Celebrando 10 anos de casamento!

Celebrando 10 anos de casamento!

Este ano comemoro 10 anos de casada!!! Gente, como o tempo passa, meu Deus!!! Nossa festa de casamento, realizada em 2009, contou com 2 noivas e dois noivos! Yessss, a Mariah, minha irmã mais nova, casou comigo!!!

 

Foi lindoooo, sempre falo disso nas minhas Mídias Sociais, um momento super especial de nossas vidas!!!  Massss, nessa comemoração de dez anos, optei por algo bemmmmm íntimo: eu, meu marido e nossa filha!!!! Comecei a planejar no começo deste ano e fiquei super na dúvida em onde fazer!!!

 

Como queríamos algo bem intimista e somente nós 3, pensei em fazermos fora do país! Na mesma hora veio PORTUGAL em minha cabeça!! Aiiii como amo a “terrinha”. Santo Antonio tem um lugar especial em meu coração, desde menina fui devota à ele!!! Como Lisboa é onde esse Santo nasceu, tudo começou a fazer sentido para mim (quanto a escolha do lugar).

 

Entrei em contato com a empresa (que era meu sonho fazer alguma coisa) @tuscanyblue da super top JULIANA MAMED!!! A Juliana organizou cada detalhe: igreja, padre, coral, empresa para fazer fotos/vídeo, flores, buque  e ainda cabelo e make!!!

 

Reservamos a igreja de Santo Antonio em Estoril, cidade ao lado de Cascais onde estávamos hospedados. Vocês não imaginam a beleza da igreja…. um dos altares mais lindos que já vi na vida!!!

 

A @tuscanyblue realiza os casamentos mais lindos na Europa, de verdade!!! Ela pensa em cada detalhe, nos horários e até como estará a luz no dia! Fiquei impressionada!!!! A Juliana me indicou a empresa @nuvemlifestyle da querida jornalista Raquel e do fotógrafo Bruno Barata (@brunobarata_fotografia). Eles foram os responsáveis pelas imagens (inclusive aéreas) e a elaboração de uma “revista” impressa do grande dia para os noivos!!! Um sonho o trabalho deles, super recomendo!!!

 

Meu vestido e da Vivi ficaram por conta da @petitcherieoficial , marca que nos acompanha há bastante tempo!!! Ameiiii, ficou do jeito que imaginávamos! Confiram os cliques:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: @brunobarata_fotografia e @nuvemlifestye

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#10 anos#Casamento#Marina#Marina Xandó#Portugal#renovação de votos

A importância da educação financeira na infância!

A importância da educação financeira na infância!

Aqui em casa, desde quando a Vivi tinha apenas 2 aninhos, já começamos a falar e trabalhar encima desse assunto. Uns acharam exagero e outros apoiaram. O fato é que, hoje a Vivi tem 8 anos, e se comporta muito bem em relação à sua mesada, fazendo até planejamentos a médio e longo prazo. Li p artigo abaixo e quero dividir com vocês, mamães!

 

 

Para quem acompanha os números do mercado, não há como negar: a ausência de uma educação financeira para as gerações anteriores foi bastante maléfica. Dados da Associação de Educação Financeira do Brasil -AEF-Brasil- revelam que existem hoje mais de 60 milhões de brasileiros com o nome negativado e um superendividamento dos aposentados, consequência de uma geração que não teve acesso e também pouco debatia temas que envolviam planejamento e organização familiar. Não por acaso o tema passou a conquistar destaque nos últimos anos, principalmente entre as escolas a partir de 2017, quando educação financeira foi incluída na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e ensino fundamental.

 

Por isso, até o início do ano letivo de 2020, as instituições de ensino precisam adequar os currículos e propostas pedagógicas, incorporando a educação financeira como uma disciplina transversal. Para entender o que há por trás desse conceito, vale salientar que ensinar finanças é ir muito além de guiá-los nas contas de adição e subtração na hora de receber o troco na padaria, mas sim, de maneira mais macro, compreender a importância dos números e saber contextualizar as informações, aplicando os conceitos no que concerne os juros e porcentagens, por exemplo. Por isso é importante dentro ambiente escolar criar situações que representem o mundo real, desenvolvendo métodos para que a educação vá além de se relacionar com a matemática, trafegando também por todas as áreas do conhecimento.

 

O tema já é recorrente em outros países e na Maple Bear é trabalhado a partir da Metodologia Canadense, que aborda as situações por meio de atividades, como jogos e brincadeiras, além de atividades extraclasses. É uma forma de engajar a partir de experimentações e descobertas, estimulando o raciocínio crítico e fazendo com que os estudantes entendam o conceito de valor na prática, mas em um ambiente controlado. Desta forma, a escola fomenta a criatividade, a autonomia e a capacidade de autoaprendizagem crítica de novos saberes, desenvolvendo habilidades.

 

A educação financeira, vista da ótica de integradora, é primordial na medida em que o dinheiro está inserido em praticamente todos os aspectos do cotidiano. Aprender a trabalhar com valores desde a primeira infância faz com que as crianças desenvolvam um maior senso de responsabilidade, e se tornem adultos que, mais do que saber como fazer a gestão financeira, também vão utilizar os recursos de forma inteligente. É válido também acrescentar que a educação tem um efeito multiplicador, uma vez que os estudantes, ao compartilharem com os pais os conhecimentos adquiridos em sala de aula, replicam e transferem para eles as noções adquiridas nos diferentes contextos, ensinando-os como se comportar diante das mais variadas condições encontradas no cotidiano.

 

Artigo: Peter Albert Visser é diretor acadêmico da Maple Bear Brasil. Graduado pela Universidade de Waterloo, possui também mestrado em educação  pela universidade de Ottawa.

Imagem: Site Escola Prisma

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dinheiro#educação financeira#Marina Xandó

Receitinha do dia: Salmão ao Molho Agridoce!

Receitinha do dia: Salmão ao Molho Agridoce!

Adoro a quinta-feira, pois sei que o fim-de-semana está chegando rsrsrs! Separei uma receita que quero dividir com vocês! Dá só uma olhada nesse prato maravilhoso, saudável e que cabe no seu bolso.

 

Salmão ao Molho Agridoce

 

 

Ingredientes:

Molho:

  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de saquê
  • 1 colher (sopa) de molho de soja
  • Meia colher (chá) de gengibre fresco ralado

Salmão:

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola média cortada em gomos
  • 1 cebola média roxa cortada em gomos
  • Sal a gosto
  • 1 embalagem de Filé de Salmão ao Natural Gomes da Costa (125g)

Modo de Preparo:

Molho:

  • Numa panela pequena junte o açúcar, o saquê, o molho de soja e o gengibre. Cozinhe em fogo baixo até ferver ou até o açúcar se dissolver por completo. Reserve.

Salmão:

  • Numa frigideira aqueça o azeite e refogue as cebolas até ficarem ligeiramente douradas. Tempere com sal.
  • Faça um berço com as cebolas e acomode a posta de Salmão Gomes da Costa. Tampe a frigideira e mantenha no fogo até aquecer o salmão.
  • Sirva com o molho reservado.

DICA DE CHEF

Se necessário acrescente 2 colheres (sopa) de água ao refogado de cebola para que se forme um molho.

 

Auxilio texto: Gabriel, assessor de imprensa da Gomes da Costa. 

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dica#dica do dia#Marina Xandó#receita#salmão

Por que você não deve utilizar qualquer sabonete no rosto?

Por que você não deve utilizar qualquer sabonete no rosto?

Você sabe o que é filme hidrolipídico? É a mistura entre lipídeos, cerâmicas e líquidos, que juntos formam uma camada de proteção na pele do nosso rosto, nos protegendo contra microrganismos e auxiliando na preservação da água da camada córnea, o que mantém a hidratação. A pele do rosto costuma ser mais sensível que a de outras regiões do corpo, por isso requer alguns cuidados quando falamos da sua limpeza.

 

 

A grande maioria não sabe, mas o sabonete comum, quando utilizado para limpeza do rosto pode deixá-lo desprotegido e até irritado. “Quando utilizamos o sabonete em barra comum – que normalmente possui fórmula um pouco mais agressiva – para a limpeza do nosso rosto, o filme hidrolipídico acaba ficando comprometido, o que deixa a pele mais sensível e desprotegida, podendo causar sensibilidade e até irritações”, explica a esteticista Ângela Coelho.

 

Segundo a esteticista, em peles oleosas, por exemplo, essa limpeza inadequada pode causar um efeito rebote e aumentar a produção de sedo, o que propicia o surgimento de acnes e a obstrução dos poros. Já nas peles secas, a perda da proteção deixa a pele ainda mais ressecada e pode levar ao aparecimento de linhas de expressão. Além disso, o PH da pele do nosso rosto é diferente do resto do corpo, o que faz com que precise de ainda mais cuidado.

 

A limpeza correta do nosso rosto faz com que a nossa pele se mantenha bonita e saudável. O primeiro passo para evitar esse tipo de problema é escolher o sabonete ideal para o seu tipo de pele, que vai atender adequadamente as suas necessidades. “Na dúvida sobre o seu tipo de pele e em quais produtos investir, invista em um sabonete com PH neutro – pode ser sabonete de bebê, que na embalagem esteja identificado como PH Neutro, PH 7 ou PH balanceado – , pois esse PH é compatível com a pele do rosto”, completa.

 

Além do sabonete, existem algumas dicas e produtos que vão auxiliar no cuidado com o rosto. Use tônicos e hidratantes, mesmo tendo a pele oleosa; todas precisam de hidratação. Evite colocar a mão no rosto, ela costuma estar cheia de micro-organismos que podem contaminar a pele. Procure produtos com fórmulas livres de parabenos, álcool e corantes. E lembre-se: a hidratação da pele ocorre principalmente de dentro para fora, então tomar água é essencial para que os cremes hidratantes façam o efeito de criar uma barreira na pele que impede a perda de água excessiva.

 

Sabonetes e os tipos de pele

Pele normal: É a pele equilibrada, então um sabonete suave com propriedades hidratantes é o suficiente. Ativos como Aloe Vera, Extrato de Calêndula, Extrato de Ginseng, Extrato de Maracujá e Argila branca são ótimos para esse tipo de pele.

Pele oleosa: É uma pele que possui um desequilíbrio na glândula sebácea e na glândula sudorípara, o que causa uma maior produção de óleo e de água. Apesar de oleosa, ela pode apresentar algumas zonas de ressecamento. Nessas áreas, o sabonete não deve ser usado, já que ele possui propriedades secativas. Produtos com ácido salicílico, erva doce, melaleuca, hamamelis e argila verde são boas opções e possuem ação sebo reguladora.

Pele seca: É uma pele que possui um desequilíbrio na glândula sebácea e na glândula sudorípara, e, diferente da pele oleosa, a seca tem pouca produção de óleo e de água. O ideal aqui é usar sabonetes que tenham ativos com propriedades hidratantes, como: Extrato de Aveia, Extrato de Melissa, Óleo de Framboesa e Argila amarela.

Pele Mista: Este tipo de pele possui regiões com maior produção de lipídeos (normalmente na zona T), e alterna regiões secas e normais. Sabonetes com ativos como Extrato de hortelã e extrato de alecrim são excelentes opções.

*Peles Masculinas: Os ativos são os mesmos, porém usados em concentrações diferentes, já que a pele dos homens geralmente tem maior produção de sebo e costuma ser mais resistente.

 

Auxilio texto: Bruna Bozza (bruna.bozza@reversacomunicacao.com.br) e esteticista Ângela Coelho.

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#cuidados#dicas#Marina Xandó#pele#sabonete

Dicas para planejar a viagem de férias de final do ano com economia de 30%!

Dicas para planejar a viagem de férias de final do ano com economia de 30%!

Faltam menos de 3 meses para o final do ano e muitos brasileiros já estão planejando as festas de natal e reveillon. Para quem quer viajar, comprar com antecedência é uma das principais dicas para conseguir passagens e pacotes mais baratos. O fim do ano é considerado alta temporada e, portanto, uma das épocas mais caras para viajar. Porém, com planejamento e ajuda da tecnologia é possível realizar uma viagem com ótimo custo-benefício.

 

Para economizar é preciso levar em conta, além da temporada, o destino e o deslocamento. De acordo com o buscador de passagens TurismoCity (www.turismocity.com.br), plataforma que reúne, compara e envia em primeira mão aos usuários voos disponíveis e passagens aéreas promocionais para diversos destinos, comprar com antecedência pode garantir uma boa economia.

 

“Para destinos nacionais, comprar com antecedência de aproximadamente 2 meses da data é uma maneira de encontrar passagens com preços mais baratos. Usar buscador de voos e personalizar alarmes de buscas também são dicas importantes para encontrar preços baixos. O TurismoCity, por exemplo, atua por meio de inteligência artificial e permite que os viajantes tenham uma economia de 30%”, explica comenta Paula Rebouças, country manager da empresa.

 

 

A especialista listou 3 dicas para quem está planejando uma viagem no final do ano. Confira:

Limpe os cookies do PC e troque de navegador

Quando estiver pesquisando uma passagem é possível notar que quanto mais procuramos, mais promoções, anúncios e até e-mail marketing começamos a receber. Isto acontece por conta dos cookies, arquivos temporários que ficam no computador a cada busca feita de passagem ou qualquer outra busca. Para conseguir passagens mais atrativas, uma dica é limpar estes arquivos do navegador antes das buscas. Outra opção é utilizar uma nova janela oculta do navegador, que mostrará uma busca inédita, sem levar em conta o seu histórico nas redes.

Utilize comparadores de preços

Preços no final do ano podem subir mais de 15%. Antes de comprar uma passagem, uma dica de economia é usar um buscador de voos para comparar os preços disponíveis no mercado.  O Turismocity, por exemplo, reúne, compara e envia em primeira mão aos usuários voos disponíveis e passagens aéreas promocionais para diversos destinos. Também ajuda os usuários a decidir quando e para onde viajar, além de criar alertas para um destino específico e faixa de preço. Usuários cadastrados no site recebem ainda as ofertas mais relevantes para o seu perfil em seu e-mail. Ao escolher a promoção, o usuário é direcionado para o site do parceiro onde realiza a compra diretamente.

Consulte as datas com antecedência

O ideal é sempre fazer uma pesquisa com base no seu destino. Por exemplo, viajar no verão para o nordeste é mais caro do que no inverno. Uma dica é verificar as possíveis datas que podem deixar as viagens mais baratas. Até mesmo em feriados prolongados, por exemplo, é possível encontrar boas opções se a consulta for feita antecipadamente. Essa pesquisa pode ser feita de um a dois meses antes da data prevista, para se certificar das oscilações dos valores na semana que está viajando e também o mês.

Auxilio texto: Paula Rebouças, country manager da TurismoCity / Mariah de Freitas – Agência NoAr (mariah@comuniquese1.com.br)

Imagem: https://www.conexaosegurosunimed.com.br

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas#férias#final de ano#Marina Xandó#travel#TurismoCity#Viagem#viagens#viajar