Receitas deliciosas de Festa Junina!

Receitas deliciosas de Festa Junina!

Adoro essa época de pular a fogueira e dançar quadrilha hahaha! A semana passada já mostrei o look da Vivi e da prima Bibi para para essa festa e agora quero compartilhar duas receitas que fizemos aqui em casa e adoramos! São várias as comidas típicas que vemos nas festas juninas, mas para muitos, o arroz doce tem lugar especial. Pensando nisso, a Cozinha Experimental de Camil, selecionou duas deliciosas releituras desse doce para fazer sucesso nas comemorações. O arroz doce com calda de quentão e o bolinho de arroz doce promete fazer sucesso e arrancar elogios. Quer aprender o passo a passo? Confiram a receita abaixo.

 

Arroz Doce com Calda de Quentão

 

 

Tempo de preparo: 1 hora
Tempo de geladeira: 2 horas
Tempo total: 3 horas
Rendimento: 6 porções

INGREDIENTES:
ARROZ
1 xícara (chá) de Arroz Branco CAMIL
2 xícaras (chá) de água
1 pedaço de casca de limão
1 pedaço de canela em pau
4 gemas peneiradas (60 g)
1 e ½ litro de leite
2 xícaras (chá) de Açúcar Refinado UNIÃO
1 caixinha de creme de leite (200 g)

CALDA
2 xícaras (chá) de Açúcar Refinado UNIÃO
2 colheres (sopa) de gengibre picado
3 cravos-da-índia
1 pedaço de canela em pau
1 maçã pequena picada
1 pedaço de casca de laranja
1 xícara (chá) de água
meia xícara (chá) de cachaça

MODO DE PREPARO:
ARROZ
1. Em uma panela, adicione o Arroz Branco Camil, a água, a casca de
limão, e a canela tampe parcialmente a panela e cozinhe em fogo baixo,
até secar.
2. Junte, o açúcar refinado UNIÃO e o leite e cozinhe por 10 minutos.
3. Em uma tigela pequena, misture as gemas com 1 concha do líquido da
panela, mexendo bem e tomando cuidado para não talhar. Junte as
gemas misturadas ao arroz e cozinhe até ficar levemente cremoso.
Adicione o creme de leite e misture delicadamente.
4. Espere amornar e reserve em geladeira por pelo menos 2 horas.

CALDA
5. Em uma panela, adicione o açúcar refinado UNIÃO, o gengibre, o cravo
e a canela e mexa, em fogo médio, até começar a caramelizar.
6. Adicione a maçã, a água e a cachaça e mexa bem.
7. Deixe apurar até o caramelo se dissolver por completo e engrossar
levemente. Espere esfriar por completo e passe pela peneira.
8. Sirva com o arroz doce.

 

Bolinho de Arroz Doce

 

 

Tempo de preparo: 50 minutos
Tempo de geladeira: 30 minutos
Tempo total: 1 hora e 20 minutos
Rendimento: 20 unidades

INGREDIENTES:
1 xícara (chá) de Arroz Culinária Italiana CAMIL
4 xícaras (chá) de água fervente

1 xícara (chá) de açúcar refinado UNIÃO
casca de limão a gosto
2 xícaras (chá) de leite quente
Essência de baunilha ou fava de baunilha a gosto

Para empanar:
clara de ovo
farinha de rosca
Para fritar:
óleo
Para polvilhar:
açúcar refinado UNIÃO
canela-em-pó a gosto
Para servir:
doce de leite cremoso ou calda de chocolate ou geleia de sua preferência.

MODO DE PREPARO:
1- Em uma panela, acrescente o Arroz Culinária Italiana CAMIL, a água
fervente e cozinhe em fogo médio, mexendo de vez em quando por 15
minutos ou até secar o líquido.
2- Junte o açúcar refinado UNIÃO, a casca de limão e o leite quente aos
poucos, até que o arroz esteja cozido e forme uma massa cremosa.
3- Retire da panela, cubra e reserve na geladeira por 30 minutos.
4- Divida a massa em 20 porções e modele no formato de bolinhas.
5- Empane as porções na clara e na farinha de rosca. Reserve.
6- Em uma panela pequena e alta, aqueça o óleo em fogo médio e frite
os bolinhos de 2 em 2 até dourarem levemente. Escorra em papel
toalha.
7- Em uma tigela, misture o açúcar refinado UNIÃO com a canela e passe
os bolinhos ainda mornos.
8- Sirva os bolinhos acompanhados de doce de leite cremoso ou calda de
chocolate.

Mais informações sobre a Camil aqui.

Auxilio texto: Mariana Belloti – mariana.belotti@inpresspni.com.br

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#arroz doce#bolinho de arroz#festa junina#Marina Xandó#Receitas

5 passos para a mala ideal!

5 passos para a mala ideal!

Com as férias escolares de inverno se aproximando, muitas famílias planejam uma viagem para se divertir ou relaxar. Organização é essencial para que essa experiência seja de fato satisfatória e ela já começa pela escolha da mala ideal. Afinal, esse é o acessório que garante que todos os pertences vão ficar bem guardados e seguros durante o percurso. Confira abaixo 5 dicas  da Ika Class para acertar nessa escolha.

 

Tamanho perfeito

 

O ideal é ter um kit de malas com três tamanhos: pequeno, médio e grande. Assim, você estará preparado para viagens de diferentes períodos de tempo. “Se tiver que escolher apenas um modelo, aposte no médio, que comporta itens suficientes para uma viagem de uma semana, e pode ser colocado no porta-malas do carro ou retirado da esteira do aeroporto com facilidade”, sugere Leon Knopfholz, diretor de marketing da K1, atual detentora da marca Ika.

 

Muitas vezes, vale mais a pena dividir os pertences em mais de uma mala do que escolher um modelo grande demais, que pode dificultar o transporte, além de ficar pesada. “Uma mala média e uma boa frasqueira podem dar conta de muitas viagens”, comenta Knopfholz.

 

Rodinhas funcionais

 

As malas com rodinhas são as melhores opções, porque facilitam o transporte. “As de quatro rodas e com rotação 360º são perfeitas porque permitem que o viajante carregue um grande volume praticamente sem nenhum esforço físico”, ressalta o diretor. Como ela pode ser empurrada na vertical, a pessoa não precisa fazer o impulso de incliná-la, conduzindo-a ao lado do corpo. “É essencial que a mala tenha uma boa ergonomia, para não comprometer a postura”, alerta.

 

Materiais resistentes

 

As malas de material rígido mais resistentes do que as de tecido, tanto aos impactos quanto à água. “Temos em nossas linhas malas produzidas com material ABS, que é leve, flexível e muito consistente ao mesmo tempo. Isso garante que a peça tenha uma durabilidade prolongada e continue sendo fácil de manusear durante a viagem”. Embora esse tipo de composição torne o preço do produto ligeiramente mais elevado se comparado ao de tecido, o custo/benefício compensa, já que você não precisará trocar de mala tão cedo.

 

Espaço interno

 

Mais importante do que o tamanho que a mala tem por fora é o seu espaço interno. Dê preferência aos modelos que tenham divisórias com zíper na parte de dentro, porque assim é mais fácil manter as roupas e demais pertences organizados. Outra dica é observar onde fica o zíper: se ele ficar no meio da mala, dividindo-a ao meio, significa que o volume ficará melhor distribuído. “Também existem modelos com expansor, perfeitos para quem tem a intenção de fazer algumas compras no seu destino e precisará de mais espaço”, explica Knopfholz.

 

Segurança

 

Esse deve ser um dos pontos mais considerados ao escolher uma mala: o quão segura ela é. Nesse caso, são recomendadas as que vêm com cadeado TSA, ou seja, no padrão da Transport Security Administration, organização norte-americana criada com o objetivo de fortalecer a segurança nos aeroportos. Além de dificultar a invasão, com esse tipo de cadeado, caso a sua mala precise ser inspecionada na alfândega dos Estados Unidos, os agentes utilizam uma chave-mestra, abrindo-a sem danificar.

 

Dica extra: ao optar por malas de cores diferenciadas e vibrantes, é mais fácil localizá-las na esteira para retirar. Em muitos casos, o extravio da bagagem acontece porque alguém, acidentalmente, pega a mala de outra pessoa e pode ser difícil recuperá-la.

O ideal é um jogo de malas com três opções de tamanhos diferentes, para atender viagens de diferentes durações
Malas Ika linha Unika – rosê

Dê preferência a malas cujo zíper divida ao meio e que tenham compartimentos internos para facilitar a organização Mala Ika linha Vanguard

 

Fotos: Lucas Botega

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas#mala#mala ideal#Marina Xanxó#tamanho

Four Seasons Hotel des Bergues, em Genebra!

Four Seasons Hotel des Bergues, em Genebra!

Vocês sabem que amo viajar e conhecer hotéis ao redor do mundo, afinal quem não gosta??! Nessas férias de julho já decidimos nosso destino em família e para quem ainda não decidiu, quero compartilhar essa super experiência com o Four Seasons Hotel des Bergues.

 

 

 

A essência de Genebra é Suíça – não à toa, a cidade é o berço da relojoaria renomada do país e casa de alguns dos melhores fabricantes de chocolates suíços. Mas Genebra também esbanja multiculturalismo e seu caráter cosmopolita flui em teatros, óperas, museus, lojas, cafés e restaurantes requintados. Porta de entrada para os Alpes, a cidade exibe uma bela paisagem composta pelo lago Léman e o rio Rhône e o icônico Mont Blanc à distância. No verão, quando acontecem uma série de eventos especiais, suas atrações ao ar livre ficam mais atraentes do que nunca.

 

Four Seasons Hotel des Bergues Geveva, o mais tradicional e sofisticado de Genebra, tem posição privilegiada nesse cenário, no coração da cidade, bem à beira do lago. Instalado em uma opulenta construção neoclássica de 1834, o hotel mistura elementos históricos com adições modernas e o serviço impecável do Four Seasons. Estão ali o restaurante Il Lago, com uma estrela no Guia Michelin e a melhor comida italiana da cidade, o Bar des Bergues, com coquetéis premiados, e o japonês Izumi, que ocupa o badalado rooftop do hotel. O lago e os Alpes estão sempre no campo de visão, até das janelas do luxuoso Spa Mont Blanc, no topo do prédio. Para o verão europeu 2019, período mais badalado no país, quando o jet set internacional passa por Genebra, o hotel preparou uma série de experiências, muitas delas abertas também a não hóspedes.

 

Street food na ilha Rousseau: Nessa pequena ilha entre o rio Rhône e o lago Léman, em frente ao hotel, o chef do Four Seasons Mitsuru Tsukada apresenta quitutes de street food japonesa no quiosque sazonal Shima, que funciona até o fim de setembro. Com um menu totalmente novo para 2019 e agradáveis mesas ao ar livre, o lugar fica aberto até às 19h em maio e, com a chegada do verão, estende o funcionamento até às 22h.

 

Passeio de barco no Lago Léman: O Four Seasons Hotel des Bergues leva para navegar nas águas azuladas do lago em um elegante barco a motor. Além de aproveitar a brisa com champanhe e petiscos, hóspedes podem escolher entre praticar wakeboard e esqui aquático, dar um mergulho refrescante ou até pescar um peixe que posteriormente pode ser preparado para o jantar pelo chef do restaurante Il Lago.

 

Rooftop do restaurante Izumi: Concorridíssimo no verão, o rooftop do hotel tem vista imbatível para o lago, os barquinhos que passam ali e a arquitetura cênica de Genebra. O Izumi, do chef Mitsuru Tsukada, traz uma seleção de pratos da cozinha Nikkei com toques criativos do chef, a exemplo do guioza de wagyu e a lagosta com foie gras e molho teriyaki trufado. Os drinques servidos ali são da bartender Sophie Larrouture, que já foi eleita a melhor da Suíça.

 

Tour de helicóptero para vinhedos: Essa experiência especialíssima leva para um sobrevoo de helicóptero sobre a paisagem inigualável dos vinhedos da região de Lavaux, plantados em terraços à beira do lago. Acompanhados pelo sommelier chefe do Four Seasons, Yann Hangouët, hóspedes seguem ao Domaine Jean-René Germanier, uma vinícola familiar que funciona desde 1896. Quem estiver ali entre 18 de julho e 11 de agosto ainda pode aproveitar os eventos de teatro, música e enogastronomia da Fête des Vignerons 2019.

 

Tratamentos especiais no spa: Recém-lançada, a experiência inspirada no Mont Blanc é uma parceria do Four Seasons com a marca suíça de cosméticos Dr Burgener. Nela é feita um tratamento facial de 50 minutos com o creme Elixir and Signature Cream of Spa Mont Blanc, customizado para o hotel e elaborado com flores raras dos Alpes com alto poder regenerador e antioxidante. Depois, há uma massagem de 30 minutos com cristais também dos Alpes. Para arrematar, um banho na piscina aquecida com vista inspiradora para o lago e as montanhas ao redor.

 

Auxilio texto: EBK Public Relations / Andréia Wingeter/ Eveliny Bastos-Klein

Imagens: Four Seasons

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dicas de viagem#Four Seasons#Genebra#Marina Xandó

Look de Festa Junina da Vivi!

Look de Festa Junina da Vivi!

Se tem um mês que eu adoro é o mês de junho e não é por causa do dia dos namorados rs, mas sim pelas Festas Juninas!!! Minha mãe sempre gostou e desde pequenas frequentamos, ainda mais por morarmos no interior e terem varias por aqui. No fim-de-semana foi a festinha Junina da Vivi e Bibi no colégio e elas estavam lindas de vestidos @margot_dresses ! Já virou tradição: há 3 anos que fazemos os vestidos das meninas na Margot, marca que adoro e indico de olhos fechados! Mamães de meninas precisam seguir esse insta! Dica valiosa! Olhem cada detalhe que lindo, o tecido, as rendas, as flores… as meninas amaram!

 

 

 

 

Fotos: Marina Xandó

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dress#festa junina#Look#Margot dresses#vestido

Experiências que nos deixam “marcas”!

Experiências que nos deixam “marcas”!

Já pensou unir um dos melhores hotéis do Brasil com marcas e personalidades que agregam e nos trazem aprendizados se tratando em empoderamento feminino? Pois é, neste mês de maio tive uma experiência maravilhosa na Ponta dos Ganchos, um dos hotéis mais românticos, diferentes e exclusivos que já fui na vida! E, o melhor, fica no Brasil, próximo a Florianópolis.

 

A ideia era unir história, “cases” de mulheres de sucesso, conhecer a “vida” de marcas como Pucci, Carlina Herrera, Cartier, Sisley Paris e Martha Medeiros, todas com lojas no luxuoso shopping Cidade Jardim em São Paulo!

 

 

Logo na chegada, além dos quartos dos sonhos, todas as mulheres participantes (convidadas e as que compraram o programa) eram recebidas com mimos e um menu com programação intensa! Primeiro dia começamos com um jantar maravilhoso oferecido pela “Jimmy Choo”, decoração maravilhosa: vários sapatos da marca com arranjos lindos envolta faziam com que as mesas se tornassem esculturas! O menu, todo elaborado pelas delícias do renomado chef José Nero, continha ostras gratinadas, cappuccinos de funghi com espumas de trufa branca, risoto com frutos do mar e sobremesas incríveis! O melhor de tudo isso? Um grupo de 30 mulheres divertidíssimas, antenadas e com muito assunto!

 

 

No dia seguinte, “talks” com a empresária de sucesso Martha Medeiros e a retrospectiva da marca “Emilio Pucci”. Juro que fiquei emocionada com a trajetória da estilista nordestina Martha Medeiros… Ouvindo ela explicar como saiu de uma feira de mulheres “rendeiras” de uma das regiões mais pobres do país até uma loja em Los Angeles, me fez pensar que nada é impossível neste mundo para quem tem garra, fé e vontade! Foi lindo ouvir suas conquistas, dificuldades e coragem! Ela nos contou que foi ameaçada de morte várias vezes por estimular as mulheres de sua cidade a trabalharem e produzirem; que nunca pensou que levaria o nome de sua terra e de sua equipe para tão longe! Hoje, clientes como Beyounce, Xuxa, Deborah Secco e muitas outras celebridades usam suas criações! Ela comentou que o marido e o filho trabalham junto com ela e nunca se intimidaram por terem uma “chefe” mulher! Hoje, a marca contribui para que mais de 200 famílias nordestinas tenham uma melhor qualidade de vida através da produção de rendas em formato cooperativa, contando, inclusive, com homens!

 

Outra história inspiradora que lá pude conhecer profundamente é a do estilista Emilio Pucci, que apesar de ter nascido em uma família aristocrática, fez seu próprio nome ao acreditar que estampas marcantes podem ser eternas! Sua principal influência foi a cidade de Capri, na Itália e, no início, ele assinava cada peça à mão! Dá para imaginar? Hoje a maioria dos “looks” ainda possuem sua assinatura porém de forma de “silk”. Emilio patenteou diversos tecidos criados por ele, ou seja, tecidos inéditos no mundo da moda, como o jérsei de seda e o famoso emilioform (que é um tecido composto por 45% de xantungue de seda e 55% de náilon).

 

 

O conjunto de cores utilizada por ele (cores puras, sempre vibrantes, em sua grande maioria, primárias ou naturais), o seu gosto refinado para a abstração artística e a escolha das formas que, geralmente, não representavam figuras, a organização modular de escalas cromáticas e a orquestração de linhas curvas ou retas parecem ser derivadas de uma síntese geométrica muito utilizada pelos pintores renascentistas.

 

Nos anos 1970, o estilista acaba encerrando seus trabalhos pois tinha muita dificuldade em “delegar” a produção de suas peças, algo que a época já exigia! Em 1990, Laudomia Pucci assumiu a direção da empresa, já que seu irmão mais velho, Alessandro Pucci veio a falecer num acidente de carro e seu pai, Emilio Pucci morreu no dia 29 de novembro de 1992. Nos anos 2000, o conglomerado francês LVMH (proprietário de marcas renomadas como Louis VuittonFendi Givenchy) adquiriu a maioria das ações da Pucci. Nos anos que se seguiram, se iniciou um processo de renovação da marca e, até hoje, continua um sucesso! E com Laudomia à frente de todos os acontecimentos! Ou seja, mais um exemplo de mulher que deixa seu legado ao mundo.

 

 

No outro dia tivemos uma experiência maravilhosa com Cartier e suas joias que fazem a cabeça de muita gente, inclusive do príncipe Harry que presenteou Meghan Markle com um par lindo de brincos e pulseira em seu casamento ano passado! As peças foram sucesso de vendas e, até hoje, estão “sold out”.

 

O que eu aprendi nesta imersão de mercado de luxo e biografias de sucesso foi o seguinte: nada na vida é por acaso bem como as coisas não caem do “céu”. Temos que plantar para colher, sonhar para realizar e, acima de tudo, trabalhar arduamente para que possamos realizar nossos desejos e deixarmos registros para as próximas gerações! Foram dias de aprendizado e muita reflexão! Ahh sim, e ainda com a experiência do meu hotel preferido no Brasil: Ponta dos Ganchos, paraíso em terras brasileiras!  

 

 

Até a próxima! Beijos

Fotos: Marina Xandó

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#emponderamento feminino#palestras#Ponta dos Ganchos#shopping cidade jardim#talks