Descubra porque o jardim vertical caiu no gosto dos brasileiros!

Descubra porque o jardim vertical caiu no gosto dos brasileiros!

A paisagista Nãna Guimarães sempre trabalhou com projetos de jardim vertical, mas nunca tinha visto tanta demanda por esse tipo de projeto como foi no ano passado. “Os pedidos de paisagismo vertical, no meu escritório, aumentaram 50% em relação a 2019 e 2021 já começou seguindo esse mesmo ritmo. Janeiro, por exemplo, que é um mês que damos férias coletivas aos nossos colaboradores, porque é um período normalmente mais tranquilo de projetos, seguiu tendo muita demanda, o que adiou o tradicional recesso”, explica Nãna.

Segundo a paisagista esse aumento se deve ao fato de as pessoas estarem passando mais tempo em casa por causa da pandemia e também porque é um tipo de projeto que não ocupa muito espaço. “Por estarem muito em casa, as pessoas acabam procurando por um ambiente mais agradável que é proporcionado pelas plantas. Além disso, se você não tem espaço no chão, você ganha área verde na parede, o que torna o jardim vertical barato. O metro quadrado em uma região valorizada é bastante caro então se você o utiliza para colocar plantas pode impedir, por exemplo, de ter um sofá ou mesmo uma varanda. Mas quando se tem um jardim vertical, você tem os dois juntos: melhor aproveitamento dos espaços e todo o bem-estar das plantas em um só ambiente”, afirma.

Além de bonitos, esse tipo de jardim também melhora a qualidade e aumenta a umidade do ar, climatizam o ambiente e ainda podem atuar como barreira sonora contra ruídos de baixa frequência, atenuando a poluição sonora, o que o torna um ótimo recurso para ser utilizado em espaços como home office. “As plantas deixam o ambiente mais fresco, reduzem o estresse trazendo vida, frescor e aconchego visual. Pesquisas comprovam, inclusive, que em espaço de trabalho – seja em casa ou tradicional – o simples fato de se olhar para o verde, ajuda a aumentar a concentração e a produtividade”, salienta a paisagista.

Outro fator que favorece o cultivo desse tipo de jardim é a manutenção que, atualmente, conta com a tecnologia para facilitar o seu processo. “Cada tipo de planta exige uma quantidade específica de água. Se muito irrigada pode causar problemas nas raízes gerando apodrecimento. Se pouco irrigada fica sem nutrientes necessários e prejudica a produtividade, por isso a irrigação automatizada é uma grande facilidade, pois ela fornece água em quantidade suficiente e necessária para cada tipo de cultura. Todos os jardins verticais quefaço está incluso esse tipo de irrigação porque ele é fundamental para garantir a vida, beleza e qualidade das plantas”, pontua Nãna.

Com relação as espécies de plantas mais usadas neste tipo de jardins, a paisagista comenta que a variedade é grande. “Usamos muito Jiboias, Filodendros, Samambaias, Lambaris e Peperômias, entre outras, mas o importante é optar por plantas perenes, ou seja, que tem uma grande durabilidade e que se adaptam bem ao local onde serão plantadas. Além disso, é preciso analisar as condições do local, se há incidência de sol ou se tem pouca luz, se há muita ou pouca ventilação, se o ambiente é interno ou externo. Enfim, é uma série de fatores que irá nortear o projeto da melhor maneira possível para que o cliente possa aproveitar ao máximo sua área verde. Afinal, quanto mais ficamos perto da natureza, mais relaxados e felizes nos sentimos”, finaliza a profissional.

Nesta compacta e charmosa varanda projetada pela arquiteta Flávia Roscoe, o jardim vertical de Nãna Guimarães trouxe um pouco de frescor ao espaço
Imagem: Divulgação

 

Como o espaço preservava a livre circulação de pessoas, a arquiteta Flávia Roscoe achou melhor optar pelo jardim vertical que foi criado e executado pela paisagista Nãna Guimarães
Imagem: Gustavo Xavier

 

Fonte: Ana Horta (contato@maoduplacomunicacao.com)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#arquiteta Flávia Roscoe#arquitetura#decor#Decoração#dicas#jardim vertical#paisagista Nãna Guimarães#projeto de arquitetura

Dicas para arrumar a mala de viagem!

Dicas para arrumar a mala de viagem!

Oiii gente!!! Conforme prometido, vocês sempre me pedem dicas de como organizar a mala de viagem. Então, vejam essas segredinhos para ganhar espaço na mala, não amassar os looks e outras dicas. Confiram:

 

 

Dica 1: gosto de colocar tudo em saquinhos, separando pelas atividades, ou seja, roupas de academia num saquinho, biquinis e maiôs em outros, um para roupas íntimas, outro para pijamas … assim facilita muito para ver a quantidade de peças que você está levando, bem como, ao chegar no hotel, você já tem tudo separadinho para dispor no armário, sendo muito prático;

Dica 2: para levar bolsas, quando quero levar mais de um modelo, tento colocar uma dentro da outra, para não ocupar muito espaço, além disso, se não vou pegar avião, já aproveito e coloco a necessaire dentro de um bolsa também, pois dentro da mala ocupa muito espaço;

Dica 3: separar os looks pensando na quantidade de dias que irá ficar e sempre pense em otimizar o espaço, se precisar use uma mesma peça para fazer dois looks, como por exemplo, um jeans pode ser usado em dois ou três looks, bem como jaquetas, etc;

Dica 4: peças que são mais pesadas e não amassam, como jeans, peças em couro, coloco tudo por baixo; por cima coloco peças que tem mais facilidade para amassar;

Dica 5: se você for viajar de carro, peças que amassam muito, é possível colocar dentro de uma capa e pendurar no carro, ajuda muito!

 

Gostaram das dicas??? Comentem aqui! Beijos, Mi

Imagem: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#arrumação de malas#bag#dicas#mala#travel#Viagem#viajar

DESINTOXICAR A PELE E COMO FAZER!

DESINTOXICAR A PELE E COMO FAZER!

O estresse, poluição, maus hábitos alimentares e a falta de cuidados diários com a pele podem fazer com que ela sofra com inflamações, manchas, oleosidade excessiva e rugas precoces. Mas aqui vai uma coisa que ninguém conta: o detox facial é o segredo da beleza!

De acordo com a dermatologista especialista em cosmiatria, Dra. Luciana Garbelini, desintoxicar a pele é um step de cuidado super importante para mantê-la saudável, principalmente após os 30 anos. “O detox facial é capaz de remover impurezas que impedem a pele de ter aquele aspecto saudável, além de combater os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e liberar toxinas”, explica a profissional.

Para entender como inserir uma rotina detox no dia a dia, a especialista lista os principais cuidados a serem tomados. Confira!

COMO DESINTOXICAR A PELE?

  1. Faça esfoliações

“A esfoliação é um dos principais passos do detox facial. Esse cuidado é capaz de renová-la e limpá-la, evitando cravos, espinhas e reduzindo manchas. Com a esfoliação a pele ficará livre das células mortas e com a oleosidade mais controlada. O ideal é fazer pelo menos duas vezes por semana”, recomenda Garbelini.

  1. Aplique máscaras de argila

“Quando o assunto é detox, as máscaras faciais de argila são as mais indicadas. Por terem propriedades antioxidantes e antissépticas, são capazes de varrer as sujidades do rosto e desobstruir os poros, trazendo aquela sensação de frescor imediata”, explica a dermatologista e completa, “por ser um mineral fino, com alta capacidade de penetração na pele, a argila também é uma forte aliada na hidratação da pele madura, além de intensificar a renovação celular das camadas superficiais da pele e aumentar a elasticidade.” A recomendação da profissional é que as máscaras faciais de argila sejam aplicadas a cada 15 dias, esse tempo permite que a pele respire e se renove.

  1. Beba mais água

Os cuidados para um detox da pele não se resumem à aplicação de dermocosméticos, Garbelini explica. “Ingerir líquidos previne uma possível secura da pele e ajuda nosso corpo a eliminar muitas toxinas, por isso, é indispensável manter-se hidratado para ter uma pele iluminada e saudável”. Para isso, a especialista indica consumir cerca de 2 litros de água por dia. Sucos naturais e chás também podem ser consumidos para alcançar a recomendação diária.

 

Fonte: dermatologista especialista em cosmiatria, Dra. Luciana Garbelini e Catarina Armelin | bcbiz atarina.armelin@bcbiz.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#antioxidantes#antissépticas#Beba mais água#cuidados#dermatologista#detox da pele#dicas#máscaras de argila#pele#skincare

AUTOCUIDADOS FUNDAMENTAIS PARA O DIA A DIA!

AUTOCUIDADOS FUNDAMENTAIS PARA O DIA A DIA!
Separar um momento do dia para cuidar de si é vital, ainda mais diante do contexto atual que estamos vivendo. Por isso, doses diárias de amor para consigo mesmo são a pedida certa para ter uma vida mais leve e relaxante em meio a nova rotina, promovendo, assim, uma diferença na integridade da saúde física, emocional e mental.

Pensando nisso, a Mahogany , marca especializada em produzir e comercializar a mais completa linha de cosméticos de alto padrão do país, separou algumas práticas que não podem faltar na rotina. Confira abaixo.

• Cuidados com a pele

O famoso “skincare” tem ganhado cada vez mais o coração, daqueles que buscam estimular e promover a saúde da cútis de forma rápida e eficaz, por meio de higienização, esfoliação e hidratação, ou seja, o pacote completo para se ter sempre uma pele limpa e saudável. Por isso, itens como água termal, esfoliantes e hidrantes passaram a ser indispensáveis nessa prática. Mas será que você conhece os benefícios de cada um?

– Água termal: apresenta diversos minerais em sua composição, auxiliando a pele na reposição dos sais que são perdidos no decorrer do dia. Possui pH compatível com o cutâneo e pode ser utilizada por todos, além de ser antioxidante, calmante, hidratante e proteger a pele das agressões diárias. Dica: a água termal pode ser deixada na geladeira, conferindo uma sensação maravilhosa de frescor ao ser borrifada nos dias mais quentes!

– Esfoliantes: auxilia na renovação cutânea, eliminando as células mortas e impurezas que deixam a pele com aspecto envelhecido, seco e desidratado. Apresentam função de limpeza profunda, desintoxicando a pele, tornando-a mais uniforme, suave e luminosa.

– Hidratantes: evita o ressecamento e assegura o viço da pele. Combate também a flacidez, perda de colágeno e o envelhecimento precoce. Outro ponto importante é que uma pele hidratada fica mais protegida de micro-organismos que podem causar infecções ao nosso corpo. Com o uso frequente do álcool em gel nos dias atuais, investir em cremes para as mãos ou um higienizador que também apresente a função hidratante é ainda mais necessário.

• Cuidados com o cabelo

Manter a saúde dos fios pode parecer uma tarefa difícil devido à correria do dia a dia. No entanto, madeixas hidratadas e saudáveis, além de ser uma forma de cuidar de si, eleva a nossa autoestima. Por isso, é fundamental apostar nos ingredientes certos, para deixar o cabelo limpo e saudável da raiz as pontas.
– Salix Alba (Willow) Bark Extract: é um extrato produzido a partir da casca do salgueiro. Possui ação esfoliante que reduz o fluxo indesejável sebáceo limitando o crescimento de fungos e bactéria no couro cabeludo.

-Cisteína Biomodificada: trata-se de um complexo de molécula que associa a cisteína e aminoácidos reagidos com monômeros de silicone. Promove benefícios como o fornecimento de nutrientes para a recuperação da cutícula danificada, reveste os fios protegendo contra as agressões externas e finalmente confere força e resistência aos cabelos fragilizados.

• Escalda pés:

Os pés são uma das regiões do corpo que mais sofrem com a tensão e estresses diários. Por serem os responsáveis pela locomoção, é bem comum que acabem sofrendo com inchaços derivados de alguns fatores, como calor, por exemplo.

Para amenizar essa situação, uma ótima opção é o escalda pés. Basta uma bacia com água quente, sal grosso e algumas gotas de óleo essencial de lavanda, pés submersos por aproximadamente 15 minutos e pronto.

Considerado um verdadeiro remédio natural, o óleo de lavanda pode ser utilizado para acalmar os nervos, relaxar os músculos e facilitar o sono, sem contar que é um antisséptico antibacteriano, além de auxiliar na digestão.

A seguir, conheça alguns produtos exclusivos da Mahogany para facilitar essa rotina:
A Água Termal Balance possui um balanço único de minerais em sua composição, com destaque para o zinco que possui efeito anti-inflamatório e é um importante aliado contra o envelhecimento da pele.
O Sabonete Gel Esfoliante Amêndoas promove uma perfumação deliciosa no banho, com as confortáveis notas de amêndoas doces que abraçam todo o corpo, enquanto sua fórmula especialmente criada com cascas de amêndoas francesas remove delicadamente as células mortas da superfície cutânea e também as impurezas mais profundas. Com isso, estimula-se a renovação celular, devolvendo a luminosidade e a vitalidade da pele.
O Shampoo Detox traz o conceito de spa capilar para cuidar dos cabelos da raiz até as pontas! Formulado com carvão ativado, ingrediente de origem vegetal capaz de eliminar impurezas, limpa profundamente e combate os efeitos da poluição.
Para saber mais, acesse: https://www.mahogany.com.br
Fonte: Viviane Bomfim (viviane.bomfim@dezoitocom.com.br)
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#!#aguá termal#AUTOCUIDADOS#Cuidados com o cabelo#dia a dia#dicas#esfoliante#hidratante

Alimentação equilibrada e nutritiva no verão!

Alimentação equilibrada e nutritiva no verão!

Com as altas temperaturas nos primeiros meses do ano, junto com o cenário de pandemia provocada pela Covid -19, é o momento de redobrar a atenção aos cuidados com a saúde. Principalmente quando falamos em manter uma alimentação nutritiva e equilibrada para melhorar o sistema imunológico, além da preocupação com a higienização dos alimentos.

Com o objetivo de levar sua expertise em alimentação para incentivar melhorias no bem-estar das pessoas, a Sodexo On-site, líder em serviços de Qualidade de Vida por meio de serviços de alimentação e facilities, reuniu seu time de especialistas, nutricionistas e chefs e prepararam um e-book com diversas dicas de nutrição, saúde e bem-estar, que reforçam a importância de refeições balanceadas e nutritivas para a saúde e proteção do corpo, além de orientações para intensificar a higienização dos alimentos, confira algumas delas:

1 – Alimentação durante o verão

Ao contrário do inverno, estação em que é comum sentir mais fome, as temperaturas elevadas podem inibir o apetite. É comum que a maior parte das pessoas não consiga seguir uma alimentação balanceada e nutritiva, composta de proteínas, carboidratos, gorduras boas, fibras, vitaminas e minerais.

“Para montar uma refeição saudável que ajude na proteção do corpo, é importante lembrar que um prato equilibrado deve ser composto 50% por vegetais crus e cozidos, 25% de proteínas, como carnes, peixes, ovos, entre outros, e 25% de carboidratos, de preferência integrais. Na sobremesa, pode-se optar por frutas”, explica a coordenadora do projeto Francisca Silva, nutricionista da Sodexo On-site Brasil.

 

Salada de Frutas com Creme de Iogurte de Coco 

2 – Saúde e equilíbrio

Para evitar um possível desequilíbrio na alimentação, é recomendado evitar longos períodos em jejum. “Uma dica é fazer um lanche saudável, como um snack de castanhas caramelizadas com açúcar de coco, antes de sair de casa, pois isso ajuda nas escolhas e no consumo moderado dos alimentos”, sugere a nutricionista Claudia Musa.

Para colorir e enriquecer os pratos, as saladas são ótimas opções. Além de serem ricas em nutrientes, elas ajudam a aumentar a saciedade e melhorar o processo digestivo. Durante a escolha das proteínas, as carnes magras devem ser priorizadas, sempre retirando as gorduras. As receitas você pode conferir a partir da página 18 do e-book.

Outro ponto importante é a hidratação. Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso, a necessidade de se hidratar, para que todo líquido perdido seja reposto. “Nesse período, a ingestão de bebidas alcoólicas deve ser controlada e intercalada com água e outras bebidas não alcoólicas, como sucos naturais com as frutas da época”, conclui Claudia.

 

Coquetel tropical sem álcool e sem açúcar

3 – Vitaminas e minerais para uma alimentação nutritiva

Neste ano atípico, a alimentação equilibrada tornou-se ainda mais importante e essencial para reforçar a imunidade. Entre os nutrientes necessários para a manutenção do sistema imunológico, estão:

  • Vitamina A – Pode ser encontrada em cenouras, batata doce, folhas de brócolis, manga, couve fígado, gema de ovo, leite e derivados.
  • Vitamina C – Kiwi, goiaba, brócolis, frutas cítricas, frutas vermelhas, talos de couve e salva.
  • Vitamina D – Peixes, ovos, lácteos, fígado e cogumelos.
  • Vitamina E – Azeite de oliva extravirgem, castanhas, avelã, semente de girassol e abacate.
  • Zinco – Camarão, peixe, fígado, sementes, castanhas, grãos integrais e cereais.
  • Ômega 3 – Peixes, castanhas, amêndoas, nozes, sementes e linhaça.
  • Prebióticos* – Trigo, cebola, banana, mel, alho e raiz de chicória.
  • Potássio – Ameixa, frutos do mar, amêndoas, acelga e amendoim.

*Bactérias do bem (probióticos) localizadas em nosso intestino formam uma barreira contra muitos organismos agressores de nosso organismo. Essas bactérias por sua vez se alimentam de fibras alimentares (prebióticos) presentes em frutas, legumes, verduras, aveia e outros cereais integrais. Por isso é fundamental consumir alimentos in natura ou minimamente processados, que oferecem um teor maior de fibras. São prebióticos os compostos com o FOS – frutooligossacarídeos (presente na agave-azul, batata yacon, alho, cebola, banana e tomate, entre outros) e a inulina (encontrada em alimentos como chicória, alho, cebola, inhame, banana e outros). Sobre os alimentos classificados como probióticos, são aqueles que contêm os microrganismos do bem. Estão presentes em iogurtes, kefir e alimentos fermentados, como os pães feitos com levain (fermentação natural).

4 – Compras e higienização de alimentos

Antes de ir ao mercado, a dica é fazer uma lista dos itens necessários para ajudar a combater o desperdício e não cair em promoções de produtos que não serão utilizados.

“Para a higienização, as embalagens devem ser lavadas com água e sabão ou limpas com álcool 70% antes de serem guardadas no armário ou na despensa. Frutas, legumes e verduras devem ser lavados em água corrente e higienizados com uma solução clorada, que deve ser diluída conforme as instruções do produto”, explica Francisca.

5 – Atenção ao rótulo dos alimentos

Ficar de olho nos rótulos dos alimentos também faz parte da construção do hábito de manter uma alimentação equilibrada. Conhecer o que há por dentro da embalagem facilita a decisão no ato da compra.

Nas novas regras de rotulagem nutricional, a embalagem deve conter um símbolo informativo na parte da frente do produto, esclarecendo de forma clara e simples, sobre o alto teor de nutrientes que têm relevância para a saúde.

O material completo com todas as dicas e receitas nutritivas podem ser baixados no link do e-book. A nutricionista coordenadora do projeto Francisca Silva, juntamente com as nutricionistas idealizadoras, Antonia Francisca Cavassim, Beatriz Mastroeni, Claudia Musa, Giselle Cassitas Duarte e Lais Augusto estão à disposição para informações e entrevistas.

Fonte: Marina Gomieiro (marina.Gomieiro@tamer.com.br) / Sodexo On-site, líder em serviços de Qualidade de Vida

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Alimentação durante o verão#alimentação equilibrada#Alimentação equilibrada e nutritiva#dicas#nutritiva#Saúde e equilíbrio#verão