DESINTOXICAR A PELE E COMO FAZER!

DESINTOXICAR A PELE E COMO FAZER!

O estresse, poluição, maus hábitos alimentares e a falta de cuidados diários com a pele podem fazer com que ela sofra com inflamações, manchas, oleosidade excessiva e rugas precoces. Mas aqui vai uma coisa que ninguém conta: o detox facial é o segredo da beleza!

De acordo com a dermatologista especialista em cosmiatria, Dra. Luciana Garbelini, desintoxicar a pele é um step de cuidado super importante para mantê-la saudável, principalmente após os 30 anos. “O detox facial é capaz de remover impurezas que impedem a pele de ter aquele aspecto saudável, além de combater os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e liberar toxinas”, explica a profissional.

Para entender como inserir uma rotina detox no dia a dia, a especialista lista os principais cuidados a serem tomados. Confira!

COMO DESINTOXICAR A PELE?

  1. Faça esfoliações

“A esfoliação é um dos principais passos do detox facial. Esse cuidado é capaz de renová-la e limpá-la, evitando cravos, espinhas e reduzindo manchas. Com a esfoliação a pele ficará livre das células mortas e com a oleosidade mais controlada. O ideal é fazer pelo menos duas vezes por semana”, recomenda Garbelini.

  1. Aplique máscaras de argila

“Quando o assunto é detox, as máscaras faciais de argila são as mais indicadas. Por terem propriedades antioxidantes e antissépticas, são capazes de varrer as sujidades do rosto e desobstruir os poros, trazendo aquela sensação de frescor imediata”, explica a dermatologista e completa, “por ser um mineral fino, com alta capacidade de penetração na pele, a argila também é uma forte aliada na hidratação da pele madura, além de intensificar a renovação celular das camadas superficiais da pele e aumentar a elasticidade.” A recomendação da profissional é que as máscaras faciais de argila sejam aplicadas a cada 15 dias, esse tempo permite que a pele respire e se renove.

  1. Beba mais água

Os cuidados para um detox da pele não se resumem à aplicação de dermocosméticos, Garbelini explica. “Ingerir líquidos previne uma possível secura da pele e ajuda nosso corpo a eliminar muitas toxinas, por isso, é indispensável manter-se hidratado para ter uma pele iluminada e saudável”. Para isso, a especialista indica consumir cerca de 2 litros de água por dia. Sucos naturais e chás também podem ser consumidos para alcançar a recomendação diária.

 

Fonte: dermatologista especialista em cosmiatria, Dra. Luciana Garbelini e Catarina Armelin | bcbiz atarina.armelin@bcbiz.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#antioxidantes#antissépticas#Beba mais água#cuidados#dermatologista#detox da pele#dicas#máscaras de argila#pele#skincare

Queimadura de sol, dermatologista explica o que fazer!

Queimadura de sol, dermatologista explica o que fazer!

A queimadura solar é caracterizada por uma inflamação que pode apresentar-se como mancha avermelhada ou mesmo bolhas no local acometido. Seus sintomas são dor, queimação, ardência, pinicamento, mudança de textura da pele e, às vezes, bolhas. O aparecimento delas está ligado à profundidade e à gravidade da queimadura.

Dra. Maria Paula Del Nero da Sociedade Brasileira de Dermatologia explica que as queimaduras de sol são classificadas em três graus: queimaduras de sol de primeiro grau- atingem a camada mais superficial da pele (a epiderme); quando ocorrem, causam avermelhamento (mancha escura). Queimaduras de sol de segundo grau – atingem a epiderme e parte da derme mais profunda. É comum que a pessoa sinta dor, tenha inchaço e que forme quase bolha ou bolha superficial. E as queimaduras de sol de terceiro grau- atingem a camada mais profunda da pele. Esse caso é o mais grave com formação de bolhas e exigem tratamento/cuidados médicos especiais.

Dra. Maria Paula elenca o que fazer nos casos de queimadura de primeiro e segundo grau:

1-Lave a pele com água mais fresca;

2- Borrife água termal ou faça compressa com chá de camomila gelado;

3- Aplique cremes calmantes indicados por seu dermatologista.” Prefiro cremes que tirem o vermelhão e a ardência mas que não são corticoide.” Completa a médica.

4-Aplique cremes cicatrizantes (também indicados por dermatologista) para evitar que se forme bolhas;

5-Use um filtro solar mais potente e lembre-se de reaplicar se for se expor novamente ao sol;

6- Comecei a descascar?! A dermatologista indica não puxar a pele solta! “A troca da superfície danificada por uma nova é mais sensível e deve ocorrer de forma natural para evitar marcas”, explica. Esfolie a região levemente até duas vezes por semana e capriche na hidratação do corpo.
Fonte: Michelly Update Comunicação (michelly@updatecomunicacao.com.br) / Dra. Maria Paula Del Nero da Sociedade Brasileira de Dermatologia
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cuidados#dermatologia#dermatologista#dicas#pele#Queimadura de sol#sol#verão

Saiba como realizar tratamentos noturnos!

Saiba como realizar tratamentos noturnos!

O dia de beleza pode ser a noite de beleza, ainda mais quando não sobra tempo para se cuidar ao longo do dia. A Vanessa Paez, esteticista que atende pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, preparou algumas dicas de tratamento noturno para a pele e cabelo, que são práticos para fazer em casa. Confira:

Hidratação noturna para o cabelo

Para o cabelo, recomendo o uso do óleo de oliva, de rícino ou mel. O ideal é misturar uma colher de sopa do óleo de um desses ingredientes para um pote de condicionador ou creme hidratante capilar de 200 ml. Aplique no cabelo do meio à pontas e deixe agir por 15 minutos. Depois, é só enxaguar sem deixar resíduos.

Existem muitas hidratações que podem ser aplicadas a noite, mas é preciso se atentar qual é o mais indicado para o seu tipo de cabelo. Tem uma dica infalível e que serve para todos os tipos de cabelo, além de ser possível fazer em casa. Veja como fazer:

Você vai precisar de babosa ou dois quiabos, óleo de coco e um creme de hidratação (pode ser o que você já está acostumada). Corte o quiabo ou babosa e coloque em uma tigela. Acrescente duas colheres (sopa) de água, misture bem e depois inclua também uma colher de creme de hidratação. Aplique no cabelo, da raíz às pontas, e deixe agir por 15 minutos. Depois, é só enxaguar sem deixar resíduos e procure utilizar água morna ou fria.

Hidratação noturna para a pele

A pele também precisa de cuidados e, com a chegada do inverno, é importante ficar atenta ao ressecamento que é mais propício nesta época do ano. Para a hidratação noturna na pele, recomendo o uso de borra de café (que você pode reutilizar depois que o café for coado), iogurte natural (sem sabor) e mel. Misture um pouco desses ingredientes em um recipiente. Após o banho, aplique em todo o corpo, massageie por cinco minutos e depois enxague bem. Para finalizar, você pode usar um creme hidratante corporal.

Para as partes mais rígidas do corpo, como joelhos, cotovelos, pescoço e pés, use cremes esfoliantes. Para o rosto, recomendo uma limpeza com água micelar e depois a aplicação de um creme hidratante de acordo com a sua idade. Para o corpo, utilize o creme hidratante corporal de costume e misture algumas gotas de óleo de amêndoas para massagear a pele.

De maneira geral, a pele fica exposta às mudanças climáticas, independente da idade. Além disso, o aspecto da pele acaba sendo um reflexo do que nos alimentamos, por isso é importante ficar atento a isso. Hidratar a pele também é tomar a quantidade de água diária recomendada e se alimentar de maneira saudável.

Auxilio texto: Luana Ferreira (luana.ferreira@falacriativa.com.br) / Vanessa Paez, esteticista que atende pelo GetNinjas

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cabelo#Hidratação noturna para a pele#pele#skincare#tratamentos noturnos

Na era do skincare, aprenda a melhor forma de cuidar de cada tipo de pele!

Na era do skincare, aprenda a melhor forma de cuidar de cada tipo de pele!

Ao longo dos últimos anos, foi possível observar um crescimento exponencial no interesse por cuidados com a pele além da maquiagem diária. O skincare, como é popularmente conhecido, tornou-se um dos temas mais procurados no Google, com crescimento crescente entre durante o ano de 2019¹. Cada vez mais influenciadores digitais têm produzido conteúdo sobre o assunto, principalmente resenhas sobre os produtos mais famosos, assim influenciando as compras de milhares de pessoas.

Mas para escolher os produtos de maneira adequada, é necessário visitar um dermatologista e conhecer as características da sua pele. Uma pele considerada sensível, por exemplo, necessita de cuidados diferentes de uma pele oleosa. Abaixo a Dra. Paula Ferreira, médica dermatologista e consultora da Libbs, compartilha as melhores dicas de skincare para cada tipo de pele.

Pele oleosa: ao contrário do que muitos pensam, a pele oleosa também necessita de hidratação. Temos dois tipos de gordura na pele: a das glândulas sebáceas, que é líquida e dá o aspecto de pele oleosa; e a do cimento celular, que tem consistência de cera e fica entre as células da camada mais externa da pele, atuando como uma capa protetora. Durante a limpeza diária, o sabonete e a água quente não diferenciam esses tipos de gordura e acabam retirando a gordura protetora da pele também. Portanto, é importante escolher produtos específicos para a pele oleosa a fim de evitar seu ressecamento e qualquer outro efeito indesejado. Os hidratantes mais recomendados para esse tipo de pele são em loção ou gel-creme.

Pele seca: para esse tipo de pele, é imprescindível redobrar o cuidado na hora da higienização. Recomenda-se lavar o rosto apenas com água fria e utilizar o mínimo de sabonete possível. Para garantir que a pele fique limpa, uma boa dica é retirar a maquiagem e outras impurezas com água micelar antes de lavar a pele. Não se esqueça: a hidratação a base de cremes e loções é obrigatória!

Pele mista: a pele mista é um meio termo entre oleosa e seca. Sua principal característica é a oleosidade em pontos específicos como a testa, o nariz e o queixo, região conhecida como “zona T”. Os produtos mais indicados para essa pele são de textura creme-gel, pois hidratam sem deixar a pele mais oleosa. Dica: ao lavar pela manhã, use água fria e sabonete apenas na zona T.

Pele sensível: a pele sensível é aquela que apresenta reações à certos tipos de produtos tópicos e também a fatores externos como vento frio, fontes de calor e até mesmo fortes emoções como estresse. Essa pele apresenta coceira, descamação e ardência com mais facilidade. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados extras: lave a pele com sabonetes pouco abrasivos, de preferência os líquidos, e sempre com água fria ou morna; opte por utilizar hidratantes calmantes, sem álcool, conservantes fortes e perfumes em sua composição.

Para saber se a sua pele é sensível, acesse o blog de dermatologia da Libbs, em http://cutt.ly/t d emDP0 , e faça o teste. Lá você encontra dicas ainda mais completas para esse tipo de pele!

“Fora os cuidados como limpeza e hidratação, não podemos esquecer nunca do uso de filtro solar, para todas as peles. Mesmo em casa no inverno, pois os raios ultravioletas do tipo A ultrapassam as janelas e atingem a pele, podendo ser prejudiciais”, alerta a Dra. Paula.
Auxilio texto: Gabrielle Cohen (gcohen@webershandwick.com) / Dra. Paula Ferreira, médica dermatologista e consultora da Libbs
Imagem: https://vozdabahia.com.br/skincare-o-que-e-como-fazer-e-truques-para-cuidar-da-pele/
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cuidados#dicas#pele#skincare

Mapa da Acne: entenda o que significam em cada região do rosto!

Mapa da Acne: entenda o que significam em cada região do rosto!

Na adolescência ou na fase adulta, o aparecimento de cravos e espinhas é um problema que afeta homens e mulheres de todos os estilos de vida. Por isso é importante entender um pouco sobre o que pode influenciar no aparecimento deles em nosso rosto.

“Acnes podem ser sinais que o seu corpo envia para você se cuidar mais”, completa Luzia Costa, fundadora e especialista da Sóbrancelhas.

Confira abaixo o significado de espinhas em cada área do seu rosto:

Testa: Área que possui maior concentração de glândulas sebáceas e também o contato com cosméticos como shampoos e condicionadores, pode influenciar no aparecimento da acne.

Queixo: O aparecimento da acne está relacionado, em sua maioria, com alterações hormonais.

Nariz: Existe uma predisposição para o surgimento de cravos e espinhas. Mas os índices de vitamina B podem estar baixos também.

Bochechas: A acne que surge nesta região pode estar relacionada com um alto consumo de açúcar. Essa área também está conectada aos seus pulmões, fique atento.

Entre as sobrancelhas: Este aparecimento pode apontar que sua dieta não é saudável e baseada principalmente em alimentos gordurosos.

Ao redor dos olhos: área ligada aos seus rins, portanto qualquer alteração, pode significar falta de hidratação no organismo.

Têmporas e sobrancelhas: pode ser agravada por resquícios de produtos na pele ou maquiagem, por isso é importante a remoção correta desses produtos sempre.

Lábios: Prisão de ventre e excesso de alimentos fritos e apimentados podem causar a presença de acne neste local.

Para acompanhamento, visite seu dermatologista e faça o acompanhamento do tratamento.
Auxilio texto: Mariana Campanari (mariana.campanari@grupocetro.com.br) / Luzia Costa, fundadora e especialista da Sóbrancelhas
Imagem: https://www.folhavitoria.com.br/saude/noticia/05/2020/mapa-da-acne-entenda-o-que-significam-em-cada-regiao-do-rosto
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#acne#dicas#pele#skincare