Brincadeiras com bola para fazer durante a quarentena!

Brincadeiras com bola para fazer durante a quarentena!

Em defesa do poder transformador do esporte e da socialização por meio da prática esportiva, a Penalty entende que é hora de dar uma pausa no jogo. Neste momento de quarentena devido ao combate ao coronavírus (Covid-19), a marca endossa as recomendações das autoridades de saúde e incentiva as famílias a ficarem em casa.

Para tornar a quarentena um momento mais leve e descontraído e ajudar pais e mães a distraírem as crianças, a Penalty sugere cinco brincadeiras com bola para fazer dentro de casa. Confira as dicas e arraste o sofá!

 

1. Batata quente

A brincadeira é um clássico, mas pode ser que a turminha nunca tenha experimentado. Sentados em círculo, é só ir passando a bola enquanto alguém de fora da roda, de costas ou com olhos vendados, canta “batata quente, quente, quente… queimou”. Quando a pessoa parar de cantar, quem estiver com a bola perde e será a próxima a cantar “batata quente”. Para ficar mais desafiador, teste aumentar a distância entre os participantes e incluir alguns micos para o “queimado” de cada rodada pagar.

2. Futebol cego

Forme duplas e amarre a perna direita de um na perna esquerda do outro. Um dos integrantes da dupla deve estar vendando e o outro será o responsável por conduzir a dupla. Improvise um gol com duas cadeiras, poltronas ou até mesmo um par de sapatos. Vence a dupla que conseguir marcar o maior número de gols no tempo estipulado.

3. Canguru

A brincadeira é uma versão da corrida de saco. A ideia é apostar uma corrida entre os integrantes que devem se locomover pulando com uma bola entre os joelhos. Vence a disputa quem chegar primeiro, sem derrubar a bola. Para dificultar, coloque obstáculos no meio do caminho para os participantes pularem ou faça trajetos não-lineares.

4. Palavra cruzada

Nesta brincadeira, a ideia é trabalhar o vocabulário da criançada. Faça uma roda e escolha uma letra. O participante que recebe a bola deve dizer uma palavra que comece com a letra escolhida e jogar a bola aleatoriamente para outro integrante. Quem erra, sai da roda. É possível tornar o jogo mais difícil, limitando as palavras a um tema, como em jogo de “stop”. Exemplo: animais com a letra P.

5. Comando

Escolha uma parede livre, sem quadros ou espelhos pendurados. A ideia é jogar a bola na parede e obedecer a um comando dado pelo organizador. A brincadeira pode ser feita com um participante de cada vez ou todos ao mesmo tempo, dependendo da quantidade de bolas e do espaço disponível. O importante é acertar o comando e não deixar a bola cair. Quem errar, sai da brincadeira ou paga um mico. Sugestões de comandos:
– Palmas: joga a bola na parede, bate palmas e pega a bola de volta, sem deixar cair.
– Agachamento: joga a bola na parede, agacha e pega a bola de volta, sem deixar cair.
– Salto em um pé só: joga a bola na parede, salta em um pé só e pega a bola de volta, sem deixar cair.
– Direita e esquerda: joga a bola na parede com a mão direita e pega com a esquerda, sem deixar cair.
– Pirueta: joga a bola na parede, dá uma pirueta e pega a bola de volta, sem deixar cair.

Acerte na bola!

Para brincar dentro de casa, a Penalty aconselha priorizar bolas menores, como as de iniciação ou minibolas, e bolas de futsal ou campo, que quicam menos, ficando mais fácil de controlar o movimento. Antes de começar as brincadeiras, retire objetos que possam cair e quebrar, como vasos e itens de vidro, porcelana e cerâmica. Arraste móveis e sofás para deixar o ambiente o mais espaçoso possível. A marca sugere que os adultos entrem na brincadeira com as crianças e aproveitem para criar momentos de descontração e se exercitar.

Auxilio texto: Natasha Bin (natasha@tramaweb.com.br) / Penalty

Imagem: Penalty

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Batata quente#Brincadeiras com bola#Canguru#Comando#Futebol cego#Palavra cruzada#Penalty#quarentena

Dicas para manter os brinquedos higienizados!

Dicas para manter os brinquedos higienizados!

Sunny Brinquedos indica opções de limpeza para cada tipo de material

 

 

Com a recomendação da Organização Mundial da Saúde para que a população permaneça em casa pelos próximos dias, é comum que alguns pais recorram aos brinquedos para entreter as crianças durante essa nova rotina. Afinal, existe forma melhor de passar o tempo que não seja brincando?

No entanto, após a diversão, é necessário ter atenção quanto à limpeza dos objetos, evitando a transmissão de doenças causadas por fungos, bactérias, vírus ou parasitas, devido à baixa resistência do sistema imunológico dos pequenos que ainda está em desenvolvimento.

Pensando nisso, a Sunny Brinquedos , importadora de inúmeras licenças de sucesso, separou algumas dicas para auxiliar na hora da higienização dos produtos. Dessa forma, os pequenos podem ter momentos de muita alegria e diversão e, ao mesmo tempo, continuarem prevenidos e saudáveis.

Confira abaixo a forma ideal de limpar cada tipo de material:

• Brinquedos de borracha ou plástico: São os mais fáceis de se higienizar. Faça a limpeza com água e sabão e finalize com um pano com álcool para secar. Para os que são utilizados na hora do banho, procure retirar toda a água do interior do brinquedo.

• Brinquedos de metal: Use um pano umedecido com álcool 70%. Uma opção caso o brinquedo não seja de ferro, é usar uma esponja não abrasiva com um pouco de detergente ou sabão neutro e água.

• Brinquedos de tecido ou pelúcia: A maioria dos bonecos de pelúcia, algodão, nylon e outros materiais podem ser lavados na máquina, com o mesmo sabão utilizado na lavagem das roupas. É fundamental que os brinquedos estejam 100% secos antes de serem guardados.

• Brinquedos de madeira: Por absorver água com muita facilidade, podendo ocasionar em manchas futuras, o recomendado é que sejam limpos com espanador, pano seco ou levemente umedecido.

Sobre a Sunny Brinquedos

Com 15 anos de trajetória, a Sunny Brinquedos se consagra como uma das principais importadoras de brinquedos licenciados do Brasil.
Auxilio texto: Viviane Bomfim (viviane.bomfim@dezoitocom.com.br)
Imagem: https://www.tuacasa.com.br/como-limpar-brinquedos/
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#brinquedos higienizados#limpeza#limpeza dos objetos

Salvatore Ferragamo apresenta o projeto TRIVIA!

Salvatore Ferragamo apresenta o projeto TRIVIA!

Contar histórias é uma forma de sobreviver ao isolamento.

 

Nestas semanas de incerteza, a Salvatore Ferragamo lança TRIVIA, um projeto digital que visa compartilhar a mensagem de nunca desistir, transcendendo barreiras físicas para contar histórias através do Instagram e do Facebook.

Agora, mais do que nunca, é importante sentir-se pertencente e celebrar a comunidade da Salvatore Ferragamo – somos todos convidados a redescobrir a marca com uma mensagem de esperança expressa numa nova forma narrativa, um jogo, para que todos sintam-se parte desta história.

Com questionários e anedotas, você poderá revisitar o passado interessante, os produtos icônicos e os momentos mais significativos da vida do fundador da marca. A aventura do homem e empresário Salvatore Ferragamo pode ser ligada a um conto de fadas, cheio de sucessos e dificuldades. Extraordinário e surpreendente, sua vida é o resultado de um caldeirão de diferentes elementos: caráter, determinação, instinto, genialidade, inventividade, curiosidade e, não menos importante, uma incrível intuição.

 

 

TRIVIA em 5 episódios agendados para quarta-feira e sábado, até 4 de abril

Sintonize e assista #FerragamoTrivia

https://www.instagram.com/stories/ferragamo

É hora de ficar em casa com a promessa de que vamos sair de novo muito em breve!

Os documentos históricos e os sapatos originais criados por Salvatore Ferragamo são agora preservados no arquivo da empresa e aprimorados em projetos de exposições anuais pelo Museu Salvatore Ferragamo em Florença.

 

Auxilio texto: Kassiane Damas (kdamas@suportecomunicacao.com.br)

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Contar histórias#FerragamoTrivia#isolamento#Salvatore Ferragamo

8 dúvidas sobre Coronavírus X Tratamento de Fertilidade e Gestação!

8 dúvidas sobre Coronavírus X Tratamento de Fertilidade e Gestação!

Oiii meninas, tudo bem??? E aí, como estão na quarentena?? Por aqui seguimos dentro de casa… quer dizer, fomos pra fazenda que é mais isolado ainda. E vamos ficar aqui por algumas semanas, com meus pais, aprendendo varias coisas legais e curtindo a família!

Recebi essa sugestão de pauta e quero dividir com vocês, achei muito interessante!

 

 

8 dúvidas sobre Coronavírus X Tratamento de Fertilidade e Gestação!

 

O que as mulheres que estavam em tratamento de fertilidade ou grávidas e mulheres que estavam planejando a gestação devem fazer neste cenário alarmante do coronavírus?

 

Não se fala em outro assunto, nem poderia ser diferente. O coronavírus é a grande preocupação mundial que está provocando mudanças nas rotinas e planejamentos. Além dos riscos à saúde, alguns assuntos têm despertado muita insegurança como o tratamento de fertilidade, congelamento de óvulos e gestação assistida.

Afinal, alguns vírus que já se alastraram anteriormente, como o zika vírus e H1N1, tinham importante implicação para grávidas e seus bebês. No caso da covid-19, ainda não há evidências científicas de que ele seja capaz de causar problemas na gestação ou infertilidade.

Fernando Prado, médico ginecologista e obstetra, especialista em reprodução humana e doutor pela Imperial College London e pela Universidade Federal de São Paulo, responsável médico da Clínica Neo Vita, esclarece algumas dúvidas sobre o assunto:

  • As gestantes fazem parte do grupo de risco. “Durante a gravidez a mulher tem todo o seu corpo voltado para a formação dessa nova vida, o que acaba interferindo em todo o sistema imunológico”, explica o especialista.
  • Segundo a Sociedade Europeia de Reprodução (ESHRE) e a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) não há efeitos negativos na gravidez. “No mundo existem casos de grávidas com o coronavírus que deram à luz sem efeitos negativos neonatais e bebês saudáveis”, esclarece.
  • Não houve nenhuma comprovação de transmissão vertical, ou seja, de mãe para filho.
  • Quem tem maior probabilidade de adquirir o coronavírus deve se esforçar para evitar uma gestação neste período.
  • Sempre que há algum risco para a gravidez, seja para a gestante ou para o bebê é prudente aguardar a turbulência passar.
  • O congelamento de óvulos é uma importante saída que permite planejar o melhor momento para dar continuidade aos planos de construir a família.
  • Para quem já está em tratamento de reprodução assistida, o indicado é postergar o momento da transferência por meio do congelamento de óvulos e embriões, especialmente para mulheres com mais de 35 anos e que não podem adiar esses tratamentos por muito tempo.
  • É imprescindível ter serenidade e entender que o mais importante neste momento é a prevenção e combate ao coronavírus.

“A maioria das mulheres teme que a covid-19 possa causar infertilidade, caso elas testem positivo para o vírus. Porém a Organização Mundial de Saúde já avisou que não há nenhuma evidência científica que comprove essa possibilidade”, tranquiliza o especialista.

 

Auxilio texto: Karina Martins (karina@maximasp.com.br) e doutor Fernando Prado, médico ginecologista e obstetra.

Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Coronavírus#gestação#grávidas#mulheres#Tratamento de Fertilidade

Humanização em tempos de pandemia!

Humanização em tempos de pandemia!

Oii gente, tudo bem??? Como vocês estão?? Já vamos para a segunda semana em quarentena e quero dividir com vocês um artigo que recebi e adorei, confiram:

 

“Humanização em tempos de pandemia”, por Andrea Ladislau, psicanalista

 

 

Sim, devemos ficar confinados, mas isso não significa que devemos ficar loucos.  Que tal aproveitar esse momento para uma introspecção? Voltar o olhar para o seu “eu”?.
A nossa mente entende confinamento como uma forma de punição, um castigo. Tudo o que recebemos do mundo exterior pode trazer calma ou alimentar o nosso desespero; por isso cabe a nós, acalmar nosso interior, já tão desassossegado pela angústia, insegurança e solidão.
Cuidado para não estar criando um processo mental compulsório pela informação. Temos ainda muitas Fake News circulando nas redes e sendo compartilhadas.  Busque ler mais, ouvir uma música, meditar e se exercitar, mesmo no isolamento. Inclusive, praticar uma atividade física em casa, neste período, irá fortalecer seu sistema imunológico e aumentar o bem estar.
É natural que o sentimento de todos seja de uma exceção coletiva.  Por isso devemos ter o maior cuidado para não sermos picados pelo bichinho do egoísmo.  Temos que lembrar que estamos todos na mesma situação, onde a tolerância, advinda de uma alteração da rotina, certamente não será a mesma. Aproveite o advento tecnológico para conectar-se virtualmente com as pessoas, afastando a solidão. Tenha empatia para entender que algumas pessoas reagem bem às mudanças e outras nem tanto. Alguns se sentirão desamparados ou abandonados.
Neste momento, o melhor a fazer é buscar se reinventar.  Trazer para seus dias hábitos diferentes, visando o seu cuidado e a proteção de quem você ama. Potencialize sua solidariedade e seu bom senso. Humanize o ambiente, aceitando que o isolamento se faz necessário para que possamos passar pela pandemia.
Seja otimista, positivo.  Aprenda a levar, através de mensagens, essa positividade a quem só enxerga o escuro. Já que os contatos físicos estão restritos para evitar a propagação do vírus.  Lembre-se que não podemos aumentar a epidemia e, muito menos produzir um exército de ansiosos, depressivos e desesperançosos. Não desista de sonhar e não perca essa capacidade de planejar o futuro. Esse dom do ser humano é incrível e cuidando do seu emocional, você poderá ativar boas energias e produzir melhores resultados para seu sistema imunológico, fortalecendo sua saúde mental e física.
É real.. O mundo parou. Mas não podemos ficar parados. Falando apenas do caos, da crise. Propagando e aumentando o pânico. Gerando assim, mais desespero em si e nos outros.  Não podemos estocar alimentos e remédios, sendo insensíveis às necessidades alheias e alimentando ainda mais a desordem social.
Portanto, humanize-se e seja para o próximo aquele que faz a diferença. Aquele que faz o bem. Aproveite o momento de isolamento para resgatar o diálogo, o contato e o carinho de sua família que, há tempos, a correria do dia a dia nos roubou. É hora de aprender a ressignificar, obedecer às regras da OMS (Organização Mundial de Saúde) e, com muita sensatez, serenidade e equilíbrio, encontrar medidas para se adaptar a essa nova realidade. Desta maneira, você conseguirá manter a sanidade, ajudando quem está a sua volta e evitando doenças psíquicas que levam ao pânico e potencializam o descontrole mental, além claro, evitar a contaminação tão temida.
Dra. Andréa Ladislau
Psicanalista
Texto: Andréa Ladislau (Doutora em Psicanálise, Psicóloga, Palestrante, Colunista, Membro da Academia Fluminense de Letras, Gestora em saúde, Repres. Intern. (USA) da University Miesperanza)
Imagem: https://www.radioclubejoinville.com.br/seja-positivo/
Marina Xandó

ESCRITO POR Marina Xandó

Idealizadora e editora chefe do Ask Mi, Marina é esposa, advogada, blogueira, dona de casa e mãe da Maria Victoria. Começou o AskMi para passar suas dicas adiante. Também é o cérebro - e coração - por trás do Concierge Maternidade AskMi, onde presta consultoria para grávidas, desde o enxoval até organização de recepções e festas.

#Humanização#isolamento#pandemia#ressignificar