Por que o home office é mais difícil para as mães?

Por que o home office é mais difícil para as mães?

home office tem sido apontado como a salvação para muitas empresas. Praticidade, agilidade, economia de tempo e de custos com deslocamento são conceitos geralmente associados ao trabalho remoto. Claro que trabalhar em casa é uma tendência que já vinha sendo discutida há bastante tempo, porém, agora estamos em quarentena e tentando nos dividir entre trabalho, cuidados com os filhos e tarefas de casa.

Com a pandemia, além de dar conta de reuniões e planilhas, nós, mães, preparamos as refeições, limpamos a casa e cuidamos dos filhos. Não só isso: como as aulas presenciais estão suspensas, muitas escolas têm passado atividades para as crianças fazerem em casa, com acompanhamento dos pais. Como não enlouquecer diante de tantas atividades?

Pais, venham com a gente

Quando se trata de nossos filhos, fazemos com amor e muito prazer, mas precisamos dividir as obrigações igualmente entre mães e pais. Em muitas famílias a rotina já é dividida, e é isso é maravilhoso. Mas, infelizmente, não é a realidade de todas as mães e a carga sobre a gente acaba ficando mais pesada.

Recentemente, uma pesquisa sobre home office realizada pela startup Pin People, com 30 mil trabalhadores do Brasil e da América Latina, mostrou que a saúde mental das mulheres está em estado crítico. Segundo os resultados parciais, as mães estão tendo uma experiência de trabalho remoto pior que os pais.

Isso não é justo, né? Ainda temos um longo trabalho de conscientização que precisa ser feito, tanto em relação aos pais, para que tomem para si o real papel de pais; quanto para nós, mães, que temos que desapegar do peso de achar que precisamos dar conta de tudo, porque não precisamos.

Como as empresas podem cuidar das mamães da equipe?

Trazendo esse assunto à tona! Muitos profissionais não entendem a sobrecarga das mães, porque não vivem isso. E aí, exigem horários ou entregas que são simplesmente inalcançáveis, ou pior, questionam a nossa dedicação ao trabalho.

A maternidade não reduz a nossa competência profissional e cabe às empresas, olhar para o nosso dia a dia com uma visão mais humana. Porque uma colaboradora, mãe, que não se sinta acolhida em seu trabalho será infeliz e, provavelmente, procurará um outro lugar que a acolha.

Pensar em modelos de trabalho remoto menos engessados, com foco em metas e não, necessariamente, no cumprimento de horários, pode ser uma alternativa que viabilize o trabalho das mães e não prejudique o seu desempenho profissional. Afinal, nosso local de trabalho teve que mudar com a pandemia, mas nosso compromisso e seriedade com o que fazemos permanecem os mesmos.

O papel da liderança na conscientização sobre maternidade

home office é mais estressante para nós, mas não precisa ser. Ter uma gestão que entenda nossas dificuldades, como temos na Neotix, que está sempre aberta ao diálogo e a negociações, torna o dia a dia mais leve, mais transparente. Os líderes, mesmo que sejam homens, precisam fazer o exercício de se colocar no nosso lugar, porque uma gestão mais humana sempre traz resultados positivos para todo o time.

E para as mamães

Nós, assim como tantas outras mães, estamos trabalhando de casa e enfrentando o desafio de crianças e home office há muitos dias. Cada uma com sua história, uma aprendendo a dividir as tarefas com o marido e a outra em carreira solo, estamos sempre trocando experiências de alegrias e de momentos de desespero que o fato de ser mãe nos proporciona.

E o que já aprendemos com tudo isso? Em primeiro lugar, que não somos supermulheres e que não estamos competindo para ver quem consegue fazer mais coisas durante a quarentena. Acho que o nosso maior desafio está sendo deixar de tratar como prioridade coisas que agora já não fazem mais sentido e cuidar da nossa mente, porque precisamos dela para dar o que temos de melhor para as pessoas mais importantes das nossas vidas, que são nossos filhos.

Então, se pudermos deixar uma mensagem para as mamães que estão nos lendo é: calma, não se cobre tanto agora, logo tudo vai ficar bem e você vai voltar ao seu ritmo.

Simone Cardarelli é mãe do Pedro, de 3 anos. É gerente de projetos da Neotix Transformação Digital, com pós-graduação em Gestão de Projetos.

Thais Mariano é mãe do Antônio, de 2 anos. Formada em Administração de RH e gerente de RH na Neotix Transformação Digital.

Sobre a Neotix Transformação Digital:
http://www.neotix.com.br/

A Neotix Transformação Digital é uma consultoria em focada em UX (User Experience) que cria projetos digitais de ponta a ponta. Com 20 anos de experiência, equipe multidisciplinar e metodologia própria, propõe soluções tecnológicas personalizadas para empresas de diversos setores.

Auxilio texto: Por Simone Cardarelli e Thaís Mariano / Lais Pagoto (lais@informamidia.com.br)

Imagem: https://www.semprefamilia.com.br/trabalho/conciliar-home-office-e-familia-nao-e-tao-facil-mas-nao-e-impossivel/

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#home office#mães

Tendências de escritórios e home offices para 2017!

Tendências de escritórios e home offices para 2017!

Oii meninas, tudo bem??? Semana começando e tenho muitas novidades pra mostrar pra vocês! No post de hoje, quero mostrar as tendências na decoração para escritórios. Sempre fico pesquisando nas férias as tendências para decoração nos mais diversos ambientes e segmentos, adoro! E também como mudei de casa recentemente, quero fazer um “Home Office” bem bacana!

 

Quando se trata de escritório, além de ser estiloso, precisa também ser funcional e organizado, por isso uma das tendências de 2017 que chegou para ficar e que atendem à esses quesitos, é o chamado “Glass Revest”, ou então “revestimento de parede em vidro” um termo utilizado para paredes revestidas com vidros que se tornam painéis e lousas coloridas facilitando na comunicação e organização do ambiente.

 

Apesar do termo ser novo, as lousas de vidro ganharam maior notoriedade em 2015, após grandes marca e empresas as reconhecerem como uma ferramenta extremamente eficiente na comunicação, organização e funcionalidade de toda a empresa. Para trazer modernidade, sofisticação e funcionalidade nos projetos, é preciso usar todos os materiais de arquitetura inovadores disponíveis no mercado.

 

Adoro escrever e isso me ajuda a memorizar as tarefas que tenho que fazer e a me organizar melhor. Quero um “Glass Revest” em casa urgente, rs. A Vivi vai adorar e eu mais ainda! Confiram algumas ideias super bacanas:

 

AskMi1

 

AskMi

 

AskMi2

 

AskMi4

 

AskMi3

 

Fotos: Multpainel

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#decor#Decoração#Glass Revest#home office#tendência#vidro#vidros

Dica de organização: Dymo!

Dica de organização: Dymo!

Quem me acompanha pelo insta (@blogaskmi) já viu que estou fazendo uma viagem diferente com minha família! Aqui está uma delícia e não vejo a hora de mostrar tudo para vocês! Vou aproveitar e tirar 2 semaninhas de férias por aqui para eu poder curtir melhor minha ruiva e toda a família.

 

Mas vocês não vão ficar sem posts não, viu?! Programei posts super interessantes que fizeram muito sucesso na trajetória do ASKMI. O de hoje é imprescindível para quem quer deixar a casa organizada: DYMO!

 

Dica de organização: Dymo

BlogAskMi

 

Hoje tenho uma dica super legal para dividir com vocês:  Dymo! Depois que comecei a usar em casa, não parei mais!! Adoro! Para quem curte organização, a Dymo é uma solução prática e eficiente para deixar todos os ambientes em ordem evitando bagunças na hora de procurar  documentos, fotografias, livros, CD’S, DVD’S, roupas, etc.
Trata-se de um etiquetador  eletrônico, em tamanho compacto e, também, um aparelho portátil projetado para caber na palma de sua mão. A praticidade e facilidade de se imprimir uma etiqueta a qualquer momento, sem ter de trocar o papel da impressora, aguardar para imprimir várias etiquetas juntas e ter a certeza que a mesma não irá desgrudar, ajuda a criar e manter o hábito de organização de gavetas, caixas, envelopes, pastas, álbuns, CDs e demais locais. Suas características  o tornam perfeito e uma ferramenta-chave para melhorar a organização.
Em casa, fiz etiquetas em todas as gavetas, prateleiras e caixas do meu closet e do meu marido, na rouparia e no louceiro. Também etiquetei todas as pastas e caixas do meu escritório.  Vocês  não imaginam como facilitou meu dia a dia e da minha secretária. Fica a dica!
Obs: Você encontra a Dymo nas lojas e site da Kalunga  e também pelo site do amazon.com.

Foto: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#dica de organização#Dymo#home office#Marina Xandó