Cuidados com a Prata e Inox

Cuidados com a Prata e Inox

Recebo muitas duvidas de quais são os cuidados necessário que precisamos ter com nossos objetos, principalmente as de inox e as pratas, por isso no post de hoje reuni algumas dicas bem legais e eficientes que vão fazer com que seus utensílios durem mais, fiquem brilhando e limpos.

Apesar de atualmente muitas noivinhas estarem optando por inox em suas listas de presentes, por ser mais fácil quanto a manutenção, eu sou fã de pratas, mesmo dando mais trabalho para cuidar. Com elas é possível dar um toque de elegância e refinamento a uma reunião com amigos e família ou até mesmo usa-las em ocasiões especiais que merecem uma decoração mais elegante. Em casa eu tenho objetos de decoração, talheres e outros itens que amo e sempre tomo o maior cuidado para não danifica-las!

 

cuidados com loucas de prata ask mi marina xando inox capa

 

Sendo assim vamos começar falando dos cuidados com elas, que merecem uma atenção mais especial na sua limpeza e armazenamento. Separei em tópicos pra vocês conseguirem visualizar melhor o passo a passo. Olhem só:

  • A primeira dica é sempre ler bem as instruções do produto que irá usar para limpar o utensílio e certifique-se de que ele é adequado para o tipo de metal de seu objeto. Por exemplo: se você usar produtos para limpar prata e passar no aço inox, ele será danificado. O Plinox é um produto super eficiente e rápido para limpar as peças em prata. Vale a pena testa-lo.
  •  Uma opção caseira e mais em conta é colocar água quente com várias tiras de papel alumínio e 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em uma vasilha de vidro (pirex). Mergulhe a peça de prata e mantenha-a até a água esfriar ou até a peça estiver com aspecto limpo. Enxugue-a e, com uma flanela de algodão, esfregue farinha de trigo para dar brilho. Não esqueça de retirar o excesso.
  • Jarras e bules precisam de lavagem imediata com água e detergente neutro após o uso. Nunca coloque na geladeira, porque a refrigeração acelera a oxidação e ajuda a fixar a mancha do líquido escuro de chás e sucos, por exemplo.
  • Nunca coloque peças de prata em máquinas de lavar louça. As altas temperaturas e a lavagem bruta podem mudar a cor do metal e causar danos, especialmente às peças porosas. Limpe toda a sua prataria com a mão.
  •  Nunca deixe peças de prata envolvidas em sacos plásticos. Isso acelera a oxidação por armazenar o oxigênio e abafar a peça. Uma ótima opção para armazena-las são as embalagens de feltro que são boas para manter o lustre das pratas e garantir que não risque no armário.
  • A melhor forma de conservar utensílios desse material é usá-los com regularidade e lavá-los/secá-los gentilmente com detergente suave e água. Se eles não ficarem guardados por muito tempo, não terão muita chance de oxidar.
  • Por fim, não é recomendável usar luva de plástico para limpar a prata, pois ela solta enxofre, e acaba danificando a peça.  A luva médica é mais recomendável.

 

cuidados com loucas de prata ask mi marina xando inox

 

Já o inox é um material que não necessita de tanta atenção, não é por acaso que boa parte dos utensílios domésticos, especialmente os de cozinha, atualmente, é fabricada com aço inox. Esse material oferece vantagens como resistência, beleza e praticidade, além de dispensar o uso de produtos abrasivos. Porém mesmo assim devemos ter alguns cuidados para preserva-los.

  • Na limpeza diária use detergentes e sabões neutros diluídos no lado mais macio da esponja de cozinha para retirar a gordura das superfícies. Depois, enxágue com água abundante e seque com um pano macio para evitar as manchas deixadas por gotículas de água. Panelas, travessas e talheres de inox também podem ser eficientemente limpos nas máquinas de lavar louça, pois são resistentes.
  • Quando houver restos de alimentos queimados e incrustados nos utensílios de inox, a dica é deixá-los de molho em uma solução de água quente e bicarbonato (duas colheres de sopa de bicarbonato para 500 ml de água). Outra maneira de remover as sujeiras mais difíceis é fazer uma pasta de bicarbonato de sódio e álcool e usar uma escova macia para espalhar a pasta no sentido de polimento dos utensílios.
  • Para lustrar, uma solução caseira é derramar uma colher de sopa de azeite em um pano seco e limpo e esfregar suavemente com movimentos circulares. Essa medida é suficiente para limpar uma coifa de aço inox, porém, se o objeto for menor, aplique apenas umas gotinhas de azeite, já que o excesso resultará em efeito contrário ao esperado. Um truque para eliminar os riscos é pingar algumas gotas de fluido de isqueiro e polir com uma flanela.

 

Gostaram das dicas?!

Fotos: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#casa#cuidados#dicas#inox#limpeza#prata#utensílios

A Diferença entre Louça, Cerâmica e Porcelana!

A Diferença entre Louça, Cerâmica e Porcelana!

Quando pensamos em decoração de uma mesa para um almoço ou jantar especial, sempre surge a dúvida do que usar para deixar a mesa harmônica e dar aquele toque mais requintado ao ambiente, e é aí que entram as louças, porcelanas e cerâmicas que sempre foram consideradas objetos de expressão de requinte e sofisticação.

 

Desde a idade média, possuir louças ou até mesmo porcelanas em casa significava status social, sinônimo de sofisticação, e muitas vezes eram expostas bem na sala de visitas como um toque refinado na decoração desse ambiente das famílias nobres. Atualmente, na maioria dos casos, a porcelana e a louça são partes fundamentais na decoração e combinação dos pratos, já que serve para dar mais criatividade e complementar o visual como um todo.

 

Porém recebo muitas perguntas de vocês querendo entender qual é a diferença entre louça e porcelana, e como identificar qual é qual. O post de hoje é justamente para explicar e tirar essa dúvida.

 

diferenca entre porcelana e louca ask mi marina xando2

 

A porcelana se originou na China há mais de mil anos e nada mais é do que uma variedade de cerâmica dura, branca e translúcida, preparada essencialmente com caulim, podendo ser ou não vitrificada. Ela é delicada, impermeável e translúcida, fina, leve e brilhante quando esmaltada. A porcelana se distingue de outros produtos cerâmicos, especialmente, da faiança e da louça, pela sua vitrificação, transparência, resistência, completa isenção de porosidade e sonoridade. Ela é feita com argila branca de altíssima qualidade e é assada à 1.260º C, o que resulta em peças de cerâmica duras, fortes e translúcidas. Sua superfície é bastante lisa e trata-se do tipo de cerâmica mais seguro para uso na cozinha, por não ser aderente nem porosa e também pela possibilidade de ser colocada em lava-louças. Os conjuntos de jantar de alta qualidade costumam ser feitos de porcelana, o tipo mais caro de cerâmica.

 

diferenca entre porcelana e louca ask mi marina xando3

 

Já a cerâmica é o material artificial mais antigo produzido pelo homem. Do grego “kéramos” (“terra queimada” ou “argila queimada”), é um material de grande resistência, frequentemente encontrado em escavações arqueológicas. Pesquisas apontam que a cerâmica é produzida há cerca de 10 a 15 mil anos. A cerâmica é geralmente um pouco mais pesada do que a porcelana. Uma maneira infalível de dizer qual é qual, é pelo som, quando tocamos nelas as porcelanas têm um tom mais alto. Outra característica são as bordas que parecem ser mais translúcidas e com brilho.

 

diferenca entre porcelana e louca ask mi marina xando4

 

Por fim, a louça que é o coletivo que agrega todos os artefatos produzidos com estes materiais: cerâmica, faiança e porcelana, que se diferem apenas pela composição dos elementos. Todos são feitos com argila ou barro, queimados em fornos de alta temperatura. Por ser feito com materiais mais “simples” as louças são mais baratas do que as porcelanas.

Dicas anotadas?!

 

Fotos: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#almoço#Decoração#dicas#diferença#jantar#louça#mesa#porcelana

Comida de criança!

Comida de criança!

Faz um tempo que estou querendo compartilhar com vocês algumas receitas infantis que a Vivi adora! Nem toda criança gosta de frutas, certo? Mas com alguns truques é possível fazer com que as crianças comam as frutas e que passem a gostar e sempre pedir. Recentemente adquiri um livro da Cláudia Lobo, Comida de Criança, e foi ótimo! Uma receita que adoro fazer pra Vivi é melão com gelatina, pois ela adora gelatina e acaba comento o melão. E ela passou a gostar de melão!!! Confiram algumas receitas legais, saborosas e divertidas para os pequenos:

 

Melão com gelatina

 

Ingredientes:

1 melão inteiro

1 caixa de gelatina em pó sabor morango

 

Modo de preparo: abrir o melão e retirar as sementes. Preparar a gelatina, dissolvendo o pó em 100ml de água fervente. Depois, acrescentar mais 100ml de água fria. Rechear as metades do melão com a gelatina preparada e lavr à geladeira até endurercer. Quando estiver pronta, fatiar o melão com cuidado e servir.

 

BlogAskmi

 

Espetinhos de fruta

 

Ingredientes:

1 xícara de chá de frutas (uva, manga, mamão, morango e kiwi) cortadas em cubos

1 pote de creme de queijo petit-suisse de morango (o famoso “Danoninho”)

 

Modo de preparo: Espetar as frutas em palitos de dentes, intercalando-as. Colocar o queijo petit-suisse em uma tigela pequena. Dessa maneira, é possível passar o espetinho no creme. As crianças amam!

 

BlogAskmi2

 

BlogAskmi1

 

Fotos: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#comida de criança#dicas#infantil#Receitas

Em casa com Marina: quarto de hóspedes!

Em casa com Marina: quarto de hóspedes!

Oiiii gente, tudo bem??? Hoje temos #EmcasacomMarina e está muito legal!!! Várias dicas importantes na hora de receber uma visita em casa. Confiram:

 

 

Vídeo: Diane Nunes

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#casa#dicas#em casa com Marina#hóspede#quarto#receber#room

Disbiose intestinal by Carol Grillo!

Disbiose intestinal by Carol Grillo!

Oi meninas, tudo bem??? Segundona começando e o Ask Mi está a todo vapor, com vários posts super legais para esta semana! Hoje temos um assunto bem bacana, sobre um distúrbio do funcionamento do intestino com a top nutricionista Carol Grillo para nos orientar. Confiram:

 

Já falei por aqui que o intestino é um dos órgãos mais importantes para o funcionamento perfeito do organismo, pois ele é o responsável pela absorção dos nutrientes que ingerimos. Sendo assim, se você apresenta um quadro de disbiose intestinal, o processo de absorção está prejudicado.

 

Para que vocês entendam o porque o intestino é o segredo do sucesso: se o paciente com disbiose fizer uma dieta hiperproteica com a finalidade de hipertrofia (ganho de massa magra) a absorção das proteínas ingeridas não acontecerá de forma satisfatória, ou seja, você não ganhará massa muscular. Esse foi apenas um pequeno exemplo, há uma série de outros problemas que um intestino doente pode desencadear.

 

BlogAskMi

 

Temos dez bactérias intestinais para cada célula do corpo, são bactérias  boas e ruins, ambas fazem parte do que chamamos de microbiota intestinal, que nada mais é do que a população de bactérias que vivem no intestino.

 

BlogAskMi3

 

A disbiose intestinal ocorre quando há um desequilíbrio entre essas bactérias, ou seja, as ruins ficam em maior quantidade. E por que isso ocorre? Porque nos alimentamos mal, consumimos alimentos industrializados, gorduras saturadas/trans, farinhas refinadas e açúcares; e as bactérias ruins se alimentam disso e se proliferam desta forma.

 

A disbiose, pode provocar várias complicações na saúde, como: desconforto abdominal, inchaço, produção excessiva de gases, constipação, diarréia, sobrepeso, desnutrição e até o surgimento de outras doenças mais graves, devido a alterações do sistema imunológico (câncer, esofagite, infecções urinárias, doenças auto imunes como tireoidite de Haschimoto, lúpus, artrite reumatóide,etc).

 

BlogAskMi2

 

Em um artigo recente publicado na Inflammopharmacology, pesquisadores do Medlab, em Sydney, Austrália afirmaram que a microbiota intestinal está diretamente ligada às condições adversas de humor, e tem usado as atividades metabólicas exercidas por bactérias benéficas vivas (probióticos) como tratamento até para a depressão.

 

BlogAskMi1

 

A solução para a disbiose está na reeducação alimentar, melhora na qualidade do sono, redução do estresse e suplementação de probióticos manipulados específicos para o paciente. A minha dica é você buscar o auxílio de um profissional da área para modular o seu intestino da melhor forma possível. 

 

BlogAskMi4

 

Fotos: Internet

Carol Grillo

ESCRITO POR Carol Grillo

Com inúmeros cursos de especialização, além de uma pós-graduação em nutrição clínica, Carol é uma nutricionista focada em ajudar seus pacientes a seguirem uma rotina alimentar saudável, equilibrada e direcionada a resultados.

#Carol Grillo#coluna#dicas#nutrição