas extremamente restritivas. Faça as 3 refeições principais e intercale os lanches entre elas. Procure consumir frutas nestes lanches. Prefira as frutas aos sucos, e evite alimentos industrializados e processados”.

Acompanhamento é fundamental
Não só nesta época do ano, mas o acompanhamento profissional pode ajudar e até mesmo aumentar o ganho de resultados. Por isso, procure auxílio de um médico para avaliar se não existe riscos para a prática de atividade física. E, com relação à alimentação, o Nutrólogo/Nutricionista será importante, especialmente se o objetivo for mudar os hábitos de vida (não apenas para o verão). E sempre busque orientação de um educador físico para se exercitar de maneira adequada!

Auxlio texto: nutrólogo Allan Ferreira, do Hospital Anchieta de Brasília / personal trainer da academia Evolve Gymbox, Júnior Nedis / Raiane Wentz (deysi@agenciamentha.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#corpo em forma#corpo saudável#corrida#emagrecimento#verão

4 dias essenciais para manter o bronzeado por mais tempo!

4 dias essenciais para manter o bronzeado por mais tempo!

Com a chegada do verão queremos ter a nossa pele sempre linda e bronzeada, não é mesmo? Mas para isso, precisamos manter alguns cuidados. O principal deles é com relação a exposição solar. Temos que ter em mente os horários que podemos ficar expostos ao sol, evitando ao máximo tomar sol entre as 10h e às 16h, conforme explica a esteticista Ângela Coelho.

Além disso, usar o protetor e ingerir bastante água para manter a hidratação da pele, além de manter uma alimentação saudável também ajudam nessa tarefa. “Para conseguir um bronzeado saudável e que dure mais tempo, nossa pele deve estar hidratada e recebendo os cuidados adequados. Só assim vamos conseguir os resultados desejados, sem correr riscos”, avalia.

 

 

Sabendo de tudo isso, a especialista separou quatro dicas essenciais que vão te ajudar a manter o bronzeado por mais tempo: Hidrate-se: Manter a hidratação de dentro para fora é um dos principais aliados para manter o bronzeado; Evite banhos quentes: O banho muito quente desidrata a pele, consequentemente contribui para a descamação dela, dando adeus ao bronzeado conquistado; Use cremes hidratantes: além de beber bastante água, pode abusar dos cremes hidratantes, que vão deixar sua pele linda e macia, prolongando o bronzeado.

Por fim, aposte em uma alimentação rica em betacaroteno: consuma alimentos como cenoura, caqui, couve e espinafre, entre outros. “O betacaroteno não só ajuda no combate aos radicais livres – que causam o envelhecimento da pele – como a manter o seu bronzeado, já que ajuda no processo de produção da nossa melanina”, finaliza Ângela.

 

Auxilio texto: Reversa Com. – Bruna Bozza (bruna.bozza@reversacomunicacao.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Beleza#bronzeado#cuidados#estética#pele#proteção solar#saude#sol#verão