Disbiose intestinal by Carol Grillo!

Disbiose intestinal by Carol Grillo!

Oi meninas, tudo bem??? Segundona começando e o Ask Mi está a todo vapor, com vários posts super legais para esta semana! Hoje temos um assunto bem bacana, sobre um distúrbio do funcionamento do intestino com a top nutricionista Carol Grillo para nos orientar. Confiram:

 

Já falei por aqui que o intestino é um dos órgãos mais importantes para o funcionamento perfeito do organismo, pois ele é o responsável pela absorção dos nutrientes que ingerimos. Sendo assim, se você apresenta um quadro de disbiose intestinal, o processo de absorção está prejudicado.

 

Para que vocês entendam o porque o intestino é o segredo do sucesso: se o paciente com disbiose fizer uma dieta hiperproteica com a finalidade de hipertrofia (ganho de massa magra) a absorção das proteínas ingeridas não acontecerá de forma satisfatória, ou seja, você não ganhará massa muscular. Esse foi apenas um pequeno exemplo, há uma série de outros problemas que um intestino doente pode desencadear.

 

BlogAskMi

 

Temos dez bactérias intestinais para cada célula do corpo, são bactérias  boas e ruins, ambas fazem parte do que chamamos de microbiota intestinal, que nada mais é do que a população de bactérias que vivem no intestino.

 

BlogAskMi3

 

A disbiose intestinal ocorre quando há um desequilíbrio entre essas bactérias, ou seja, as ruins ficam em maior quantidade. E por que isso ocorre? Porque nos alimentamos mal, consumimos alimentos industrializados, gorduras saturadas/trans, farinhas refinadas e açúcares; e as bactérias ruins se alimentam disso e se proliferam desta forma.

 

A disbiose, pode provocar várias complicações na saúde, como: desconforto abdominal, inchaço, produção excessiva de gases, constipação, diarréia, sobrepeso, desnutrição e até o surgimento de outras doenças mais graves, devido a alterações do sistema imunológico (câncer, esofagite, infecções urinárias, doenças auto imunes como tireoidite de Haschimoto, lúpus, artrite reumatóide,etc).

 

BlogAskMi2

 

Em um artigo recente publicado na Inflammopharmacology, pesquisadores do Medlab, em Sydney, Austrália afirmaram que a microbiota intestinal está diretamente ligada às condições adversas de humor, e tem usado as atividades metabólicas exercidas por bactérias benéficas vivas (probióticos) como tratamento até para a depressão.

 

BlogAskMi1

 

A solução para a disbiose está na reeducação alimentar, melhora na qualidade do sono, redução do estresse e suplementação de probióticos manipulados específicos para o paciente. A minha dica é você buscar o auxílio de um profissional da área para modular o seu intestino da melhor forma possível. 

 

BlogAskMi4

 

Fotos: Internet

Carol Grillo

ESCRITO POR Carol Grillo

Com inúmeros cursos de especialização, além de uma pós-graduação em nutrição clínica, Carol é uma nutricionista focada em ajudar seus pacientes a seguirem uma rotina alimentar saudável, equilibrada e direcionada a resultados.

#Carol Grillo#coluna#dicas#nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *