Por que chá é melhor do que café?

Por que chá é melhor do que café?

Café ou chá? Se você ainda tem dúvida sobre qual bebida escolher, coloque a água para aquecer enquanto lê o texto a seguir e prepare-se para infusionar o seu chá preferido. Segunda bebida mais consumida no mundo depois da água, o chá leva vantagem sobre o café em vários quesitos que vão além do gosto pessoal de cada um.

Os especialistas da rede de chás premium Tea Shop reuniram quatro razões para você entender. Confira:

 

 

1.  O chá é mais versátil

A maioria das pessoas prefere consumir o chá quentinho, mas além de combinar com aquela xícara fumegante a bebida pode ser servida gelada. É ótima para refrescar nos dias de calor ou para repor nutrientes no pós-treino, só para dar dois exemplos.

Além disso, a versatilidade permite que o chá esteja presente em todo lugar: na culinária, em doces, drinques, smoothies e todo tipo de receita que sua imaginação permitir. As folhas das infusões dão um toque de sabor e personalidade a qualquer alimento e suas propriedades fazem bem à saúde.

2.  O chá pode ser consumido por todos

Se você é daqueles que só acorda após uma xícara de café, precisa saber que tanto o café quanto o chá (extraído das folhas da Camellia sinensis) são estimulantes. A diferença é que a cafeína presente no cafezinho provoca um estímulo imediato, enquanto a teína do chá tem efeito prolongado ao longo das horas.

Mas tem gente que, por recomendação médica, tem algum tipo de restrição a esse tipo de substância estimulante do café e do chá. O que fazer? Abrir mão da bebida? Em se tratando do chá, nem pensar. Basta escolher uma infusão sem teína – e elas são inúmeras e muitos saborosas. Uma das infusões queridinhas para essas situações é o Rooibos, arbusto nativo do continente africano e rico em eletrólitos, importantes para repor nutrientes.

Portanto, o chá é para todos. Ele pode ser consumido por crianças, idosos, gestantes… basta escolher a infusão certa.

3.  O chá cai bem em todos os momentos

O chá é um aliado do relógio: vai bem em qualquer momento do dia. Tomar uma xícara de café antes de dormir não é recomendável para quem quer ter um sono tranquilo, certo? Pois é.

Já uma xícara de chá pode, e é até indicada. Opte por infusões com propriedades relaxantes, como valeriana ou camomila, e tenha uma noite de sono reparadora.

4.  O chá é mais barato

Essa muita gente não sabia, mas o chá pesa menos no bolso do que o café. É só fazer as contas!

Uma xícara de café em cápsula custa, em média, R$ 2,30 (isso se você preparar o cafezinho em casa, já que na rua é bem mais caro).

Enquanto isso, uma xícara de chá premium sai a um preço médio de R$ 1,40. O segredo para quem conhece o mundo das infusões está no rendimento: apenas 50 gramas de chá rendem 25 canecas ou 7,5 litros. É bom para a saúde e para o bolso!

 

A Tea Shop

A maior e mais especializada rede de chás premium do país tem mais de uma década de atuação no mercado brasileiro. Chegou em maio de 2013 via Porto Alegre. As lojas da Tea Shop se caracterizam pelas latas douradas para armazenar o chá, mantendo o aroma e o frescor das folhas. O site teashop.com.br disponibiliza uma vitrine à escolha do consumidor com opções para saborear em diferentes momentos do dia.

 

Fonte: Vigia Comunicação – brigida@pontadavigia.com.br

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#café#chá#dicas#premium Tea Shop

O inverno vem aí: alie hidratação, tratamento e proteção!

O inverno vem aí: alie hidratação, tratamento e proteção!

Manter a rotina básica de skincare durante todo o ano é essencial para uma pele saudável. Mas as mudanças de temperatura ao longo do ano, assim como nas atividades favoritas em cada estação, também provocam algumas alterações nos cuidados com a pele. A chegada dos dias mais frios, por exemplo, abre espaço para tratamentos como o combate a marcas escurecidas, já que, normalmente, há menos exposição ao sol.

Pensando nisso, Profuse, marca de dermocosméticos do Aché Laboratórios, convidou o dermatologista Fábio Alves para montar a rotina perfeita para isso – e sem pular etapas, já a hidratação e a proteção solar são indispensáveis para resultados efetivos.

 

 

Ele explica que esta é a época ideal para tratamentos com uniformizadores e alguns procedimentos, como peelings e laser, que podem causar sensibilidade e até mesmo descamação em alguns casos. “Algumas substâncias são fotossensíveis, podendo causar marcas escurecidas na pele se a pessoa se expor ao sol, principalmente sem filtro solar. Durante o verão, o uso desses ativos requer ainda mais cautela por causa da alta incidência de radiação ultravioleta, aumentando a possibilidade do surgimento de marcas escurecidas. Por isso, o inverno é a melhor época para usá-los”, conta.

A inclusão de um tratamento, contudo, não exclui a necessidade de manter os demais passos do skincare. Pela manhã, a recomendação é limpar, hidratar e aplicar o protetor solar, sempre optando por produtos indicados para cada tipo de pele. Já os uniformizadores e outros ativos sensíveis à luz devem ser usados na rotina noturna, de acordo com a recomendação de um dermatologista.

“A pele devidamente hidratada tem uma barreira de proteção contra a poluição e outros resíduos externos, além de aumentar a tolerância da pele aos ácidos. Já o uso do protetor solar é fundamental porque ajuda a prevenir o câncer de pele e diminui os efeitos danosos da radiação ultravioleta, evitando o envelhecimento cutâneo precoce”, afirma Alves.

O dermatologista detalha que a radiação solar induz o aumento das células que produzem o pigmento responsável pela cor da pele, chamadas de melanócitos. Consequentemente, podem surgir marcas escurecidas na pele. Vale lembrar que os raios solares estão presentes mesmo em dias frios ou nublados. Portanto, é essencial usar protetor solar diariamente, o ano todo.

 

Profuse possui os produtos ideais para uma rotina de skincare clareadora sem deixar a hidratação e a proteção solar de lado.

 

Fonte: 2PRÓ Comunicação (flavia.kurotori@2pro.com.br) / dermatologista Fábio Alves  / Profuse, marca de dermocosméticos do Aché Laboratórios

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#dermocosméticos#pele saudável#rotina básica de skincare

Comer de 3 em 3 horas: mitos e verdades!

Comer de 3 em 3 horas: mitos e verdades!

A ideia de que comer a cada três horas pode acelerar o metabolismo e promover a saúde é um conceito amplamente difundido, mas quão apoiado é pela ciência? A nutróloga Dra. Caroline Accorsi destaca os mitos e as verdades sobre a frequência das refeições, a digestão e a produção de colesterol, esclarecendo conceitos com base em estudos científicos recentes.

O mito de comer a cada três horas

 

 

A prática de comer pequenas refeições a cada três horas ganhou popularidade com a promessa de que ajudaria a manter o metabolismo acelerado, controlar a fome e promover a perda de peso. Contudo, estudos científicos, como os publicados no “International Journal of Obesity”, demonstram que a frequência das refeições tem pouco ou nenhum efeito no aumento do metabolismo. O que realmente importa para o metabolismo e a perda de peso é a quantidade total de calorias consumidas e a qualidade da dieta.

Digestão e fermentação: o que realmente acontece

Quando se trata de digestão, o corpo é capaz de manejar diversas frequências de refeição sem haver riscos de fermentação indesejada ou produção de substâncias prejudiciais, como o álcool em quantidades significativas. A fermentação que ocorre no cólon é um processo natural, resultando na produção de gases e ácidos graxos de cadeia curta (AGCCs), que são benéficos para a saúde do intestino e do corpo como um todo. Esta fermentação é mais influenciada pela composição da dieta, especialmente o teor de fibras, do que pela frequência das refeições.

Colesterol e metabolismo

O conceito de que a frequência das refeições pode influenciar diretamente a produção de colesterol é um equívoco. A síntese de colesterol pelo fígado é um processo complexo regulado por fatores genéticos e hormonais, e não está diretamente ligado ao tempo ou à frequência das refeições. Estudos no “Journal of Lipid Research” e outras publicações científicas suportam que o impacto das refeições no colesterol está mais atrelado à qualidade dos alimentos consumidos, como o teor de gorduras saturadas e trans, do que à frequência alimentar.

Conclusões para a saúde e nutrição

“O importante é que cada indivíduo encontre um padrão alimentar que seja sustentável e que atenda às suas necessidades energéticas, preferências pessoais e saúde metabólica. Médicos especializados podem oferecer orientações personalizadas baseadas em evidências científicas, ajudando cada pessoa a definir a melhor frequência de refeições para seu estilo de vida e condição de saúde.”. Conclui a Dra. Caroline Accorsi.

 

Fonte: Roneia Forte Assessoria (sistemas@comuniquese2.com.br) / Dra. Caroline Accorsi – CRM SP 212973 – Nutrologia e vida saudável sem radicalismo

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Colesterol e metabolismo#Digestão e fermentação#nutrição#saude

4 dicas para deixar os lábios mais hidratados e bonitos!

4 dicas para deixar os lábios mais hidratados e bonitos!

Lábios bonitos e saudáveis é o desejo de muitas pessoas. Manter os lábios com uma aparência atraente e saudável vai além de uma preocupação puramente estética, pois eles podem indicar sinais de doenças. Algumas características a serem observadas são: boca rachada, esbranquiçada ou com machucados.

A falta de uma rotina de cuidados específicas para essa região pode ocasionar em descamação, surgimento de linhas finas, irregularidades e perda de volume, textura e de maciez. “Em comparação com outras áreas do corpo, os lábios são extremamente sensíveis, pois não possuem a mesma concentração de glândulas sebáceas. Portanto, requerem uma atenção especial”, comenta Luzia Costa, CEO da da Sóbrancelhas, rede de estética facial.

Alguns hábitos, infelizmente, podem piorar muito a saúde dos lábios, como: tabagismo, excesso de álcool e a exposição ao sol sem proteção. Além disso, essa região é constantemente utilizada em atividades diárias, como alimentação e comunicação. É de extrema importância tomar cuidados com os produtos que serão utilizados para cuidar dos lábios, observar a composição e principalmente a validade.

Para auxiliar neste cuidado essencial dos lábios, Luzia Costa, traz 4 dicas para deixa-los os lábios hidratados e bonitos por um período maior:

 

 

1 – Esfoliação:

Fazendo esse procedimento com certa frequência ajuda a remover as células mortas, deixando uma aparência mais saudável. Você pode utilizar esfoliantes próprios para os lábios com o Esfoliante Labial Sóbrancelhas, que possui princípios ativos naturais como uva e amora, 100% vegano.

2 – Hidratantes e protetor labial:

Esses produtos precisam ser utilizados várias vezes ao dia, para a hidratação permanecer. Na Sóbrancelhas, o produto ainda contém D-Pantenol, Vitamina E, Manteiga de Karité e Óleos Vegetais. Para deixar um aspecto ainda mais bonito, finalize com um gloss.

3 – Beber água e alimentação saudável:

Beber água e manter uma alimentação balanceada, rica em vitaminas, minerais e ácidos graxos, são práticas essenciais para garantir a saúde e a beleza dos lábios. Uma boa hidratação interna e uma dieta nutritiva não só melhoram a aparência dos lábios, mas também contribuem para a saúde geral da pele e do corpo.

4 – Procedimentos estéticos:

Alguns procedimentos ajudam a restaurar e destacar a beleza natural dos lábios. Por exemplo, o Hydra lips promove uma hidratação mais profunda através da aplicação de ácido hialurônico adicionado as vitaminas.

 

Para saber mais sobre os serviços e produtos disponíveis na Sóbrancelhas, clique aqui.

Fonte: Maria Eduarda (assessoria@queissada.com.br) / Luzia Costa, CEO da Sóbrancelhas, rede de estética facial.

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Alimentação saudável#Beber água#boca#cuidados#dicas#Esfoliação#hidratante#lábios#procedimentos estéticos#protetor labial

10 dicas p/ se planejar para as férias de julho!

10 dicas p/ se planejar para as férias de julho!

Com as férias de julho chegando, os turistas precisam se organizar desde já para garantir uma experiência tranquila e sem contratempos. Além de escolher o destino e planejar o roteiro, é fundamental dedicar tempo para realizar tarefas mais burocráticas — como compra de passagens e reservas de hospedagem.

Planejar com antecedência contribui para evitar imprevistos e aproveitar ao máximo a experiência. Pensando nisso, a Wise preparou um checklist para ajudar quem viajará em breve e não quer esquecer nada:

 

 

Comece por aqui:

1. Os documentos estão em dia?

Se seu destino pertence ao Mercosul, confira se seu RG está em bom estado e tem menos de 10 anos da data de expedição. Caso vá viajar para mais longevocê precisa ter um passaporte válido por um determinado período dependendo do destino (geralmente 6 meses). As informações estão detalhadas no site da Polícia Federal. Se for com crianças, verifique a documentação e autorizações necessárias segundo a idade e do seu grau de parentesco.

2. Precisa de visto para a entrada de turistas brasileiros?

Cada país tem o seu próprio sistema e etapas a serem cumpridas. No site do Ministério das Relações Exteriores, você encontra mais informações sobre o assunto e os dados de contato das Embaixadas e Consulados estrangeiros no Brasil. Ninguém quer chegar no destino e ter que voltar por conta de falta de visto!

3. Além do seguro viagem, precisa de alguma vacina específica?

A caderneta de vacinação brasileira não é válida no exterior, sendo necessário o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) para entrada em países que exigem vacinas específicas. É importante observar o tempo de ação necessário para cada vacina, como a febre-amarela, que deve ser tomada pelo menos 10 dias antes do embarque, e a vacinação contra a pólio, que requer que a dose seja tomada pelo menos 4 semanas antes da viagem, segundo o Ministério da Saúde.

4. O planejamento financeiro está em dia?

O conselho aqui é abrir uma conta global, caso ainda não tenha, para economizar e simplificar a troca de moedas. Por exemplo, a conta multimoedas da Wise permite manter saldo em mais de 40 moedas, usando o câmbio comercial e evitando taxas ocultas, que podem chegar a 6% do valor médio do câmbio de mercado em outras plataformas. Assim, é possível gastar como um local e ter transparência nas transações.

Para um mês antes da viagem:

5. Já fez uma cópia segura dos documentos, tíquetes e comprovantes?

Caso você precise de acesso fácil a algum documento ou para se prevenir de possíveis perdas ou roubos, é importante ter uma versão extra de todos os documentos e comprovantes que irá precisar. Avalie ter todas as cópias digitais em um drive também.

6. Você já tem a entrada para todos os passeios?

Aproveite para checar o roteiro e comprar o tíquete de passeios e museus que estão no seu roteiro. Alguns lugares têm entrada concorrida e, por isso, é necessário se programar. Além disso, com o cartão da Wise, você pode comprar os tíquetes na moeda local, sem ter que pagar IOF de 4.38% cobrado pelos cartões de crédito em compras em moeda estrangeira.

Antes de fechar as malas:

7. Qual é o seu contato de emergência?

Informe familiares ou amigos sobre seu roteiro e deixe um contato de emergência, caso precisem entrar em contato com você. Liste o telefone dos hotéis que você estará hospedado e também os números e horários dos voos.

8. Como estará o tempo no seu destino?

Chuvas, sol forte ou neve? A mala pode estar pronta, mas é sempre importante saber a previsão do tempo para o seu destino e se preparar para aproveitar com conforto e segurança. Para isso, a dica é olhar no próprio Google jogando a palavra “clima” acompanhada com o destino ou acessar sites mais especializados, como The Weather Channel.

9. O que não pode faltar na sua mala?

Cheque se você não esqueceu nenhum item essencial, como remédios, carregadores de celular e adaptadores de tomada. Alguns itens precisam ser despachados e não podem ir na mala de mão — aproveite essa checagem para conferir.

10. Você já converteu o seu dinheiro?

O mais prevenido já vai ter convertido o dinheiro aos poucos para aproveitar a média do câmbio, mas há quem deixe para a última hora. E aí a Wise ajuda a converter o seu dinheiro 24/7 e a carregar o saldo em outras moedas instantaneamente com o Pix. Com um bom planejamento e acesso a informações relevantes, o turista pode desfrutar de uma viagem sem preocupações ou gastos extras, sabendo que está preparado para qualquer eventualidade.

 

A Wise é uma empresa global de tecnologia, que está construindo a melhor maneira de mover e gerenciar o dinheiro do mundo.

Imagem: https://www.portalr10.com/noticia/116501/6-dicas-essenciais-para-quem-planeja-viajar-nas-ferias-de-julho

Fonte: Bianca Beltrame (sistemas@comuniquese6.com.br) / Wise

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#destino#dicas de planejamento#férias de julho#mala