Nossa experiência no Deserto de Dubai!

Nossa experiência no Deserto de Dubai!

Confesso agora pra vocês que fiquei muito na dúvida sobre levar uma criança de 8 anos para fazer um passeio pelo Deserto de Dubai! Depois de conversar com algumas amigas minhas que já foram para a cidade e ler muitas avaliações no Trip Advisor conheci a Platinum Heritage, única empresa autorizada a entrar na área  que pertencem ao Sheik! Vendo o site deles e todos os programas que oferecem, optamos pelo “Camel Desert Safari Dubai”!

 

Gente, eu não poderia ter ficado mais feliz! Juro!!!! Sabe quando tudo dá certo e sua filha acaba gostando mais do que você imaginava da experiência?! Realmente é o “Best Desert Safari Dubai”!

 

O passeio começou por volta das 15 hs, com um guia/motorista da empresa, falando em português, indo nos buscar em nosso hotel! A viagem até o deserto demorou aproximadamente 1 hora e foi super tranquila! A estrada é excelente e você nem vê o tempo passar!

 

Chegando ao local, trocamos de carro, colocamos essa espécie de lenço na cabeça e partiu Safari por 30 minutinhos! Vimos algumas espécies animais e conseguimos entender como era a vida do povo árabe antigamente! O carro era um Land Rover todo aberto, como eram os carros deles antigamente, todos trazidos pelos ingleses!

 

Depois fomos ver o show dos falcões, ave que os árabes são apaixonados! Estava ventando muito neste dia então eles não voaram, mas tivemos um bate-papo muito bacana e conseguimos aprender muitas curiosidades! Logo após, fomos para o acampamento dos “beduínos” onde aconteceria nosso jantar, passeio com camelos e show de música típica! Gente, vocês não imaginam a delícia da comida, me surpreendeu! Divina!!!

 

A Vivi amou andar de camelo a noitinha e fazer tattoo de henna! Depois do jantar, assistimos o comecinho do show e pedimos para ir embora pois a Vivi estava super cansadinha!

 

Voltamos com memórias incríveis de um dia muito especial! Se eu puder dar um conselho a alguém que está indo para Dubai, ele seria: faça o passeio no Deserto! Uma experiência maravilhosa! E super indico o Platinum Heritage!

 

askmi2

 

askmi1

 

askmi3

 

askmi4

 

askmi6

 

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#deserto#dicas#Dubai#Platinum Heritage

Abu Dhabi: mil motivos para ir!

Abu Dhabi: mil motivos para ir!

Quando estava programando nossa viagem para Dubai, perguntei para algumas pessoas que sei que já foram se valia a pena dormir em Abu Dhabi, cidade localizada há cerca de 2 horas de Dubai. A maioria disse que dava para fazer um bate-volta, mesmo sendo cansativo! Como estava com a Vivi, decidi não arriscar e ficamos na cidade por dois dias e duas noites. Hoje, agradeço por eu ter tido essa “luz” e optado por ficar nesta cidade repleta de coisas pra fazer!

 

Primeiramente quero falar sobre o Emirates Palace, hotel maravilhoso, de alto luxo e que já foi cenário do filme “Sex and The City” e “Velozes e Furiosos”. O Emirates Palace é um hotel 5 estrelas (apesar de comumente falarmos que possui 7, assim como o Burj Al Arab de Dubai) de propriedade do Governo de Abu Dhabi e administrado pelo grupo Kempinski. Ele foi inaugurado em fevereiro de 2005 e sua construção demorou pouco mais de 3 anos para ser finalizada. O custo total do hotel foi de aproximadamente 3 bilhões de dólares, dando a ele o título de o 3º hotel mais caro do mundo já construído! Dizem que ele jamais “será pago”, ou seja, que ele não gerará rendimentos que pagarão a sua construção.

 

askmi1

 

askmi2

 

askmi5

 

O hotel ocupa uma área de 84 hectares, que inclui uma praia, spas, piscinas, heliponto, uma marina, dezenas de salas de reuniões, auditório, ballroom,  lojas e restaurantes internacionais. Ao todo, são 394 dependências, sendo 92 suítes, 22 suítes residenciais de 3 quartos cada e 6 suítes destinadas à realeza do Golfo Pérsico. A grande maioria das suítes são decoradas com mármore, ouro e cristais Swarovski, são muito espaçosas e seguem o estilo árabe do hotel! Achei o hotel super “kids” friendly e Vivi ficou encantada com as piscinas, a praia e os camelos! Simmm, você leu direito: camelo e na praia! Os restaurantes também são um show à parte, provavelmente os melhores da cidade com ênfase no Hakkasan! Em Abu Dhabi fizemos uma programação bem bacana, mesclando itens para Vivi e para nós! Vejam:

 

Ferrari World: O Ferrari World está localizado na Yas Island, uma ilha artificial distante 40 km do centro de Abu Dhabi e a 120 km de Dubai. O complexo reúne, além do parque da Ferrari, um parque aquático, campo de golfe, canais artificiais, marinas, vários hotéis e a pista de corrida, utilizada por várias modalidades do automobilismo mundial. Quem acompanha as corridas de Fórmula 1 certamente já assistiu algum GP no circuito de Abu Dhabi, que tem uma pista perfeita e é um dos mais bonitos do calendário. Durante as transmissões são exibidas imagens aéreas da Yas Marina e também do parque da Ferrari, que chama muito a atenção por causa de sua grande cobertura vermelha com design arrojado. O Ferrari World é o maior parque coberto do mundo e apenas três de suas atrações encontram-se ao ar livre, as duas montanhas-russas e o elevador com queda livre. Para meninas não sei se vale tanto à pena, mas os maridos e meninos vão surtar!

 

askmi8

 

Warner Park: Orçado em cerca de US$ 1 bilhão, o parque conta com 29 atrações, incluindo shows e atividades interativas, além de 17 restaurantes e 15 lojas, sendo todos temáticos de cada espaço. O complexo é o maior parque indoor do mundo. Os heróis Batman e Superman têm suas próprias áreas temáticas. As cidades fictícias de Gotham e Metrópolis, que abrigam os personagens, respectivamente, nos filmes e quadrinhos, ganham vida, com direito à montanha-russa Riddler Revolution e o simulador Knight Flight. Na área Cartoon Junction, brinquedos com referência a personagens como Pernalonga, Patolino e Tom & Jerry, além de outros principais desenhos animados do estúdio, atraem o público. Já Bedrock recria a cidade conhecida da série animada Os Flintstones, enquanto Dynamite Gulch mostra o cenário das brigas entre o Coiote e Papa Léguas. Adoramos o parque: limpo, organizado, sem filas e super para a idade da Vivi e menores também!

 

askmi3

 

askmi4

 

Grande Mesquita de Abu Dhabi, chamada Sheikh Zayed Grand Mosque: É impossível não se emocionar ao avistar a construção, de branco puríssimo e arquitetura tradicional, se levantar em meio a uma cidade tão moderna. A Mesquita é quase uma afirmação dos governantes de Abu Dhabi: sim, vamos crescer e vamos nos modernizar, mas nunca esqueceremos quem somos. Como o nome dá a entender, a Mesquita é projeto do finado Sheikh Zayed bin Sultan Al-Nahyan, um dos principais articuladores da união dos Emirados Árabes – e, por isso, nomeado o primeiro presidente do país e adorado em todos os sete Emirados. Ele deu a visão geral, iniciou a construção nos anos 90, mas faleceu cerca de 3 anos antes de ver a inauguração, em 2007.

 

A Mesquita fica na entrada da Abu Dhabi City Island, estrategicamente visível das três principais pontes conectando a ilha ao continente: a Maqta, a Mussafah e a Sheikh Zayed. O local foi escolhido por representar a conexão emocional da Mesquita com os corações de todos os cidadãos dos Emirados Árabes. Mais 40 mil fiéis cabem em suas estruturas: 10 mil na área interna e 30 mil em áreas externas. Nos últimos números disponíveis, de 2013, recebeu mais de 3.3 milhões de visitantes em um ano.

 

A construção, composta de quatro minaretes e 82 domos, representando diferentes estilos Islâmicos (como o Mameluco, o Otomano e o Fatímida), é revestida de mármore nas paredes externas e possui versos do Corão e ornamentações islâmicas entalhadas em relevo. O hall principal de orações abriga o maior carpete feito à mão do mundo, elaborado pelas mãos de aproximadamente 1200 artesãos. A entrega da peça de 5.700 m², feita de lã (70%) e algodão (30%), levou dois anos. Os sete lustres de cristal que adornam os halls e foyers foram feitos pela empresa Faustig de Munique, Alemanha. O maior pesa aproximadamente 12 toneladas. Mas nada disso dá a real dimensão da magnitude e beleza do local. A área externa, cercada de área verde e fontes de água em contraste com o branco do prédio, o intricado trabalho de decoração das paredes e pisos, a sensação de grandeza do interior… indescritível. Só mesmo visitando.

 

askmi6

 

askmi9

 

askmi7

 

Louvre: O Louvre Abu Dhabi é o fruto de uma cooperação cultural assinada em 2007 entre a França e os Emirados Árabes Unidos para um período de 30 anos. Entre os projetos, a instalação de um grande museu de valor universal, como o Louvre, em Abu Dhabi capital do país. A França tem então um papel de consultoria na criação do museu, em seu edifício, e na definição de sua missão. Para isto, a Agência France-Muséums foi fundada com o fim de executar o projeto. Os acionistas são ninguém menos que os estabelecimentos culturais franceses. O museu do Louvre Abu Dhabi está instalado na ilha. O edifício foi pensado por Jean Nouvel como uma sábia harmonia entre a estética oriental e moderna. Uma cúpula branca de 180 metros de diâmetro lembra as formas arredondadas da arquitetura tradicional muçulmana. O desenho do teto é inspirado nas folhas de palmas que anteriormente eram utilizadas nas construções e estrelas! O conjunto forma um verdadeiro oásis. A água ao redor do museu Louvre Abu Dhabi faz jogos de reflexos cuja construção parece emergir diretamente. Achei a construção, o prédio em si, mais interessante que as obras, já que não são muitas! Mas sim, vale super a pena a visita e não deixe de conferir a lojinha do museu!

 

askmi10

 

askmi11

 

Ufa! É isso: Abu Dhabi merece sim ao menos 2 noites!

Fotos: Blog Ask Mi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Abu Dhabi#dicas#Dubai#Emirates Palace hotel#Ferrari World#Grande MeSheikh Zayed Grand Mosque#Grande Mesquita de Abu Dhabi#Louvre#travel#Viagem#Warner Park

Dicas em Roma com crianças!

Dicas em Roma com crianças!

Estive em Roma há muitos anos atrás e confesso que não via a hora de voltar!  Já faz um bom tempo que estava querendo ir para Dubai mas nunca conseguia uma data legal em uma época adequada, já que a logística escola  da Vivi + inverno na cidade (no verão não me indicaram ir a Dubai) precisavam “conversar” entre si!

 

Foi aí que pensamos em ir pertinho do carnaval (nada de provas no colégio da Vivi e temperatura super agradável na cidade de Dubai). Meu marido teve a ideia de irmos pela Europa! Na hora eu topei! Kkkk Pesquisando tarifas, encontramos uma promoção super bacana de classe executiva pela Alitalia com destino a….. ROMA! E lá fomos nós!

 

Não tínhamos muito tempo para um lugar que oferece tantas maravilhas. Neste primeira parada seriam 3 dias e 2 noites e, na volta de Dubai, mais 2 dias (tempo para fazer somente o Vaticano por conta do “jet leg”)! Outro ponto: com kids não da para fazer mil coisas, eles ficam cansados e isso pode tornar a viagem chata e cansativa!

 

Vou resumir nossa programação destes dias e depois farei um post especial sobre dicas de restaurantes e lojas na cidade, combinado?! Confiram as dicas de Roma:

 

Fontana Di Trevi: é a “Mostra da Água Virgem”. A lenda da sua descoberta está descrita em um baixo-relevo situado no alto da fachada da fontana: uma jovem indica às tropas de Marco Vipsânio Agripa, cansadas e com sede, a fonte onde beber água. Ao lado, um outro baixo-relevo representa Agripa que ordena a construção da primeira fonte dessa água. Foi o Papa Clemente XII, no século XVIII, que decidiu realizar a construção da fontana monumental próprio ali onde surgia a primeira fonte de “Água Virgem”, chamada assim justamente pela moça que ajudou as tropas de Agripa. O Papa quis uma fontana que decorasse a praça, mas também que fornecesse uma grande quantidade de água potável à cidade. A obra foi entregue a Nicola Salvi e começou em 1735. Em 1761, a fontana foi inaugurada. Vivi amouuuuu, olhem a carinha dela:

 

askmi1

 

DICA: nesta região ficam as sorveterias mais famosas de Roma! Não deixem de provar os famosos “gelatos” italianos!

 

Pantheon: Gigante, imponente e silencioso, passou através de todas as épocas da nossa história. Conheceu a Roma antiga, medieval, papal, renascentista, até se tornar o protagonista indiscutível da Roma capital, quando foi escolhido, pelos Reis da Itália unificada, como sacrário do novo reino. A sua aparência atual deve-se à construção do imperador Adriano (séc. II d.C.), mas o primeiro edifício foi obra do Marco Agripa, consul romano, braço direito e genro do imperador Augusto.

 

Para mim, um dos monumentos mais incríveis de Roma! A cúpula (aberta) gigantesca é uma prova de como os romanos sempre foram craques em engenharia! Eles acreditavam que a obra era coisa dos “céus” já que eles se aqueciam lá dentro com grandes fogueiras e, mesmo em caso de chuvas, com a cúpula aberta, molhava muito pouco! DICA: não deixe de almoçar e/ou jantar no Armando ao Pantheon , logo ali na lateral!

 

askmi2

 

Coliseu: Maior e mais famoso símbolo do Império Romano, o Coliseu era um enorme anfiteatro reservado para combates entre gladiadores ou opondo esses guerreiros contra animais selvagens. Suntuoso, era mais confortável do que muitos estádios modernos. Sua construção foi iniciada no ano 72 d.C., por ordem do imperador Flávio Vespasiano, que decidiu erguê-lo no local de um antigo palácio de Nero, seu antecessor no comando do império. As obras levaram oito anos para serem concluídas e, quando tudo ficou pronto, Roma já era governada por Tito, filho de Vespasiano. Para homenagear seu pai, Tito batizou a construção de “Anfiteatro Flaviano”.

 

Alguns historiadores especulam que o nome Coliseu só apareceria centenas de anos depois, talvez no século 11, e teria surgido inspirado no Colosso de Nero, uma estátua de bronze de 35 metros de altura, que ficava ao lado do anfiteatro. Os primeiros combates disputados para comemorar a conclusão do Coliseu duraram cerca de 100 dias e se estima que, só nesse período, centenas de gladiadores e cerca de 5 mil animais ferozes tombaram mortos em sua arena de 85 por 53 metros. Os jogos levavam o público ao delírio. Suas arquibancadas, construídas a partir de 3 metros do solo, acomodavam mais de 50 mil pessoas. Um camarote bem próximo à arena era destinado ao imperador de Roma, que era reverenciado pelos gladiadores antes dos espetáculos com uma saudação que se tornaria famosa: “Salve, César! Aqueles que vão morrer te saúdam”.

 

O anfiteatro, o primeiro permanente erguido em Roma, funcionou como o principal palco de lutas da cidade até o ano 404, quando o imperador Flávio Honório proibiu definitivamente os combates entre gladiadores. Depois disso, o Coliseu teve diversos usos. Chegou a ser empregado como cenário para simulações de batalhas navais, ocasiões em que a área ocupada pela arena era alagada. Durante a Idade Média, o mármore e o bronze de sua estrutura foram sendo saqueados aos poucos e usados para ornamentar igrejas e monumentos católicos. Peças de mármore do anfiteatro foram empregadas até na construção da famosa Basílica de São Pedro, no Vaticano. Já no século 11, quando Roma era dominada por uma família de barões, o Coliseu foi transformado em uma fortaleza, abrigando membros de uma família nobre, os Frangipane, que usaram a edificação para proteger-se em suas batalhas contra grupos rivais. Uma pena hoje ele estar em ruínas (esqueleto) mas, ainda sim, vale a pena a visita e conhecer esse, que foi e ainda é o maior anfiteatro do mundo!

DICA: compre sua entrada com antecedência! As filas são gigantescas!

 

askmi4

 

askmi3

 

Piazza de Spagna: Um dos meus lugares preferidos em Roma! Essa famosa escadaria teve ajuda financeira da Espanha (dai se entende o porquê do nome) em sua construção! A ideia era fazer um acesso de degraus para a igreja que fica ali acima e, consequentemente, ajudar o acesso dos pedestres que queiram ir orar, especialmente as mulheres! Em sua volta você encontra as principais e mais luxuosas marcas do mundo como Pucci, Fretti, Moncler, Valentino e muitas outras! Amo andar por lá sem destino já que as mais conhecidas  ruas de Roma estão a passos da escadaria como por exemplo a Via Condotti!

 

DICA: não deixe de tomar um café ou comer uma sobremesa no Caffe Grecco um dos mais antigos da cidade, com seu interior lindo e tradicional!

 

Basílica Santa Maria Maior: Para mim, uma das mais bonitas da cidade, visita imperdível! Lá, você encontra pedaços da manjedoura do menino Jesus trazidos por Helena, mãe do Imperador Constantino! De se emocionar!

 

askmi6

 

askmi5

 

Igreja da Escada Santa: Reza a lenda que Helena (sim, a mesma que trouxe pedaços da manjedoura de Belém) conseguiu (300 anos após Cristo aproximadamente) trazer as escadas em que Jesus ajoelhou-se a Pôncio Pilatos quando este o julgou! Não é uma igreja tão antiga e muito visitada porem é um lugar de energia maravilhosa!

 

Villa Borghese: Para mim, a galeria mais linda do mundo! Daquelas que você precisa conhecer!

DICA: não deixe de comprar seus ingressos antes, é por hora marcada e número limitado de pessoas!

 

askmi9

 

askmi10

 

askmi8

 

askmi7

Eu e Vivi analisando os afrescos (pinturas) do teto e imaginando as histórias.

 

DICA FINAL: Vocês devem estar se perguntando: nossa, mas ela fez tudo isso em tão pouco tempo, como pode?! Bom, um dos maiores investimentos que faço em viagens como esta é investir em guias e motorista!! Faz toda a diferença, sem contar na economia de tempo e cansaço! Sim, não é algo barato mas eu sou da linha que, se precisar, deixo de comprar qualquer coisa para ter um “luxo” como esse! Super indico a @benarrivati . Eles fazem todo o roteiro, organizam sua viagem como ninguém: desde compras antecipadas até entradas para qualquer museu/galeria; shows; tour exclusivo pelo Vaticano; audiência papal e muito mais!

 

Ufa! Acho que é isso! Ahhh faltou o Vaticano, que faremos em alguns dias, após o retorno de Dubai! Vou fazer um post exclusivo sobre a experiência. Beijos e não se esqueçam: Roma é sim um lugar super bacana para kids!

Fotos: Blog AskMi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog AskMi#dicas#Itália#Italy#kids#Marina Xandó#romã#Roma com criança#travel#Viagem#viagem com criança

Dica para arrumar a mala de viagem!

Dica para arrumar a mala de viagem!

Dicas que vocês AMAM: arrumação de malas para uma viagem muito muito especial #sónos3 ! 2 destinos que nunca postei aqui! Hoje organizei tudo com os saquinhos organizadores e necessaires by @arrangier ! Como facilitam a arrumação das malas, organização da viagem e espaço das malas!

 

A Arrangier é uma marca que combina organização e beleza, praticidade e paixão. Eles possuem produtos marcantes e de soluções diferenciadas, oferecendo necessaires, capas de mala e bolsas que não são apenas necessaires, capas de mala e bolsas. São produtos que realmente facilitam muito a organização e espaço da mala, além de ser tudo personalizado! E as opções de estampas são infinitas!

 

Eu sou muito organizada e adoro levar nas viagens os looks já planejados, pois facilita muito. Assim já levo os looks meus, da Vivi e do Victor. Dessa maneira, conseguimos economizar espaço, onde podemos usar uma peça mais de uma vez em outros looks. Sempre etiqueto depois, com o nome da cidade em que vou usar. E essas saquinhos tem pra roupa, lingerie, sapatos…muito bom! Vejam as fotos do “ ANTES” e “DEPOIS” e as estampas que escolhi pra mim, Vivi e Victor que lindas.

 

askmi1

 

askmi2

 

askmi3

 

askmi

 

Fotos: Blog AskMi

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Arrangier#dicas#mala#organização#Viagem

Dicas de restaurantes em Snowmass!

Dicas de restaurantes em Snowmass!

E o tão pedido POST sobre restaurantes em Snowmass chegou!!! Uhuuu!!! Aiiii que delícia que foi essa semaninha em janeiro na cidade de Aspen! Na verdade optamos por ficar em Snowmass (como já mostrei aqui para vocês) já que estávamos com kids e acredito ser essa a melhor montanha para ir em família!

 

  • Restaurantes em Snowmass:

O centrinho de Snowmass é pequeno, mas tem algumas opções legais para comer, ainda mais após a super renovação que ele passou em 2018. Costumávamos almoçar no Elk Camp Lunch, um estilo “bandejão” porém com opções divinas: pizzas feitas no forno e na hora, cookies maravilhosos e o melhor buffet de saladas da montanha.

 

Elk Camp Luch

 

Lá na montanha, não deixe de conferir o UP 4 PIZZA e seus cookies de comer “de joelhos”. Mas atenção: só dá para chegar esquiando!

 

up pizza

 

Também indico um japonês bem gostoso em Snowmass, estou falando do SAKE. Outra opção para jantar por lá é o Il Poggio, com comida estilo caseira! Bem gostoso!

 

Sake

Sake – restaurante japonês

 

Il poggio

Restaurante Il Poggio

 

Por fim, super recomendo uma experiência no Lynn BrittCabin!É um dos mais sofisticados restaurantes de almoço nas montanhas e tem cozinha americana moderna, com pratos como a truta defumada. É ponto de encontro de quem busca uma boa garrafa de vinho com aperitivos gostosos (a tábua de queijos é uma delícia e os pães vêm quentinhos). Agora, tem que maneirar, pois terá que voltar esquiando. Ah, para jantar, com reserva antecipada, é possível ir de snowcat. Superrrr programa para fazer com as crianças!

 

LYNN BRIT CABIN DINING 1

 

LYNN BRIT CABIN DINING

 

Ao pé das montanhas de Snowmass você encontra o Base Camp: comida simples, bem americana mas que super ajuda após horas de SKI! Peça as famosas batatinhas fritas trufadas e um bom vinho! Só a paisagem já vale por tudo! Também indico o VengaVenga Tequila Bar, um delicioso restaurante mexicano que fica no Snowmass Village.

 

base camp

Restaurante Base Camp

 

Fotos: Internet

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Blog Ask Mi#dicas#Restaurantes#Snowmass