A importância da terapia: cuidando da saúde mental!

A importância da terapia: cuidando da saúde mental!

A sociedade atual, marcada por desafios constantes, incertezas e demandas crescentes, a saúde mental se tornou um elemento vital para o nosso bem-estar. A psicoterapia ganha destaque como uma ferramenta indispensável para enfrentar as complexidades da vida moderna.

A saúde mental é uma parte integral de nossa saúde geral, e seu impacto se estende a todos os aspectos de nossas vidas, desde relacionamentos pessoais e familiares até desempenho acadêmico e sucesso profissional. No entanto, problemas como estresse, ansiedade, depressão, traumas e outras condições psicológicas continuam sendo uma epidemia silenciosa que afeta milhões de brasileiros.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é a principal causa de incapacidade no mundo, com mais de 300 milhões de pessoas afetadas globalmente. No Brasil, estima-se que mais de 11 milhões de pessoas sofram de depressão, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Felizmente, a terapia é uma ferramenta eficaz e importante no tratamento de problemas de saúde mental. A sua prática leva os indivíduos a identificar e compreender suas emoções, pensamentos e comportamentos, fornecendo estratégias e ferramentas para lidar com desafios emocionais de maneira saudável”, revela a psicóloga Dra. Cristiane Pertusi.

A psicoterapia oferece um espaço seguro para os pacientes explorarem suas preocupações e traumas, promovendo a autocura. Para validar, Dra. Cristiane listou seis benefícios da terapia, afinal, buscar a ajuda de um terapeuta é um investimento na qualidade de vida biopsicossocial.

 

 

Melhor Saúde Mental: A psicoterapia ajuda os indivíduos a compreender e gerenciar seus sentimentos, reduzindo os sintomas como ansiedade e depressão, pois fornece ferramentas para enfrentar os desafios emocionais e estressores da vida cotidiana.

Melhora as Relações Interpessoais: Ao explorar seus próprios pensamentos e comportamentos, os pacientes podem melhorar seus relacionamentos com os outros. A psicoterapia também é eficaz na modalidade de terapia de casal e de terapia familiar, ajudando a resolver conflitos e promover a comunicação saudável.

Autoconhecimento: A terapia proporciona um espaço para o autoconhecimento, onde os pacientes podem descobrir padrões de pensamento negativos, crenças limitantes e traumas não resolvidos, permitindo-lhes crescer e se desenvolver biopsicossocial.

Gerenciando o Estresse e a Ansiedade: A terapia também desempenha um papel vital no gerenciamento do estresse e da ansiedade. As técnicas de relaxamento e a reestruturação cognitiva ensinadas na terapia podem ajudar as pessoas a enfrentar situações estressantes com mais autoconfiança.

Prevenindo Problemas Futuros: Além de tratar problemas de saúde mental existentes, a terapia pode ser uma ferramenta preventiva poderosa. Ao aprender habilidades de enfrentamento e desenvolver uma compreensão mais profunda de si mesmos, os indivíduos estão mais bem equipados para lidar com desafios futuros.

Resiliência: A terapia ajuda as pessoas a desenvolverem resiliência emocional, capacitando-as a lidar com desafios futuros de maneira mais eficaz e assertiva.

 

“É essencial destacar que buscar ajuda terapêutica não é sinal de fraqueza, mas sim de coragem e autoconhecimento. O estigma em torno da saúde mental está diminuindo à medida que a conscientização cresce, mas ainda há trabalho a ser feito. É fundamental que a sociedade continue a apoiar e encorajar aqueles que buscam tratamento terapêutico”, finaliza a psicóloga.

Em um mundo cada vez mais complexo e estressante, buscar ajuda terapêutica não é sinal de fraqueza, mas sim de força e autocuidado. Com o apoio de profissionais de saúde mental qualificados, muitas pessoas estão encontrando o caminho para uma vida mais saudável e equilibrada.

 

Sobre Dra. Cristiane Pertusi

•Doutora em Psicologia do Desenvolvimento Humano pela USP. Mestre em Psicologia PUCRS, Especialista em Abordagem Sistêmica pela UNIFESP.

Fonte: Leonardo Devienne (pauta@datastudiocomunicacao.com.br)

Imagem: https://blog.amorsaude.com.br/saude-mental/

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#autoconhecimento#Melhor Saúde Mental#Melhora as Relações Interpessoais#Resiliência#saúde mental#terapia

Saiba como identificar problemas de fala nas crianças!

Saiba como identificar problemas de fala nas crianças!

Esses dias recebi essa sugestão de pauta e acredito ser super válido dividir com vocês! Algumas leitoras já me perguntaram sobre isso e creio que compartilhar uma informação como essa é super importante. O assunto é como identificar problemas de fala nas crianças, que na maioria das vezes pode ser corrigido ainda na primeira infância. Confiram:

 

askmi

 

A linguagem é uma das habilidades mais esperadas no processo de desenvolvimento infantil. Dos primeiros balbucios à primeira palavra, tudo acontece progressivamente até chegar ao momento em que a criança está falando de tudo e, não raramente, muito mais do que os pais. “As crianças falam 50 palavras por volta dos 18 meses, 100 palavras entre 20 e 21 meses. Aos 2 anos elas já são capazes de falar três ou mais palavras em frases curtas”, explica a fonoaudióloga do Hospital CEMA, Thaís Palazzi. No entanto, e quando a criança não fala, na fase esperada? Como identificar, por exemplo, que ela está enfrentando um atraso na linguagem ou que isso é consequência de outros problemas, como distúrbios auditivos?

 

No caso de atrasos de linguagem, existem alguns marcos importantes: entre 0 e 3 meses a criança faz vocalizações, ou seja, repete vogais e faz sons guturais, depois, começa a fase do balbucio (entre 3 e 6 meses). Entre 6 e 9 meses ela responde, quando chamada, e repete sons para escutá-los. Até os 12 meses ela já é capaz de compreender algumas palavras simples e ordens, como “bater palmas”. As primeiras palavras, de fato, surgem entre 1 ano e 1 ano e meio. Até os 2 ela consegue falar frases simples. Posteriormente, cada dia é um salto na linguagem e a criança passa a se expressar cada vez melhor.

 

Atrasos no desenvolvimento das ‘fases” citados acima podem indicar algum tipo de alteração na linguagem. “Essas alterações podem ser causadas por diversos motivos, como problemas auditivos, otites, falta de estímulos adequados ou limitações cognitivas, entre outros”, explica a fonoaudióloga. Entre alguns dos problemas de fala, é possível destacar três deles:

 

1 – Problemas auditivos

O bebê que não reage a sons fortes, com palmas, e que depois, já maior, não responde a fala dos pais, não atende quando é chamado pelo nome ou ouve frases simples; que não imita sons e palavras pode ter problemas auditivos. “Se as primeiras palavras não se desenvolvem, a fala da criança é difícil de entender, ela substitui e omite determinados sons e sempre parece agitada e inquieta, tais sinais podem indicar que há alterações auditivas”, explica a especialista do CEMA.

 

2 – Gagueira

Acredita-se que algumas crianças já trazem em seu código genético a tendência para gaguejar e, nesses casos, elas não recuperam espontaneamente a fala na primeira infância. Precisam sempre ser avaliadas por um fonoaudiólogo para identificar o problema e tratá-lo corretamente.

 

3 – Língua presa

Bebês que têm dificuldade de sucção na amamentação, em colocar a língua para fora, ou que tem língua em forma de coração, que ficam com fome depois de mamar, podem ter língua presa. “Algumas dessas crianças não conseguem ganhar peso ou crescer adequadamente por esse motivo”, detalha Thaís. Nesse caso, segundo ela, o pediatra ou o fonoaudiólogo podem fazer esse diagnóstico.

 

Caso os pais identifiquem alguns desses sinais, é importante marcar uma consulta com um profissional para identificar o problema e começar o tratamento, se necessário. Além disso, o desenvolvimento da linguagem carece sempre de estímulos, que devem ser feitos, diariamente, pelos pais e/ou cuidadores das crianças. Conversar, ler em voz alta para elas, cantar, brincar de faz de conta e estimular os cinco sentidos dos pequenos são excelentes formas de desenvolver a fala. “Os pais são mediadores do mundo para a criança, e isso também no que diz respeito à linguagem”, finaliza a especialista.

 

Texto:

Instituto CEMA, acesse: http://www.cemahospital.com.br / Agência NB – (11) 5051-2078 | 5051-1426

Imagem: http://www.tudoparaboneca.com.br/blog?single=Como-estimular-a-fala-da-crianca

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#Crianças#dicas#fala#fonoaudióloga#Hospital CEMA#problemas de fala#terapia#Thaís Palazzi

Dividindo minha agenda dos profissionais que me acompanham

Dividindo minha agenda dos profissionais que me acompanham

Muitas leitoras me perguntam quais as profissionais que frequento, indico e confio! Bom, não sou muito de ficar mudando não… adoro criar vinculo com pessoas e também prestadores de serviços, isso acaba me dando uma segurança! Mesmo tendo passado quase que minha vida toda em Araçatuba, frequentávamos muito São Paulo, desde pequena!  E claro que, tem coisas que não encontramos aqui no interior. Aqui vai minha lista dessas duas cidades:

 

 

BlogAskmi1

 

Massagens: Realmente é algo que não abro mão! É meu momento de relaxar, cuidar de mim e isso me faz muito bem! Em Araçatuba faço drenagem linfática duas vezes na semana na Doni do salão Wanda Arjona ( 18 3622 4326) e também relaxante com pedras quentes na Bruna ( academia Corpore- 18 99734 9259) , ambas são incríveis!!! De morrer de tão bom!  Quando estou em São Paulo ligo correndo para a Esmeralda, a melhor drenagem que já fiz na vida: 11 99702 5855… ela entende tudo de gestantes, uma super dica! Quando quero um shiatsu ou um SPA Day, gosto do novíssimo Aigai.

Acumputura e Osteopatia: Faz tempo que não faço mas adoro a sessão de acupuntura do Massaite (não tenho certeza se é assim que se escreve) em São Paulo ( 11 3845 1110 ) e aqui em Araçatuba comecei a fazer Osteopatia pois tenho uma dor enorme no cóccix e estou adorando ( Renan Massarenti– 18 9 8125 1025).

Terapia Corporal: Aqui em Araçatuba tem uma “joia rara”, uma profissional tão completa, difícil de encontrar hoje em dia! Sou tão fã do trabalho da Vivi Tuppy que fica até difícil escrever! Ela é simplesmente tudooo e consegue unir métodos como osteopatia, quiropaxia, relaxamento em uma sessão, além das conversas profundas… tudo para alinhar melhor o corpo, ajudando em tratamentos de dores físicas e da alma! Amo de paixão! Vou pelo menos uma vez por mês. ( 18 3622 7053)

Personal: Depois que conheci o Flavinho (18 98153 8282), há mais de 7 anos atrás minha vida mudou e claro, meu corpo também! Mas ele só atende aqui em Araçatuba! Sabe aquela pessoa que faz você ter vontade de treinar? É ele! Flavinho, você é o cara! Sou fã!

 

 

Close up of a hair dyeing.

 

No quesito cabelo, não abro mão das luzes da Wilma em São Paulo, que me atende desde os 17 anos! Ela tem um método antigo- de fazer fio a fio- deixando o cabelo muitooo natural. Realmente luzes igual dela eu não conheço ( 11 3044 1800 08 11 3842 1269). Também gosto muito das luzes do João Bosco do salão do Marcos Proença da Vila Nova.

Já para penteados e maquiagem quando estou em São Paulo faço com o Gil Scawia ( 11 9 4839 0842)! Ele é muitoo bom! Também gosto muito do salão Marcos Proença ( cabelo com João Bosco ou Proença e maquiagem com Allan Jhonnes ou Nadia Tambasco). Em Araçatuba frequento quase que diariamente ( amooo um salão) a Wanda Arjona: faço hidratação Kerastase a cada 15 dias com Pri ou Lili, maquiagem com a Lívia, penteado com Wanda, escova com Silas e sobrancelha com a Fer ( 18 3622 4326). Aqui na cidade também sou fã da maquiagem do Alexandre Cintra e dos penteados da Marcia, ambos do salão Carlos e Cleusa ( 18 3623-3996). eles são perfeitos! Já a depilação faço com a Rose, melhor que já vi na vida ( 18 9 9607 4545).

Recentemente descobri a Dra Ana Carina Junqueira Bertin e estou maravilhada! Ela é dermatologista, discípula da Dra Adriana Vilarinho (que dispensa apresentações) e hoje é  a maior autoridade em cabelo do Brasil. Teve toda sua pós nesta área no melhor centro do mundo- EUA! Se vc tem queda, cabelo oleoso, falhas, quer engrossar os fios, está com fios brancos, não deixe de agendar uma consulta! Ela também é ótima em rosto e dicas dos melhores produtos manipulados que existe! ( 11 3884 6002).

 

BlogAskmi3

 

Agora, vou falar das minhas 3 dermatologistas! Mas Mi, 3? Sim meninas! AMO tanto todas que não abro mão de nenhuma delas, cada uma com sua especialidade! Aqui em Araçatuba eu vou sempre  na Dra Vivian Villela que entende tudo do assunto além de ter todos os laisers queridinhos, sempre com novidades. Procuro fazer esses tratamentos a laser aqui para facilitar e também poder fazer semanalmente. ( 18 3622-6199). Ahhh, a Vivian também é responsável por fazer BOTOX na minha testa! O que??? Yes meninas, tenho 34 anos e claro que as linhas de expressão já estão aí..alias há um bom tempinho!rs  Faço na região da testa mas em pouca quantidade, não gosto de ficar sem movimentar, acho muito artificial. A  “mão” dela é perfeita e os valores bem justos.

 

Em São Paulo me divido entre a Dra Clarissa e Patricia Rittes  (11 2507-4302) bem como a minha musa linda e madrinha de casamento, Dra Adriana Vilarinho ( 11 3886-9999). As duas são incríveis! Gosto de ir na Dra Clarissa para lasers que aqui em Araçatuba não tem, trocar ideias de produtinhos novos já que ela é mega antenada e formulas que só ela sabe prescrever!  Já a Adriana é maravilhosa para tudo, especialmente cuidar de manchas, pintas, acne, estrias, dar dicas de vitaminas para unha, cabelo e colágeno, além de ter um dos melhores preços para lasers de São Paulo.  Uma complementa a outra… ao menos para mim! Ahh o botox da Dra Patricia é perfeito.

 

Já falando em esteticistas, sou apaixonada pela Roseli Siqueira e seus produtos! Nossa, é uma das coisas que mais sinto falta morando aqui em Araçatuba! Minha pele mudou depois que comecei a frequentar a clinica da Roseli. Uso diariamente seus produtos.

Aqui em Araçatuba eu vou semanalmente na Isabela Andrade (18 3305.5838.) ! Adoroooo, ainda mais que agora ela trouxe para a cidade a massagem facial e corporal Miracle Touch- método Renata França! Gente, a do rosto é muitoooo maravilhosa! Uma semana faço radiofrequência na face para melhorar colágeno e na outra faço a miracle touch facial. E, a cada 2 meses, faço limpeza de pele! Super indico!

 

BlogAskmi4

 

Para finalizar, manicures!! Nossa, como amooooo fazer pé e mão! Aqui em Araçatuba eu faço semanalmente no salão Wanda Arjona a mão com a Erikinha ( melhor da cidade, mega disputada e uma fofaaaaaa) e o pé com a Lu. Já em São Paulo, o único lugar que acertei foi no Lilac Nails no Itaim Bibi (11 3078-7970)

 

Ufaaaa, que post longooooo! Jesuis! Bom, em um outro post, mais para frente, vou falar dos meus médicos (com exceção dos dermatologistas que acabei já adiantando aqui). Ótimo final de semana para vocês!

 

Fotos: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cabelo#cuidados#dermatologia#dicas#luzes#manicure#massagem#pedicure#pele#personal#profissionais#terapia#tratamento