Cinco atitudes que você não deve tomar quando seu bebê engasgar!

Cinco atitudes que você não deve tomar quando seu bebê engasgar!

Oii meninas, tudo bem??? Hoje quero falar sobre um assunto extremamente importante para as mamães, papais e demais pessoas que cuidam de bebês: quais atitudes não devemos ter quando um bebê engasgar! Essas atitudes podem salvar a vida do bebê! O enfermeiro José Antônio Pires, da maternidade Perinatal e especialista no tema engasgo, explica aqui nesse post o porquê certas atitudes devem ser evitadas.

 

De acordo com a Organização Criança Segura, a sufocação ou engasgamento é a primeira causa de morte acidental de bebês de até um ano de idade.  Quando acontece, o conhecimento e a calma farão diferença no atendimento. Segundo o profissional, é necessário que a pessoa responsável esteja segura para realizar o procedimento, conhecido como manobra de Heimlich. “Esse é o método mais seguro para desobstrução das vias áreas. O adulto deverá virar o bebê de costas para si e inclinar sua cabeça um pouco para baixo. Em seguida, bater por até cinco vezes entre as escápulas. Ainda sim, se engasgo for mantido é necessário virar o bebê de frente e realizar cinco compressões torácicas com os dois dedos abaixo da linha dos mamilos ainda no osso esterno”, conta.

 

1

 

2

 

Mas o que não fazer nesses momentos? O enfermeiro separou cinco procedimentos que você não deve fazer (de forma alguma) caso seu bebê engasgue.

 

1 – Respiração boca a boca

Muitas pessoas pensam que isso pode ajudar. Não ajuda, apenas dificulta a respiração do bebê e empurra o que está engasgando.

2 – Desobstruir as vias com as mãos, no caso de engasgo com objetos

Caso não visualize o objeto ou o alimento não insira os dedos dentro da boca do bebê. Isso pode empurrar mais o objeto ou alimento.

3 – Virar de forma bruta de cabeça para baixo

Feito isso o bebê sai completamente da sua ação de defesa devido ao excesso de estímulo.

4 – Soprar no rosto do bebê

De acordo com o enfermeiro da Perinatal, José Antônio Pires, essa é uma atitude comum entre as avós dos bebês. “Trata-se de uma lenda popular que não colabora em nada para desobstrução. Pelo contrário, atrapalha”, relata.

5 – Jogar o bebê para o alto ou chacoalhar

Levantar ou chacoalhar o bebê é extremamente prejudicial. Pode causar lesões, além de não resolver o problema.

 

Meninas, por favor, repassem esses procedimentos com amigas de vocês, com outras mamães, com quem puder! Para salvar uma criança na hora do engasgo temos que estar calmos e saber o que fazer! Assim podemos salvar a vida de um bebê!

 

Fotos: Enfermeiro José Antônio Pires

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#bebê#Blog AskMi#engasgo#evitar#procedimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *